Maringá, 17 de Janeiro de 2018
GLOBAL BENEFÍCIOS NUTRIGENES
 
Untitled Document
ADEMAR SCHIAVONE
Memórias de um bom sujeito
 

NÃO SE PERTUBE COM INSIGNIFICANCIAS

 

 

MEMORIAS DE UM BOM SUJEITO

A emancipação de Maringá aconteceu em 1951, em projeto transformado em lei pela Assembléia Legislativa.  O autor da proposta foi o deputado Rivadavia Vargas que na busca de votos para eleger-se passou pela vila de Maringá que então era distrito de Mandaguari.

Em 1952 aconteceu a primeira eleição municipal e Inocente Vilanova Junior foi o nosso primeiro prefeito.

A cidade ganhou os seus primeiros cartórios, necessários a implantação do município e, logo em seguida, a implantação da Comarca de Maringá.

O primeiro tabelião de notas e de protestos foi Esmeraldo Leandro.

Quando, algum tempo depois, se fez necessário novos tabeliães, Rivadavia usou da sua influencia para que seu genro, Diógenes Pinto, fosse titular de um dos novos cartórios.

Essa atitude política do deputado foi uma benção para a nossa cidade.

Diógenes veio para a cidade com sua mulher Oricena Vargas Pinto, a nossa Dona Cenita.

Aqui se integraram de corpo e alma na sociedade e passaram a atuar decididamente buscando melhorar cada vez mais a cidade.

Diógenes participou do Lions, da política, de clubes sociais.  Era ativo e participativo em tudo.

Dona Cenita, mulher dócil e cheia de vida, dedicou-se além da conta na ajuda aos mais carentes.

Sempre atenta e com um coração maior que ela mesma, encontrou na religião uma forma de ajudar aos que precisavam.

Era uma mãe grande demais para todos.

Conselheira, afável, sorridente, tinha uma fé inabalável na pessoa humana.

Para ela, todas as pessoas eram boas.

Os que praticavam o mal eram apenas influenciados pelo demo. E era o demo que precisava ser combatido.

Um dia começou a reunir as pessoas na garagem de sua residência.

A sua pregação da palavra de Deus era tão empolgante que, rapidinho, a garagem ficou pequena demais.

Alugou um imóvel e nele continuou a pregar com entusiasmo e com coerência.

O empresário Alcides Parizoto deu a ela uma igreja moderna e ampla: a Comunidade Evangélica.

 Ali, ajudada pela Irene Ribaroli, casada com o Valtermino, filho de criação de Dona Cenita, ela se realizava.

Irene mulher culta e competente acabou pastora de enorme sucesso entre os fieis.

Dona Cenita foi lá prá banda do Santa Felicidade e construiu outra comunidade para os que não podiam, pela distancia, freqüentar a sua igreja.

Cenita Vargas Pinto foi uma mulher poderosa, e que, com o respeito de todos, construiu ao longo da sua existência amigos e seguidores.

Não dá para escrever a historia de Maringá sem dedicar um capítulo especial à sua personalidade e ao seu poder de convencer pessoas a amar a Deus sobre todas as coisas.

Ao longo da minha vida convivi muito com o casal Diógenes e Cenita, principalmente quando fui governador do Lions e ele meu vice.

As palavras de carinho e de incentivo que recebia a cada reunião eram um linimento para a alma e o revigoramento necessário para o corpo.

Dona Cenita morreu e foi enterrada no ultimo domingo.

Está no céu com toda a certeza.

Ela foi uma ótima mulher a serviço de Deus.

 

 

VEREADORES

A câmara está dividida quanto ao numero de vereadores para a próxima legislatura.

A maioria defende o aumento para 23.

Respeito o direito de cada um dos vereadores em ter opinião e em defender essa opinião.

Mas, é preciso argumentar alguns itens necessários até que o assunto seja levado à votação dos nobres pares.

Primeiro o numero extraordinário de entidades – mais de 100 – que defendem a manutenção dos atuais 15 legisladores.

