Maringá, 23 de Maio de 2018
GLOBAL BENEFÍCIOS Black Bull Steak House
 
Untitled Document
ADEMAR SCHIAVONE
Memórias de um bom sujeito
 

AS PESSOAS NÃO DEBATEM CONTEUDOS, APENAS OS ROTULOS.
(Mario de Andrade)  

Ao longo dos anos, desde a fundação da cidade, sempre alguém assumiu a condição de líder político. Por méritos ou por imposição.  Não importa. O que valeu ao longo da historia, foi a posição de cada um dos que ocuparam cargos depois de eleitos pelo povo.
Alguns folclóricos, outros por imposição da própria sociedade ou dos partidos e alguns pela liderança nata que possuíam.
Na primeira legislatura com os vereadores eleitos em 1952 a câmara era expressivamente representada pelo que havia de melhor na sociedade.
Os três partidos que apresentaram candidatos a prefeito, elegeram cada um, três vereadores.
O PTB que elegeu o primeiro prefeito, Inocente Vilanova Junior, elegeu o mais sagaz de todos os vereadores daquela legislatura: Jorge Ferreira Duque Estrada, advogado atuante e respeitado e mais: Arlindo de Souza e Joaquim Pereira de Castro, pioneiros dedicados ao ramo de madeira.
A UDN que apresentou Waldemar Gomes da Cunha como seu candidato fez os dois candidatos mais votados: Napoleão Moreira da Silva, comerciante que se tornou no grande líder político da época, o mais votado e Malachias de Abreu, também comerciante, o segundo em votação e o pioneiro Cezar Hadad, que mais tarde com a instalação da comarca, ganhou um cartório de registro civil.
O PR do líder Ângelo Planas, elegeu o médico José Mario Hauare, o advogado Mario Luiz Pires Urbinati e o funcionário da companhia fundadora da cidade, Basílio Sautchuck.
Arlindo de Souza, o mais velho dos eleitos, assumiu a condição de primeiro presidente do nosso legislativo.  Homem de pouca cultura e parcamente letrado, tinha enorme dificuldade em falar e tomar decisão como presidente.
Antonio Mario Manicardi, o Nhô Juca, que veio de Itápolis para coordenar a campanha vencedora do primeiro prefeito e que se tornou no primeiro funcionário municipal da cidade, conta que, na festa de posse, depois de o Juiz empossar Arlindo de Souza, a sessão passou a ser muito tumultuada.
O presidente deu posse aos demais vereadores, mas não sabia bem como conduzir a sessão.
Atrás, bem juntinho dele, ficou Duque Estrada que ia falando o que e como fazer.
Vereadores empossados Arlindo de Souza foi eleito, com sete votos, como presidente, permanecendo na direção dos trabalhos.
Após dar posse solene ao primeiro prefeito, deu-lhe também, a palavra.
Duque Estrada insistia para que ele encerrasse a sessão.  No entanto, muita gente queria falar, quebrando dessa forma o protocolo.
Insatisfeito Duque Estrada saiu de perto do presidente e a coisa ficou tumultuada.  O presidente foi dando a palavra para todos que a pediam. 
Os vereadores já estavam cansados de tanto discurso e faziam sinal para que o presidente encerrasse a cerimônia.
Não adiantou.
Falava quem queria até que o prefeito Vilanova, também nervoso, tomou a palavra de novo e encerrou a sessão depois de afirmar que iria governar a cidade para todos, mesmo porque, o presidente da Câmara era do seu partido.
Duque Estrada, líder maior na primeira legislatura, atuou como advogado de Vilanova nos diversos processos a que respondeu ganhando todas as ações. Foi candidato a prefeito em 1960 usando como símbolo de campanha um arco e uma pua de furar madeira.
Depois disso deixou a cidade e não mais retornou.

ORGULHO DA CIDADE
Uma das mais prestigiosas publicações de todo o mundo, é a revista Seleções de Reader´s Digest editada nos Estados Unidos e traduzida para mais de vinte idiomas e distribuída em dezenas de países.
Pois bem, a revista indicou, com seu prestigio, a Catedral Basílica de Nossa Senhora da Glória, de Maringá, como um dos cem pontos turísticos mais importantes e bonitos que existe.
O fato por si só enche de orgulho a todos nós que aqui vivemos, principalmente a Dom Jaime Luiz Coelho, idealizador e fundador do nosso templo de fé.
A nossa Catedral é, realmente, um dos pontos turísticos mais visitados no Paraná e arranca aplausos e admiração de todos.
A lamentar apenas a péssima condição em que se encontra a Praça da Catedral.
Calçadas esburacadas, meio-fios destruídos, grama que mais parece um lindo pasto - capaz de suportar bois, cavalos, carneiros – jardim sem nenhuma conservação.  Isso para não falar na falta de funcionamento do chafariz, também por falta de conservação e o fato de a praça ter se transformado em reduto de maconheiros, prostitutas e drogados. Além de flanelinhas e flanelões abusados e mal educados.
Uma lástima o estado de abandono em que se encontra a praça mais visitada do Paraná. Aliás, a cidade não tem uma única praça conservada ou em condições de uso aceitáveis.  O abandono  é total, principalmente as centrais: Napoleão Moreira, Catedral e Raposo Tavares.
Se houvesse um pouco mais de carinho para com as nossas praças e, certamente, poderíamos aumentar em muito a indústria do turismo.

