Maringá, 18 de Dezembro de 2018
GLOBAL BENEFÍCIOS Black Bull Steak House
 
Untitled Document
WALDEMAR ALLEGRETTI
Gostaria de ver
 

Viajando, encontro cassinos de diversão. Cassinos onde não se vista grandes apostas ou grandes lucros, principalmente grandes prejuízos por parte dos jogadores.
   
É preciso mudar essa visão dos cassinos serem centros de lavagem de dinheiro e de ruína dos brasileiros.
    
Um cassino onde a maioria das máquinas funciona com apostas de um centavo não há grande prejuízo e com certeza diverte. Isso existe? Existe sim, até nas máquinas de vídeo pôquer a um centavo. Também as máquinas de maior valor, mas a grande maioria é de um, dois, cinco e dez centavos.
     
Uma cidade como a nossa, onde não há muita diversão para a terceira idade, um cassino barato seria ótimo, daria diversão a pequeno custo. Basta apenas fiscalizar rigorosamente como nos países onde existem os cassinos.
      
Esses estabelecimentos gerariam empregos e rendas. Essas rendas reverteriam às assistências sociais, a educação e ao esporte.
    
Gostaria de ver o estatuto de a igualdade racial ser racionalizado.
    
Tecnicamente raça não existe, logo o nome estatuto está errado. Pois o mesmo reconhece etnias. Segundo a imprensa mundial, novas descobertas põem em dúvida a evolução das espécies. Logo raça não existe.
   
Mas os desprotegidos da vida sejam de qualquer etnia querem se protegidos e abrigados na forma clássica de ajuda. Não dê o peixe. Ensina a pescar.
   
Os da etnia negra foram trazidos da África por traficantes europeus e vendidos no Brasil. O Brasil nunca foi escravizar ninguém naquele continente, simplesmente fazia a compra dos mesmos aqui.
     
Após muita luta houve a libertação em 1888. Mas naturalmente faltou algo além de dar nome e sobrenome às pessoas, protegê-los e prepará-los ao mercado de trabalho. Isto aos poucos está mudando.
      
Gostaria de ver ações mais efetivas nesse sentido.   
O Brasil não é racista? Mas ao mesmo tempo descrimina não só pela pele negra, índia ou amarela.    
A mistura de raças é uma realidade brasileira. Ora, optar pela predominância de uma pele em favor de outra também é descriminar. Vejamos, um casamento de duas etnias diferentes resulta uma terceira, que ao optarmos por uma estamos descriminando.
    
Gostaria de ver o término da descriminação. Pela lei ninguém pode ser chamado de preto, mas se tiver olho puxado, apesar de brasileiro de quinta geração pode ser chamado de japonês, isto pode?
    
Gostaria de ver todos serem brasileiros e as desigualdades raciais diminuírem pelo esforço de cada um e não só pela proteção da lei.

*Waldemar Allegretti, advogado, ex-secretário de Estado da Justiça do Paraná e produtor rural.

 
  