Essas entidades representam com enorme capacidade as forças que movimentam e transformam a cidade e sua gente.

Segundo que, a maioria absoluta da população é contra esse aumento.

Se a maioria é contra, os senhores vereadores, que representam essa maioria, também deveriam ser.

É o mínimo que se pode esperar de um representante.

 

 

PESQUISA

O vereador Heine Macieira que era a favor do aumento, de forma inteligente, mandou fazer uma pesquisa de opinião junto dos seus eleitores e mudou a forma de pensar: agora é pela manutenção dos 15.

O numero de vereadores não quer dizer representatividade.  

Até pelo contrario: quanto mais candidato mais gente sem qualificação busca voto.

É assim que agem os partidos.

Precisam preencher o numero de vagas para assegurar os votos necessários à eleição de seus representantes mais importantes.

O numero maior de candidatos faz com que os donos de currais eleitorais se fortaleçam e com os votos dos outros, se elejam.

É só lembrar que nenhum dos vereadores atuais conseguiu sequer metade dos votos necessários para conquistar uma cadeira.

Aliás, na historia de Maringá em apenas duas vezes – primeiro com Ely Pereira Dinis em 1972 e depois com Ferrari Junior em 1976 – alguém se elegeu só com seus votos.

Ainda continuo entendendo que com 15 vereadores a representatividade é muito maior que com 23.

Mas, respeito a opinião dos que pensam em contrário.

Mesmo que seja a minoria.

 

 

BOA, DOUTOR MANOEL

O doutor Manoel Sobrinho, médico dos mais competentes e homem dos mais humildes, modestos e sensíveis que conheço, é vereador dos mais atuantes na cidade.

De poucas palavras, sorridente e alegre, tem sempre uma postura coerente e vota de acordo com sua consciência, embora faça parte da chamada oposição, eis que foi eleito pelo PCdoB, mesmo sem ser comunista, pois é um democrata acima de tudo.

Como a câmara está discutindo o numero de cadeiras e o salário dos vereadores para a próxima legislatura, o doutor Manoel propôs que o salário de cada um seja de dois mil e poucos reais, coisa ao redor de três salários mínimos.

Essa posição aguça a nossa percepção política.

Se o cidadão não é político de carreira o salário proposto é mais que suficiente.

Para os que fazem da política profissão – e tem muitos em todos os setores - é pouco.

Para os que entram na política com o espírito de apenas fazer carreira e transformar a política em meio de vida, é muito pouco.

Para gente de espírito puro, de coração aberto e de vontade de transformar esse num mundo melhor, como faz o Doutor Manoel, é o suficiente.

A proposta é coisa para a sociedade pensar com carinho.

 

 

BENEFICIA A QUEM?

O projeto de lei que o executivo mandou em regime de urgência-urgentissima e que foi aprovada de afogadilho e sem nenhuma discussão pelos senhores vereadores, onde se proíbe a construção de duas residências em terrenos de menos de 400m2, beneficia a quem?

Ao povo que precisa de uma casa para morar, tenho certeza de que não.

O Programa Minha Casa Minha Vida do governo federal, financia imóveis novos de até 75 m2., num teto de até 130 mil reais.

Os terrenos em Maringá já estão nas alturas em preços absolutamente especulativos.

Impedir a divisão de terrenos de 300 m2 que foram vendidos em consonância com as normas estabelecidas pelo município se me parece absolutamente  ilegal, além de ser absolutamente anti-social.

A função do governo é criar condições para que a população, principalmente a de menor renda, possa ter sua casa própria.

Com essa lei esdrúxula que foi aprovada sem que a sociedade fosse consultada e às pressas, isso passa a ser praticamente impossível.

E tem mais: porque enviar projeto à câmara sem discutir com a população, sem estudar devidamente suas conseqüências e ainda em regime de urgência?

O executivo atirou na água.

Os vereadores cometeram um erro crasso e desnecessário ao votar sem nenhum estudo o projeto.

Vamos voltar ao assunto.

Não é possível que isso seja aprovado pelo prefeito.

