Maringá, 17 de Agosto de 2018
GLOBAL BENEFÍCIOS Black Bull Steak House
 
Untitled Document
ADEMAR SCHIAVONE
Memórias de um bom sujeito
 

DÊ TEMPO AO TEMPO.  ELE CURA QUASE TUDO.


A PODEROSA

A deputada Cida Borghetti, autora da lei que criou no Paraná, o Dia da Luta contra o Câncer de Mama, participou, com mais de duas mil pessoas, da passeata comemorativa pelas ruas da cidade, no ultimo dia 27 de novembro.
Uma magnífica demonstração de solidariedade e de compreensão humana.
Três mulheres de grande destaque, Cida Borghetti, Edith Dias de Carvalho e Marília Fujiwara Allegretti, que superaram a doença, com muito esforço, muita dedicação e, principalmente, muita fé, conduziram a manifestação popular com alegria e demonstraram, mais uma vez, que quem luta com fé em Deus, vence.
As três poderosas lutadoras, vencedoras da doença de que foram vitimas,  acompanhadas da primeira-dama Bernadete Matos Barros e da secretária da mulher, Terezinha Pereira e mais uma verdadeira multidão de mulheres, disseram à sociedade: câncer tem cura quando diagnosticado a tempo.  Façam os exames preventivos.  Eles podem salvar suas vidas.

SERÁ?...
Por falar em Cida Borghetti, ela está numa  encruzilhada onde será difícil resolver que caminho tomar.  Beto Richa, virtual candidato do PSDB ao governo do Paraná, quer que ela seja a candidata a vice em sua chapa.
É uma maneira de conquistar os votos da terceira maior cidade do Estado.
Ele nasceu em Londrina e é prefeito de Curitiba e, teoricamente, tem a preferência nos dois maiores colégios eleitoral.
Isso vai provocar uma reviravolta nas pretensões do seu marido, Ricardo Barros, em ser candidato a senador.
Há ainda a considerar que ela tem a eleição mais que assegurada para a Câmara Federal.
Para Maringá sua candidatura ao governo seria ótima. Sob todos os aspectos. Principalmente o político.

COISAS QUE NÃO VOLTAM

Um ditado chinês diz que três coisas jamais retornam:
1. A flecha lançada.
2. A palavra proferida.
3. A oportunidade perdida.
Guilerme Tell, arqueiro do rei, nos tempos medievais, tornou-se uma lenda pela extraordinária pontaria que possuía ao lançar uma flecha.
Era certeiro e preciso sempre.
Para demonstrar sua habilidade, arrancava uma maçã colocada sobre a cabeça do seu próprio filho.
Moral: só lance flecha quando tiver a habilidade de Guilherme Tell.

O peixe morre pela boca, diz um ditado popular.
A gente vê muitas e muitas vezes, pessoas que dizem coisas sem pensar.  Depois de ditas não há como voltar atrás e amargam as conseqüências das palavras que proferiram.
Moral: não diga tudo que sabe e nem fale tudo o que lhe vem à mente. Pense antes nas conseqüências das suas palavras.  Elas podem ser uma arma contra você mesmo.
Não existe ninguém na vida que não tenha perdido pelo menos uma oportunidade, de ficar rico, de fazer um bom negocio, de conquistar uma excelente posição social, de ganhar uma disputa.
No futebol vê-se em todos os jogos oportunidades criadas e perdidas pelos atacantes.
Se acertassem os resultados poderiam ser diferentes.
Moral: o cavalo passa arriado poucas vezes na sua vida.  Não perca a oportunidade de montá-lo quando ela surgir. Mesmo que, não sabendo montar, caia logo à frente.


MUITO BOM

Waldemar Allegretti, que já foi secretário de Estado, professor e grande empresário e pecuarista, está fazendo, às terças-feiras, artigo para o nosso Jornal do Povo.  Com a sabedoria e inteligência que lhe são peculiares, faz ótimas manifestações de ensinamentos das coisas públicas.  É o reflexo da sua condição de professor.  Vale a pena ler.