VIDA E RELIGIÃO
Algum imbecil inventou e a imprensa se encarregou de divulgar que as crianças devem ter liberdade total.  Esse negócio de obrigá-las a freqüentar a igreja dos pais, é castigo que não pode ser imposto a nenhuma criança ou adolescente.
Uma burrice que não tem tamanho.
Pai e mãe que levam seus filhos às suas igrejas, com certeza, não terão que busca-los, quando adultos, na prisão.
Quem é criado na igreja dificilmente se tornará um viciado, um traficante, um ladrão ou assassino.
A religião – qualquer uma – é o freio do mundo.
Não fosse o temor a Deus que se aprende na igreja e o crime, o tráfico e o consumo de drogas, seriam bem maiores.

BETO OU OSMAR
O PSDB decidiu por seu diretório regional confirmar o que todos sabíamos: Beto Richa é o candidato do partido ao governo do Paraná.
Com toda certeza – com Álvaro fora – Osmar Dias será confirmado pelo PDT com o apoio do PT.
Os palanques estão sendo montados.
Alguns ainda acham que Orlando Pessuti, assumindo o governo em abril, será o candidato do PMDB e poderá ser o fiel de balança.
Não acredito nisso.  Gosto muito e tenho enorme respeito pelo Pessuti, mas acho que ele não tem a mínima chance de fazer frente aos dois.
Vamos esperar pelas coligações que não terão muita influencia na cabeça, mas podem complicar a eleição para o senado.

VAI SE ELEGER
Evandro Junior é candidato a deputado estadual.
Vai se eleger com tranqüilidade.
Só o apoio do seu avô, Hermas Brandão, presidente do Tribunal de Contas do estado, um dos homens mais poderosos para prefeitos e vereadores,  representa de trinta a quarenta mil votos certos.
Como ele tem juventude, vontade de disputar e tem o apoio financeiro do pai, vai se eleger, com certeza.

PRESIDENTE DE QUEM?
O presidente Lula da Silva no final da convenção do PT na ultima semana, afirmou que a prioridade do seu governo nesse ano é eleger  Dilma Russef à presidência da republica.
Um disparate a afirmação do Luizinho.
Afinal é ele presidente da republica ou presidente do PT?
Governa para todos e em nome de todos ou governa para seus afilhados partidários?

CANDIDATO DE DIREITA
O advogado Mario de Oliveira Filho, um filho de ferroviário que atingiu o auge de sua carreira como executivo da área internacional da Construtora Norberto Odebrecht está lançando sua candidatura à presidência da republica pelo PTdoB com um programa de governo de direita.
Ele que é negro, quer acabar com cotas para negros e índios em universidades, é favor da manutenção da jornada de trabalho de 44 horas, quer o fim do Bolsa Família para quem não se alistar em frentes de trabalho, fim de subsídios para o MST, quer implantar a pena de morte, reduzir a maioridade penal e acabar com ministérios inúteis, como o da Reforma Agrária, o das Cidades, o da Pesca, o da igualdade racial.
Sem duvida uma proposta completamente diferente das de outros candidatos.
No Brasil se fala em justiça social como se fosse apanágio só das esquerdas.
Vamos ver até onde vai a candidatura de um negro com idéias absolutamente diferente da vala comum a que a demagogia jogou os políticos brasileiros.