Espero que o Silvio tenha a sensibilidade que faltou aos seus assessores para compreender o erro ao quadrado cometido e vete a dita lei.

 

O SEU SUCESSO É VOCE QUEM O FAZ!

 
  
Os artigos, conceitos e opiniões pessoais são de inteira responsabilidade do autor.
14.02.2016
Memórias de um bom sujeito
10.02.2016
Memórias de um bom sujeito
31.01.2016
Memórias de um bom sujeito
24.01.2016
Memórias de um bom sujeito
07.12.2015
Memórias de um bom sujeito
29.11.2015
Memórias de um bom sujeito
23.11.2015
Memórias de um bom sujeito
15.11.2015
Memórias de um bom sujeito
08.11.2015
Memórias de um bom sujeito
01.11.2015
Memórias de um bom sujeito
26.10.2015
Memórias de um bom sujeito
17.10.2015
Memórias de um bom sujeito
12.10.2015
Memórias de um bom sujeito
05.10.2015
Memórias de um bom sujeito
28.09.2015
Memórias de um bom sujeito
21.09.2015
Memórias de um bom sujeito
13.09.2015
Memórias de um bom sujeito
08.09.2015
Memórias de um bom sujeito
23.08.2015
Memórias de um bom sujeito
31.05.2015
Memórias de um bom sujeito
24.05.2015
Memórias de um sujeito
10.05.2015
Memórias de um bom sujeito
03.05.2015
Memórias de um bom sujeito
18.04.2015
Memórias de um bom sujeito
12.04.2015
Memórias de um bom sujeito
30.03.2015
Memórias de um bom sujeito
30.03.2015
Memórias de um bom sujeito
22.03.2015
Memórias de um bom sujeito
15.03.2015
Memórias de um bom sujeito
08.03.2015
Memórias de um bom sujeito
01.03.2015
Memórias de um bom sujeito
12.01.2015
Memórias de um bom sujeito
03.01.2015
Memórias de um bom sujeito
21.12.2014
Memórias de um bom sujeito
14.12.2014
Memórias de um bom sujeito
07.12.2014
Memórias de um bom sujeito
30.11.2014
Memórias de um bom sujeito
23.11.2014
Memórias de um bom sujeito
16.11.2014
Memórias de um bom sujeito
09.11.2014
Memórias de um bom sujeito
02.11.2014
Memórias de um bom sujeito
19.10.2014
Memórias de um bom sujeito
14.10.2014
Memórias de um bom sujeito
05.10.2014
Memórias de um bom sujeito
29.09.2014
Memórias de um bom sujeito
14.09.2014
Memórias de um bom sujeito
07.09.2014
Memórias de um bom sujeito
31.08.2014
Memórias de um bom sujeito
26.08.2014
Memórias de um bom sujeito
17.08.2014
Memórias de um bom sujeito
11.08.2014
Memórias de um bom sujeito
03.08.2014
Memórias de um bom sujeito
20.07.2014
Memórias de um bom sujeito
12.07.2014
Memórias de um bom sujeito
06.07.2014
Memórias de um bom sujeito
30.06.2014
Memórias de um bom sujeito
22.06.2014
Memórias de um bom sujeito
17.06.2014
Memórias de um bom sujeito
10.06.2014
Memórias de um bom sujeito
01.06.2014
Memórias de um bom sujeito
25.05.2014
Memórias de um bom sujeito
14.05.2014
Memórias de um bom sujeito
04.05.2014
Memórias de um bom sujeito
27.04.2014
Memórias de um bom sujeito
20.04.2014
Memórias de um bom sujeito
13.04.2014
Memórias de um bom sujeito
06.04.2014
Memórias de um bom sujeito
30.03.2014
Memórias de um bom sujeito
25.03.2014
Memórias de um bom sujeito
20.03.2014
Memórias de um bom sujeito
17.02.2013
Memórias de um bom sujeito
30.12.2012
Memórias de um bom sujeito
18.11.2012