RUAS DA HISTÓRIA

A poderosa Mirna Lavec, uma das mulheres mais inteligentes da cidade, está usando toda a sua experiência como jornalista para apresentar na MultiTV um programa de excelente qualidade.  Entrevista pessoas que contam a historia das ruas da cidade.
Isso é ótimo. Tem  pioneiros que emprestam nomes às ruas da cidade e que quase ninguém sabe quem foram.  A Mirna resgata a historia de cada um e, com classe, faz entrevistas leves e gostosas de ver.

MEMÓRIAS DE UM BOM SUJEITO

A Companhia de Terras Norte do Paraná, fundadora e construtora da nossa Maringá, quando fez o plano diretor com ruas e avenidas, planejou a cidade para uma população de cem mil habitantes.
Nesse planejamento deu nome às ruas,  avenidas e praças, seguindo uma ordem cronológica de estudos e priorizou os grandes vultos da nossa historia pátria e os momentos históricos.
A primeira mudança de nome de rua foi em 1954.
Em agosto daquele ano, o presidente Getúlio Vargas suicidou-se num fato político de repercussão internacional, cuja história, todos conhecem.
Os vereadores da primeira câmara legislativa da cidade resolveram homenagear ao presidente morto, mesmo porque, ele era do mesmo partido do prefeito Inocente Vilanova Junior, o PTB.
Assim, resolveram os nossos ilustres representantes, alterar o nome da Avenida Ipiranga, bem no centro, para Avenida Getúlio Vargas.
Não houve contestação e todos, políticos, jornalistas, povo em geral, aplaudiram a iniciativa.
A segunda rua com nome alterado foi a Rua Aquidaban.
A cidade elegeu Neo Alves Martins deputado estadual em 1958.
Neo,  faleceu no ano seguinte.
A segunda câmara municipal o homenageou mudando o nome da Rua Aquidaban, onde ele trabalhava como coletor estadual de impostos,  para Rua Deputado Neo Alves Martins.
Getúlio Vargas virou nome de ruas e de avenidas em quase todas as cidades brasileiras.
Neo Martins só em Maringá.
E a homenagem foi justíssima.
Ele foi um bom sujeito. Alegre, cordato, gentil e sempre solícito. A sua eleição foi uma demonstração de carinho do povo e um reconhecimento à sua atuação como funcionário publico que participava ativa e sabiamente da vida comunitária da Maringá daquela época.

CAMPANHA IMBECIL

O governo federal é o maior anunciante de todos os tempos na imprensa brasileira: TV, rádios, jornais e revistas, têm mais de 60% de suas verbas publicitárias oriundas do governo central e das estatais.
Fazem mídia de tudo com o objetivo de tornar o governo cada vez mais popular.
Tem coisas absurdas como o dinheiro gasto na divulgação do petróleo existente na camada do Pré-Sal e as conseqüências positivas imaginadas e vendidas à população como conquistas atuais.
Agora, essa de fazer um comercial sobre a AIDS com um lascivo e provocante beijo de língua entre dois atores, é choque sem limites.
Os nossos jovens já estão abusando da prática do beijo público e do fazer sexo sem limite, apenas por achar bonito e moderno, imagine vendo um comercial desses?
Coisas de um governo ávido em ser popular.
E tem mais: a saliva não pode contaminar o parceiro?
Tem muito especialista dizendo que sim.
 

 DILMA ESTA RINDO À TOA

A ministra Dilma Russef, nunca foi de sorrir.  Sempre se apresentava como uma mulher dura na queda. Rígida nos seus princípios básicos de mulher durona e que tinha razão sempre. Mesmo quando era guerrilheira.
Agora a ministra que é candidata, certamente instruída pelos marqueteiros de plantão, se apresenta como mulher alegre e sorridente.
É a mesma mudança que transformou Lula de guerra em Lula paz e amor e deu no que deu.
Coisas da vida política.

A VIDA NÃO É QUALQUER COISA;  É A ÚNICA OPORTUNIDADE PARA ALGUMA COISA!