JUSTA HOMENAGEM
Na quinta-feira a Prefeitura inaugurou a Escola Antonio Facci.
Uma justa homenagem.
Antonio Facci foi um dos políticos mais éticos, corretos e brilhantes que o Paraná possuiu.
Vereador duas vezes e deputado estadual, também duas vezes, ele foi um exemplo de retidão, de amor ao serviço publico, de coragem destemida na defesa do mais necessitado.
Politicamente sempre teve um lado: o lado do bem.
Nenhuma mancha a macular sua conduta de homem público sério e competente.
Facci foi um exemplo para os jovens e para as crianças.
No Lions Internacional destacou-se como líder em todo o Brasil quando serviu como governador do Distrito L-2l.
Como escritor demonstrou toda sua capacidade criativa nos 13 livros que deixou para a posteridade e, na condução da Academia de Letras de Maringá onde foi um dos seus fundadores e seu presidente em vários mandatos consecutivos.
A Escola Municipal Antonio Facci é, para nós, admiradores, amigos, correligionários, companheiros e irmãos dele, uma das homenagens mais justas feita pela gente de Maringá, que ele tanto amou e ajudou, anônima ou publicamente, como político, companheiro leão ou escritor e poeta brilhante que foi.

MENSALÃO
Todos nós conhecemos o famoso mensalão montado pelos partidos aliados do Lula no congresso nacional e que ajudou a desmoralizar ainda mais a já desmoralizada classe política brasileira.
Do maior escândalo político onde o maior número de deputados participou, até agora, ninguém foi preso.
Alguns que renunciaram ao mandato já são prefeitos e até deputados de novo.
Para proteger o presidente Luizinho, o PT e seus aliados no maior escândalo da república, a imprensa nacional fez de tudo.
Agora descobre que o governo do Distrito Federal está transformado, como o governo da republica, num mar de lama.
O tratamento é outro.  O apelido não é mensalão do DF.  É mensalão do DEM como se só o partido que faz oposição do governo fosse o culpado.
Até o presidente Luizinho fez declarações contrárias a punição e prisão do governador José Roberto Arruda.
Dois pesos e duas medidas.
Atitudes diferentes para fatos idênticos e deploráveis iguais.
O escândalo do DF é menor em numero de participantes e em valores que o escândalo do mensalão que o Zé Dirceu armou e que o Lula não sabia de nada...


Pense nisso: que filhos vamos deixar para o nosso planeta?

 
  