Memórias de um bom sujeito
11.11.2012
Memórias de um bom sujeito
06.11.2012
Memórias de um bom sujeito
28.10.2012
Memórias de um bom sujeito
23.10.2012
Memórias de um bom sujeito
14.10.2012
Memórias de um bom sujeito
30.09.2012
Memórias de um bom sujeito
25.09.2012
Memórias de um bom sujeito
16.09.2012
Memórias de um bom sujeito
09.09.2012
Memórias de um bom sujeito
02.09.2012
Memórias de um bom sujeito
26.08.2012
Memórias de um bom sujeito
19.08.2012
Memórias de um bom sujeito
12.08.2012
Memórias de um bom sujeito
06.08.2012
Memórias de um sujeito
29.07.2012
Memórias de um bom sujeito
22.07.2012
Memórias de um bom sujeito
15.07.2012
Memórias de um bom sujeito
08.07.2012
Memórias de um bom sujeito
01.07.2012
Memórias de um bom sujeito
24.06.2012
Memórias de um bom sujeito
17.06.2012
Memórias de um bom sujeito
03.06.2012
Memórias de um bom sujeito
26.05.2012
Memórias de um bom sujeito
29.04.2012
Memórias de um bom sujeito
22.04.2012
Memórias de um bom sujeito
24.03.2012
Memórias de um bom sujeito
18.03.2012
Memórias de um bom sujeito
13.03.2012
Memórias de um bom sujeito
04.03.2012
Memórias de um bom sujeito
25.12.2011
Memórias de um bom sujeito
14.12.2011
Memórias de um bom sujeito
13.11.2011
Memórias de um bom sujeito
05.11.2011
Memórias de um bom sujeito
01.11.2011
Memórias de um sujeito
18.10.2011
Memórias de um bom sujeito
11.10.2011
Memórias de um bom sujeito
25.09.2011
Memórias de um bom sujeito
03.09.2011
Memórias de um bom sujeito
20.08.2011
Memórias de um bom sujeito
06.08.2011
Memórias de um bom sujeito
01.08.2011
Memórias de um bom sujeito
24.07.2011
Memórias de um bom sujeito
12.07.2011
Memórias de um bom sujeito
02.07.2011
Memórias de um bom sujeito
19.06.2011
Memórias de um bom sujeito
12.06.2011
Memórias de um bom sujeito
04.06.2011
Memórias de um bom sujeito
28.05.2011
Memórias de um bom sujeito
03.04.2011
Memórias de um bom sujeito
27.03.2011
Memórias de um bom sujeito
20.03.2011
Memórias de um bom sujeito
13.03.2011
Memórias de um bom sujeito
06.03.2011
Memórias de um bom sujeito
20.02.2011
Memórias de um bom sujeito
13.02.2011
Memórias de um bom sujeito
06.02.2011
Memórias de um bom sujeito
04.01.2011
Memórias de um bom sujeito
12.12.2010
Memórias de um bom sujeito
05.12.2010
Memórias de um bom sujeito
28.11.2010
Memórias de um bom sujeito
21.11.2010
Memórias de um bom sujeito
14.11.2010
Memórias de um bom sujeito
07.11.2010
Memórias de um bom sujeito
31.10.2010
Memórias de um bom sujeito
24.10.2010
Memórias de um bom sujeito
17.10.2010
Memórias de um bom sujeito
10.10.2010
Memórias de um bom sujeito
03.10.2010
Memórias de um bom sujeito
19.09.2010
Memórias de um bom sujeito
12.09.2010
Memórias de um bom sujeito
29.08.2010
Memórias de um bom sujeito
15.08.2010
Memórias de um bom sujeito
08.08.2010
Memórias de um bom sujeito
25.07.2010
Memórias de um bom sujeito
18.07.2010
Memórias de um bom sujeito
11.07.2010
Memórias de um bom sujeito
04.07.2010
Memórias de um bom sujeito
27.06.2010
Memórias de um bom sujeito
20.06.2010