 
  
Os artigos, conceitos e opiniões pessoais são de inteira responsabilidade do autor.
14.02.2016
Memórias de um bom sujeito
10.02.2016
Memórias de um bom sujeito
31.01.2016
Memórias de um bom sujeito
24.01.2016
Memórias de um bom sujeito
07.12.2015
Memórias de um bom sujeito
29.11.2015
Memórias de um bom sujeito
23.11.2015
Memórias de um bom sujeito
15.11.2015
Memórias de um bom sujeito
08.11.2015
Memórias de um bom sujeito
01.11.2015
Memórias de um bom sujeito
26.10.2015
Memórias de um bom sujeito
17.10.2015
Memórias de um bom sujeito
12.10.2015
Memórias de um bom sujeito
05.10.2015
Memórias de um bom sujeito
28.09.2015
Memórias de um bom sujeito
21.09.2015
Memórias de um bom sujeito
13.09.2015
Memórias de um bom sujeito
08.09.2015
Memórias de um bom sujeito
23.08.2015
Memórias de um bom sujeito
31.05.2015
Memórias de um bom sujeito
24.05.2015
Memórias de um sujeito
10.05.2015
Memórias de um bom sujeito
03.05.2015
Memórias de um bom sujeito
18.04.2015
Memórias de um bom sujeito
12.04.2015
Memórias de um bom sujeito
30.03.2015
Memórias de um bom sujeito
30.03.2015
Memórias de um bom sujeito
22.03.2015
Memórias de um bom sujeito
15.03.2015
Memórias de um bom sujeito
08.03.2015
Memórias de um bom sujeito
01.03.2015
Memórias de um bom sujeito
12.01.2015
Memórias de um bom sujeito
03.01.2015
Memórias de um bom sujeito
21.12.2014
Memórias de um bom sujeito
14.12.2014
Memórias de um bom sujeito
07.12.2014
Memórias de um bom sujeito
30.11.2014
Memórias de um bom sujeito
23.11.2014
Memórias de um bom sujeito
16.11.2014
Memórias de um bom sujeito
09.11.2014
Memórias de um bom sujeito
02.11.2014
Memórias de um bom sujeito
19.10.2014
Memórias de um bom sujeito
14.10.2014
Memórias de um bom sujeito
05.10.2014
Memórias de um bom sujeito
29.09.2014
Memórias de um bom sujeito
14.09.2014
Memórias de um bom sujeito
07.09.2014
Memórias de um bom sujeito
31.08.2014
Memórias de um bom sujeito
26.08.2014
Memórias de um bom sujeito
17.08.2014
Memórias de um bom sujeito
11.08.2014
Memórias de um bom sujeito
03.08.2014
Memórias de um bom sujeito
20.07.2014
Memórias de um bom sujeito
12.07.2014
Memórias de um bom sujeito
06.07.2014
Memórias de um bom sujeito
30.06.2014
Memórias de um bom sujeito
22.06.2014
Memórias de um bom sujeito
17.06.2014
Memórias de um bom sujeito
10.06.2014
Memórias de um bom sujeito
01.06.2014
Memórias de um bom sujeito
25.05.2014
Memórias de um bom sujeito
14.05.2014
Memórias de um bom sujeito
04.05.2014
Memórias de um bom sujeito
27.04.2014
Memórias de um bom sujeito
20.04.2014
Memórias de um bom sujeito
13.04.2014
Memórias de um bom sujeito
06.04.2014
Memórias de um bom sujeito
30.03.2014
Memórias de um bom sujeito
25.03.2014
Memórias de um bom sujeito
20.03.2014
Memórias de um bom sujeito
17.02.2013
Memórias de um bom sujeito
30.12.2012
Memórias de um bom sujeito
18.11.2012
Memórias de um bom sujeito
11.11.2012
Memórias de um bom sujeito
06.11.2012
Memórias de um bom sujeito
28.10.2012