Os artigos, conceitos e opiniões pessoais são de inteira responsabilidade do autor.
30.07.2013
Já passou da hora
23.07.2013
Já passou da hora
16.07.2013
Já passou da hora
09.07.2013
Já passou da hora
05.07.2013
Já passou da hora
25.06.2013
Já passou da hora
11.06.2013
Já passou da hora
04.06.2013
Já passou da hora
28.05.2013
Já passou da hora
21.05.2013
Já passou da hora
19.05.2013
Já passou da hora
16.05.2013
Já passou da hora
07.05.2013
Já passou da hora
30.04.2013
Já passou da hora
23.04.2013
Já passou da hora
18.04.2013
Já passou da hora
09.04.2013
Já passou da hora
04.04.2013
Já passou da hora
27.02.2013
Já passou da hora
05.02.2013
Já passou da hora
09.10.2012
Gostaria de ver
02.10.2012
Gostaria de ver
25.09.2012
Gostaria de ver
17.07.2012
Gostaria de ver
10.07.2012
Gostaria de ver
03.07.2012
Gostaria de ver
26.06.2012
Gostaria de ver
19.06.2012
Gostaria de ver
12.06.2012
Gostaria de ver
05.06.2012
Gostaria de ver
29.05.2012
Gostaria de ver
22.05.2012
Gostaria de ver
16.05.2012
Gostaria de ver
08.05.2012
Gostaria de ver
01.05.2012
Gostaria de ver
17.04.2012
Gostaria de ver
15.04.2012
Gostaria de ver
10.04.2012
Gostaria de ver
05.04.2012
Gostaria de ver
27.03.2012
Gostaria de ver
10.01.2012
Gostaria de ver
20.12.2011
Gostaria de ver
13.12.2011
Gostaria de ver
06.12.2011
Gostaria de ver
29.11.2011
Gostaria de ver
22.11.2011
Gostaria de ver
15.11.2011
Gostaria de ver
08.11.2011
Gostaria de ver
25.10.2011
Gostaria de ver
18.10.2011
Gostaria de ver
11.10.2011
Gostaria de ver
27.09.2011
Gostaria de ver
20.09.2011
Gostaria de ver
13.09.2011
Gostaria de ver
06.09.2011
Gostaria de ver
30.08.2011
Gostaria de ver
09.08.2011
Gostaria de ver
02.08.2011
Gostaria de ver
26.07.2011
Gostaria de ver
12.07.2011
Gostaria de ver
05.07.2011
Gostaria de ver
28.06.2011
Gostaria de ver
22.06.2011
Gostaria de ver
14.06.2011
Gostaria de ver
07.06.2011
Gostaria de ver
31.05.2011
Gostaria de ver
24.05.2011
Gostaria de ver
17.05.2011
Gostaria de ver
11.05.2011
Gostaria de ver
03.05.2011
Gostaria de ver
27.04.2011
Gostaria de ver
19.04.2011
Gostaria de ver
13.04.2011
Gostaria de ver
05.04.2011
Gostaria de ver
29.03.2011
Gostaria de ver
22.03.2011
Gostaria de ver
15.03.2011
Gostaria de ver
01.03.2011
Gostaria de ver
22.02.2011
Gostaria de ver
16.02.2011
Gostaria de ver
09.02.2011
Gostaria de ver
01.02.2011
Gostaria de ver
25.01.2011
Gostaria de ver
18.01.2011
Gostaria de ver
11.01.2011
Gostaria de ver
04.01.2011
Gostaria de ver
29.12.2010
Gostaria de ver
21.12.2010
Gostaria de ver
14.12.2010
Gostaria de ver
07.12.2010
Gostaria de ver
30.11.2010
Gostaria de ver
23.11.2010
Gostaria de ver
09.11.2010
Gostaria de ver
10.08.2010
Gostaria de ver
27.07.2010
Gostaria de ver
20.07.2010
Gostaria de ver
14.07.2010
Gostaria de ver
29.06.2010
Gostaria de ver
22.06.2010
Gostaria de ver
15.06.2010
Gostaria de ver
08.06.2010
Gostaria de ver
01.06.2010
Gostaria de ver
25.05.2010
Gostaria de ver
18.05.2010
Gostaria de ver
12.05.2010
Gostaria de ver
28.04.2010
Gostaria de ver
15.12.2009
Gostaria de ver
08.12.2009
Gostaria de ver
24.11.2009
Gostaria de ver
08.11.2009
Gostaria de ver


PADRE EDUARDO BELOTTI
Momento de Espiritualidade
WALTER POPPI
Trimestralidade. Não é somente isso
WALDEMAR ALLEGRETTI
Já passou da hora
COLUNISMO SOCIAL
Eventos e Personalidades
DOM ANUAR BATTISTI
Arquidiocese de Maringá
EM DEFESA DO CONSUMIDOR
Confira seus direitos
TIAGO VALENCIANO
Política e Sociedade
OSWALDO FREIRE
Capital Federal
FRANCISCO JOSÉ DE SOUZA
A Lógica do Espiritismo
TATTÁ CABRAL
Ensaio
HENRI JEAN VIANA
Francês Press
ROSE LEONEL
Notícia e Cia.
ORLANDO GONZALEZ
Dois Toques
CARMEM RIBEIRO
Colunista Social
JUAREZ FIRMINO
Balanço Geral
ADEMAR SCHIAVONE
Memórias de um bom sujeito
VERDELÍRIO BARBOSA
Fatos Políticos