Os artigos, conceitos e opiniões pessoais são de inteira responsabilidade do autor.
14.02.2016
Memórias de um bom sujeito
10.02.2016
Memórias de um bom sujeito
31.01.2016
Memórias de um bom sujeito
24.01.2016
Memórias de um bom sujeito
07.12.2015
Memórias de um bom sujeito
29.11.2015
Memórias de um bom sujeito
23.11.2015
Memórias de um bom sujeito
15.11.2015
Memórias de um bom sujeito
08.11.2015
Memórias de um bom sujeito
01.11.2015
Memórias de um bom sujeito
26.10.2015
Memórias de um bom sujeito
17.10.2015
Memórias de um bom sujeito
12.10.2015
Memórias de um bom sujeito
05.10.2015
Memórias de um bom sujeito
28.09.2015
Memórias de um bom sujeito
21.09.2015
Memórias de um bom sujeito
13.09.2015
Memórias de um bom sujeito
08.09.2015
Memórias de um bom sujeito
23.08.2015
Memórias de um bom sujeito
31.05.2015
Memórias de um bom sujeito
24.05.2015
Memórias de um sujeito
10.05.2015
Memórias de um bom sujeito
03.05.2015
Memórias de um bom sujeito
18.04.2015
Memórias de um bom sujeito
12.04.2015
Memórias de um bom sujeito
30.03.2015
Memórias de um bom sujeito
30.03.2015
Memórias de um bom sujeito
22.03.2015
Memórias de um bom sujeito
15.03.2015
Memórias de um bom sujeito
08.03.2015
Memórias de um bom sujeito
01.03.2015
Memórias de um bom sujeito
12.01.2015
Memórias de um bom sujeito
03.01.2015
Memórias de um bom sujeito
21.12.2014
Memórias de um bom sujeito
14.12.2014
Memórias de um bom sujeito
07.12.2014
Memórias de um bom sujeito
30.11.2014
Memórias de um bom sujeito
23.11.2014
Memórias de um bom sujeito
16.11.2014
Memórias de um bom sujeito
09.11.2014
Memórias de um bom sujeito
02.11.2014
Memórias de um bom sujeito
19.10.2014
Memórias de um bom sujeito
14.10.2014
Memórias de um bom sujeito
05.10.2014
Memórias de um bom sujeito
29.09.2014
Memórias de um bom sujeito
14.09.2014
Memórias de um bom sujeito
07.09.2014
Memórias de um bom sujeito
31.08.2014
Memórias de um bom sujeito
26.08.2014
Memórias de um bom sujeito
17.08.2014
Memórias de um bom sujeito
11.08.2014
Memórias de um bom sujeito
03.08.2014
Memórias de um bom sujeito
20.07.2014
Memórias de um bom sujeito
12.07.2014
Memórias de um bom sujeito
06.07.2014
Memórias de um bom sujeito
30.06.2014
Memórias de um bom sujeito
22.06.2014
Memórias de um bom sujeito
17.06.2014
Memórias de um bom sujeito
10.06.2014
Memórias de um bom sujeito
01.06.2014
Memórias de um bom sujeito
25.05.2014
Memórias de um bom sujeito
14.05.2014
Memórias de um bom sujeito
04.05.2014
Memórias de um bom sujeito
27.04.2014
Memórias de um bom sujeito
20.04.2014
Memórias de um bom sujeito
13.04.2014
Memórias de um bom sujeito
06.04.2014
Memórias de um bom sujeito
30.03.2014
Memórias de um bom sujeito
25.03.2014
Memórias de um bom sujeito
20.03.2014
Memórias de um bom sujeito
17.02.2013
Memórias de um bom sujeito
30.12.2012
Memórias de um bom sujeito
18.11.2012
Memórias de um bom sujeito
11.11.2012
Memórias de um bom sujeito
06.11.2012
Memórias de um bom sujeito
28.10.2012
Memórias de um bom sujeito
23.10.2012
Memórias de um bom sujeito
14.10.2012
Memórias de um bom sujeito
30.09.2012
Memórias de um bom sujeito
25.09.2012
Memórias de um bom sujeito
16.09.2012
Memórias de um bom sujeito
09.09.2012
Memórias de um bom sujeito
02.09.2012
Memórias de um bom sujeito
26.08.2012
Memórias de um bom sujeito
19.08.2012
Memórias de um bom sujeito
12.08.2012
Memórias de um bom sujeito
06.08.2012
Memórias de um sujeito
29.07.2012
Memórias de um bom sujeito
22.07.2012
Memórias de um bom sujeito
15.07.2012
Memórias de um bom sujeito
08.07.2012
Memórias de um bom sujeito
01.07.2012
Memórias de um bom sujeito
24.06.2012
Memórias de um bom sujeito
17.06.2012
Memórias de um bom sujeito
03.06.2012
Memórias de um bom sujeito
26.05.2012
Memórias de um bom sujeito
29.04.2012
Memórias de um bom sujeito
22.04.2012
Memórias de um bom sujeito
24.03.2012
Memórias de um bom sujeito
18.03.2012
Memórias de um bom sujeito
13.03.2012
Memórias de um bom sujeito
04.03.2012
Memórias de um bom sujeito
25.12.2011
Memórias de um bom sujeito
14.12.2011
Memórias de um bom sujeito
13.11.2011
Memórias de um bom sujeito
05.11.2011
Memórias de um bom sujeito
01.11.2011
Memórias de um sujeito
18.10.2011
Memórias de um bom sujeito
11.10.2011
Memórias de um bom sujeito
25.09.2011
Memórias de um bom sujeito
03.09.2011
Memórias de um bom sujeito
20.08.2011
Memórias de um bom sujeito
06.08.2011
Memórias de um bom sujeito
01.08.2011
Memórias de um bom sujeito
24.07.2011