Memórias de um bom sujeito
13.06.2010
Memórias de um bom sujeito
06.06.2010
Memórias de um bom sujeito
30.05.2010
Memórias de um bom sujeito
23.05.2010
Memórias de um bom sujeito
16.05.2010
Memórias de um bom sujeito
09.05.2010
Memórias de um bom sujeito
25.04.2010
Memórias de um bom sujeito
18.04.2010
Memórias de um bom sujeito
11.04.2010
Memórias de um bom sujeito
04.04.2010
Memórias de um bom sujeito
28.03.2010
Memórias de um bom sujeito
21.03.2010
Memórias de um bom sujeito
14.03.2010
Memórias de um bom sujeito
07.03.2010
Memórias de um bom sujeito
27.02.2010
Memórias de um bom sujeito
21.02.2010
Memórias de um bom sujeito
16.02.2010
Memórias de um bom sujeito
14.02.2010
Memórias de um bom sujeito
20.12.2009
Memórias de um bom sujeito
13.12.2009
Memórias de um bom sujeito
06.12.2009
Memórias de um bom sujeito
29.11.2009
Memórias de um bom sujeito
22.11.2009
Memórias de um bom sujeito
15.11.2009
Memórias de um bom sujeito
08.11.2009
Memórias de um bom sujeito
18.10.2009
Memórias de um bom sujeito
11.10.2009
Memórias de um bom sujeito
04.10.2009
Memórias de um bom sujeito
06.09.2009
Memórias de um bom sujeito
30.08.2009
Memórias de um bom sujeito
23.08.2009
Memórias de um bom sujeito
15.08.2009
Memórias de um bom sujeito
09.08.2009
Memórias de um bom sujeito
02.08.2009
Memórias de um bom sujeito
26.07.2009
Memórias de um bom sujeito
12.07.2009
Memórias de um bom sujeito
05.07.2009
Memórias de um bom sujeito
28.06.2009
Memórias de um bom sujeito
21.06.2009
Memórias de um bom sujeito
07.06.2009
Memórias de um bom sujeito
31.05.2009
Memórias de um bom sujeito
17.05.2009
Memórias de um bom sujeito
10.05.2009
Memórias de um bom sujeito
03.05.2009
Memórias de um bom sujeito
26.04.2009
Memórias de um bom sujeito
19.04.2009
Memórias de um bom sujeito
12.04.2009
Memórias de um bom sujeito
05.04.2009
Memórias de um bom sujeito
29.03.2009
Memórias de um bom sujeito
22.03.2009
Memórias de um bom sujeito
08.03.2009
Memórias de um bom sujeito
01.03.2009
Memórias de um bom sujeito
22.02.2009
Memórias de um bom sujeito
15.02.2009
Memórias de um bom sujeito
28.12.2008
Memórias de um bom sujeito
25.12.2008
Memórias de um bom sujeito
21.12.2008
Memórias de um bom sujeito
07.12.2008
Memórias de um bom sujeito
30.11.2008
Memórias de um bom sujeito
23.11.2008
Memórias de um bom sujeito


PADRE EDUARDO BELOTTI
Momento de Espiritualidade
WALTER POPPI
Trimestralidade. Não é somente isso
WALDEMAR ALLEGRETTI
Já passou da hora
COLUNISMO SOCIAL
Eventos e Personalidades
DOM ANUAR BATTISTI
Arquidiocese de Maringá
EM DEFESA DO CONSUMIDOR
Confira seus direitos
TIAGO VALENCIANO
Política e Sociedade
OSWALDO FREIRE
Capital Federal
FRANCISCO JOSÉ DE SOUZA
A Lógica do Espiritismo
TATTÁ CABRAL
Ensaio
HENRI JEAN VIANA
Francês Press
ROSE LEONEL
Notícia e Cia.
ORLANDO GONZALEZ
Dois Toques
CARMEM RIBEIRO
Colunista Social
JUAREZ FIRMINO
Balanço Geral
ADEMAR SCHIAVONE
Memórias de um bom sujeito
VERDELÍRIO BARBOSA
Fatos Políticos
Clicompre
Aroma Ingá
Agropecuária Hélio
Rima Seguros
MaringáMais
Click do Gato