Memórias de um bom sujeito
23.10.2012
Memórias de um bom sujeito
14.10.2012
Memórias de um bom sujeito
30.09.2012
Memórias de um bom sujeito
25.09.2012
Memórias de um bom sujeito
16.09.2012
Memórias de um bom sujeito
09.09.2012
Memórias de um bom sujeito
02.09.2012
Memórias de um bom sujeito
26.08.2012
Memórias de um bom sujeito
19.08.2012
Memórias de um bom sujeito
12.08.2012
Memórias de um bom sujeito
06.08.2012
Memórias de um sujeito
29.07.2012
Memórias de um bom sujeito
22.07.2012
Memórias de um bom sujeito
15.07.2012
Memórias de um bom sujeito
08.07.2012
Memórias de um bom sujeito
01.07.2012
Memórias de um bom sujeito
24.06.2012
Memórias de um bom sujeito
17.06.2012
Memórias de um bom sujeito
03.06.2012
Memórias de um bom sujeito
26.05.2012
Memórias de um bom sujeito
29.04.2012
Memórias de um bom sujeito
22.04.2012
Memórias de um bom sujeito
24.03.2012
Memórias de um bom sujeito
18.03.2012
Memórias de um bom sujeito
13.03.2012
Memórias de um bom sujeito
04.03.2012
Memórias de um bom sujeito
25.12.2011
Memórias de um bom sujeito
14.12.2011
Memórias de um bom sujeito
13.11.2011
Memórias de um bom sujeito
05.11.2011
Memórias de um bom sujeito
01.11.2011
Memórias de um sujeito
18.10.2011
Memórias de um bom sujeito
11.10.2011
Memórias de um bom sujeito
25.09.2011
Memórias de um bom sujeito
03.09.2011
Memórias de um bom sujeito
20.08.2011
Memórias de um bom sujeito
06.08.2011
Memórias de um bom sujeito
01.08.2011
Memórias de um bom sujeito
24.07.2011
Memórias de um bom sujeito
16.07.2011
Memórias de um bom sujeito
12.07.2011
Memórias de um bom sujeito
02.07.2011
Memórias de um bom sujeito
19.06.2011
Memórias de um bom sujeito
12.06.2011
Memórias de um bom sujeito
04.06.2011
Memórias de um bom sujeito
28.05.2011
Memórias de um bom sujeito
03.04.2011
Memórias de um bom sujeito
27.03.2011
Memórias de um bom sujeito
20.03.2011
Memórias de um bom sujeito
13.03.2011
Memórias de um bom sujeito
06.03.2011
Memórias de um bom sujeito
20.02.2011
Memórias de um bom sujeito
13.02.2011
Memórias de um bom sujeito
06.02.2011
Memórias de um bom sujeito
04.01.2011
Memórias de um bom sujeito
12.12.2010
Memórias de um bom sujeito
05.12.2010
Memórias de um bom sujeito
28.11.2010
Memórias de um bom sujeito
21.11.2010
Memórias de um bom sujeito
14.11.2010
Memórias de um bom sujeito
07.11.2010
Memórias de um bom sujeito
31.10.2010
Memórias de um bom sujeito
24.10.2010
Memórias de um bom sujeito
17.10.2010
Memórias de um bom sujeito
10.10.2010
Memórias de um bom sujeito
03.10.2010
Memórias de um bom sujeito
19.09.2010
Memórias de um bom sujeito
12.09.2010
Memórias de um bom sujeito
29.08.2010
Memórias de um bom sujeito
15.08.2010
Memórias de um bom sujeito
08.08.2010
Memórias de um bom sujeito
25.07.2010
Memórias de um bom sujeito
18.07.2010
Memórias de um bom sujeito
11.07.2010
Memórias de um bom sujeito
04.07.2010
Memórias de um bom sujeito
27.06.2010
Memórias de um bom sujeito
20.06.2010
Memórias de um bom sujeito