Memórias de um bom sujeito
16.07.2011
Memórias de um bom sujeito
12.07.2011
Memórias de um bom sujeito
02.07.2011
Memórias de um bom sujeito
19.06.2011
Memórias de um bom sujeito
12.06.2011
Memórias de um bom sujeito
04.06.2011
Memórias de um bom sujeito
28.05.2011
Memórias de um bom sujeito
03.04.2011
Memórias de um bom sujeito
27.03.2011
Memórias de um bom sujeito
20.03.2011
Memórias de um bom sujeito
13.03.2011
Memórias de um bom sujeito
06.03.2011
Memórias de um bom sujeito
20.02.2011
Memórias de um bom sujeito
13.02.2011
Memórias de um bom sujeito
06.02.2011
Memórias de um bom sujeito
04.01.2011
Memórias de um bom sujeito
12.12.2010
Memórias de um bom sujeito
05.12.2010
Memórias de um bom sujeito
28.11.2010
Memórias de um bom sujeito
21.11.2010
Memórias de um bom sujeito
14.11.2010
Memórias de um bom sujeito
07.11.2010
Memórias de um bom sujeito
31.10.2010
Memórias de um bom sujeito
24.10.2010
Memórias de um bom sujeito
17.10.2010
Memórias de um bom sujeito
10.10.2010
Memórias de um bom sujeito
03.10.2010
Memórias de um bom sujeito
19.09.2010
Memórias de um bom sujeito
12.09.2010
Memórias de um bom sujeito
29.08.2010
Memórias de um bom sujeito
15.08.2010
Memórias de um bom sujeito
08.08.2010
Memórias de um bom sujeito
25.07.2010
Memórias de um bom sujeito
18.07.2010
Memórias de um bom sujeito
11.07.2010
Memórias de um bom sujeito
04.07.2010
Memórias de um bom sujeito
27.06.2010
Memórias de um bom sujeito
20.06.2010
Memórias de um bom sujeito
13.06.2010
Memórias de um bom sujeito
06.06.2010
Memórias de um bom sujeito
30.05.2010
Memórias de um bom sujeito
23.05.2010
Memórias de um bom sujeito
16.05.2010
Memórias de um bom sujeito
09.05.2010
Memórias de um bom sujeito
25.04.2010
Memórias de um bom sujeito
18.04.2010
Memórias de um bom sujeito
11.04.2010
Memórias de um bom sujeito
04.04.2010
Memórias de um bom sujeito
28.03.2010
Memórias de um bom sujeito
21.03.2010
Memórias de um bom sujeito
14.03.2010
Memórias de um bom sujeito
07.03.2010
Memórias de um bom sujeito
21.02.2010
Memórias de um bom sujeito
16.02.2010
Memórias de um bom sujeito
14.02.2010
Memórias de um bom sujeito
20.12.2009
Memórias de um bom sujeito
13.12.2009
Memórias de um bom sujeito
06.12.2009
Memórias de um bom sujeito
29.11.2009
Memórias de um bom sujeito
22.11.2009
Memórias de um bom sujeito
15.11.2009
Memórias de um bom sujeito
08.11.2009
Memórias de um bom sujeito
18.10.2009
Memórias de um bom sujeito
11.10.2009
Memórias de um bom sujeito
04.10.2009
Memórias de um bom sujeito
06.09.2009
Memórias de um bom sujeito
30.08.2009
Memórias de um bom sujeito
23.08.2009
Memórias de um bom sujeito
15.08.2009
Memórias de um bom sujeito
09.08.2009
Memórias de um bom sujeito
02.08.2009
Memórias de um bom sujeito
26.07.2009
Memórias de um bom sujeito
12.07.2009
Memórias de um bom sujeito
05.07.2009
Memórias de um bom sujeito
28.06.2009
Memórias de um bom sujeito
21.06.2009
Memórias de um bom sujeito
07.06.2009
Memórias de um bom sujeito
31.05.2009
Memórias de um bom sujeito
17.05.2009
Memórias de um bom sujeito
10.05.2009
Memórias de um bom sujeito
03.05.2009
Memórias de um bom sujeito
26.04.2009
Memórias de um bom sujeito
19.04.2009
Memórias de um bom sujeito
12.04.2009
Memórias de um bom sujeito
05.04.2009
Memórias de um bom sujeito
29.03.2009
Memórias de um bom sujeito
22.03.2009
Memórias de um bom sujeito
08.03.2009
Memórias de um bom sujeito
01.03.2009
Memórias de um bom sujeito
22.02.2009
Memórias de um bom sujeito
15.02.2009
Memórias de um bom sujeito
28.12.2008
Memórias de um bom sujeito
25.12.2008
Memórias de um bom sujeito
21.12.2008
Memórias de um bom sujeito
07.12.2008
Memórias de um bom sujeito
30.11.2008
Memórias de um bom sujeito
23.11.2008
Memórias de um bom sujeito


PADRE EDUARDO BELOTTI
Momento de Espiritualidade
WALTER POPPI
Trimestralidade. Não é somente isso
WALDEMAR ALLEGRETTI
Já passou da hora
COLUNISMO SOCIAL
Eventos e Personalidades
DOM ANUAR BATTISTI
Arquidiocese de Maringá
EM DEFESA DO CONSUMIDOR
Confira seus direitos
TIAGO VALENCIANO
Política e Sociedade
OSWALDO FREIRE
Capital Federal
FRANCISCO JOSÉ DE SOUZA
A Lógica do Espiritismo
TATTÁ CABRAL
Ensaio
HENRI JEAN VIANA
Francês Press
ROSE LEONEL
Notícia e Cia.
ORLANDO GONZALEZ
Dois Toques
CARMEM RIBEIRO
Colunista Social
JUAREZ FIRMINO
Balanço Geral
ADEMAR SCHIAVONE
Memórias de um bom sujeito
VERDELÍRIO BARBOSA
Fatos Políticos
Clicompre
Aroma Ingá
Agropecuária Hélio
Rima Seguros
MaringáMais
Click do Gato