13.06.2010
Memórias de um bom sujeito
06.06.2010
Memórias de um bom sujeito
30.05.2010
Memórias de um bom sujeito
23.05.2010
Memórias de um bom sujeito
16.05.2010
Memórias de um bom sujeito
09.05.2010
Memórias de um bom sujeito
25.04.2010
Memórias de um bom sujeito
18.04.2010
Memórias de um bom sujeito
11.04.2010
Memórias de um bom sujeito
04.04.2010
Memórias de um bom sujeito
28.03.2010
Memórias de um bom sujeito
21.03.2010
Memórias de um bom sujeito
14.03.2010
Memórias de um bom sujeito
07.03.2010
Memórias de um bom sujeito
27.02.2010
Memórias de um bom sujeito
21.02.2010
Memórias de um bom sujeito
16.02.2010
Memórias de um bom sujeito
14.02.2010
Memórias de um bom sujeito
20.12.2009
Memórias de um bom sujeito
13.12.2009
Memórias de um bom sujeito
29.11.2009
Memórias de um bom sujeito
22.11.2009
Memórias de um bom sujeito
15.11.2009
Memórias de um bom sujeito
08.11.2009
Memórias de um bom sujeito
18.10.2009
Memórias de um bom sujeito
11.10.2009
Memórias de um bom sujeito
04.10.2009
Memórias de um bom sujeito
06.09.2009
Memórias de um bom sujeito
30.08.2009
Memórias de um bom sujeito
23.08.2009
Memórias de um bom sujeito
15.08.2009
Memórias de um bom sujeito
09.08.2009
Memórias de um bom sujeito
02.08.2009
Memórias de um bom sujeito
26.07.2009
Memórias de um bom sujeito
12.07.2009
Memórias de um bom sujeito
05.07.2009
Memórias de um bom sujeito
28.06.2009
Memórias de um bom sujeito
21.06.2009
Memórias de um bom sujeito
07.06.2009
Memórias de um bom sujeito
31.05.2009
Memórias de um bom sujeito
17.05.2009
Memórias de um bom sujeito
10.05.2009
Memórias de um bom sujeito
03.05.2009
Memórias de um bom sujeito
26.04.2009
Memórias de um bom sujeito
19.04.2009
Memórias de um bom sujeito
12.04.2009
Memórias de um bom sujeito
05.04.2009
Memórias de um bom sujeito
29.03.2009
Memórias de um bom sujeito
22.03.2009
Memórias de um bom sujeito
08.03.2009
Memórias de um bom sujeito
01.03.2009
Memórias de um bom sujeito
22.02.2009
Memórias de um bom sujeito
15.02.2009
Memórias de um bom sujeito
28.12.2008
Memórias de um bom sujeito
25.12.2008
Memórias de um bom sujeito
21.12.2008
Memórias de um bom sujeito
07.12.2008
Memórias de um bom sujeito
30.11.2008
Memórias de um bom sujeito
23.11.2008
Memórias de um bom sujeito


PADRE EDUARDO BELOTTI
Momento de Espiritualidade
WALTER POPPI
Trimestralidade. Não é somente isso
WALDEMAR ALLEGRETTI
Já passou da hora
COLUNISMO SOCIAL
Eventos e Personalidades
DOM ANUAR BATTISTI
Arquidiocese de Maringá
EM DEFESA DO CONSUMIDOR
Confira seus direitos
TIAGO VALENCIANO
Política e Sociedade
OSWALDO FREIRE
Capital Federal
FRANCISCO JOSÉ DE SOUZA
A Lógica do Espiritismo
TATTÁ CABRAL
Ensaio
HENRI JEAN VIANA
Francês Press
ROSE LEONEL
Notícia e Cia.
ORLANDO GONZALEZ
Dois Toques
CARMEM RIBEIRO
Colunista Social
JUAREZ FIRMINO
Balanço Geral
ADEMAR SCHIAVONE
Memórias de um bom sujeito
VERDELÍRIO BARBOSA
Fatos Políticos
Clicompre
Aroma Ingá
Agropecuária Hélio
Rima Seguros
MaringáMais
Click do Gato