Maringá, 18 de Novembro de 2018
GLOBAL BENEFÍCIOS Black Bull Steak House
 
Untitled Document
ADEMAR SCHIAVONE
Memórias de um bom sujeito
 

Bons amigos quem os tem
Cante hosanas em louvor,
Não há no mundo outro bem
Que tenha maior valor!
a.a. de assis

MEMORIAS DE UM BOM SUJEITO
Ivens Lagoano Pacheco primeiro jornalista da nossa cidade canção, foi um homem diferente e extremamente inteligente.
Sabia escrever com uma facilidade incrível e era gostoso de ler suas crônicas e reportagens.
Trabalhei com o Ivens em O Jornal de Maringá por um longo período e, exatamente no período em que, muito jovem, era ávido por aprender tudo.
E o Ivens era um paizão. 
Dava conselhos, ensinava normas de conduta, conduzia com maestria os seus comandados.
Era um homem fiel aos amigos ao extremo.
Quando sai de A Tribuna para fazer coluna social no seu jornal, era pago prá isso, ele foi enfático na primeira entrevista: “Você pode falar  o que quiser e de quem quiser. Mas, tem uma regra: do Samuel Silveira, do Zeferino Mozato Krukoski, do Newman da Silva Gomes, do Herman Moraes de Barros, do Helenton Borba Cortez e do Wilson Surita, só pode falar bem. Se um deles cometer um assassinato com um tiro nas costas de alguém, escreva que foi em legitima defesa”.
Quando a Transparaná começou a vender o Aero Willis, um carro moderno e bonito, o Ivens comprou um.
A família dele morava em Curitiba, pois sua filha Sandra, tinha alergia pela terra vermelha e só se dava bem lá.
O Ivens ficava quinze dias em Maringá e quinze em Curitiba, para onde ia e vinha de avião.
Com a compra do Aero Willis resolveu de ir de carro.
De Maringá a Curitiba o único trecho asfaltado era de São Luiz do Purunã até a capital. Alem do mais, a estrada era mal conservada.  Na seca um pó danado.  Na chuva lama e atolamento o caminho todo.
Na primeira viagem de carro novo fui de motorista.
O tempo estava bom. Mas, quando chegamos perto de Telêmaco Borba, caiu chuva e apareceram as grandes poças d’água.
Mesmo dirigindo devagar – eu era um motorista sem experiência – o carro patinava de vez em quando.
De repente, uma enorme lagoa com um jipe atolado.
Paramos e ficamos esperando ele sair.  Saiu e foi embora sem esperar pela gente.

O Ivens ensinou mais uma.
“entre bem devagar na poça e apague o motor” – disse ele.
“mas vamos ficar parados?” indaguei.
“vamos apenas esperar que alguém apareça com um jipe ou caminhão e nos arraste. A gente sai do aperto e não força o carro”.

Dito e feito.  Não demorou muito e um jipe apareceu e nos tirou da lama com facilidade.
Foi mais uma que aprendi com o Ivens e, confesso, usei muitas vezes nas estradas barrentas e ruins do nosso Paraná de então.

VERGONHA
A ligação rodoviária  Maringá-Paiçandu é uma vergonha.
Deputados estaduais, federais, vereadores, prefeitos, senadores, todos já prometeram duplicar a rodovia.
Chamar essa estrada de rodovia é um acinte para com as pessoas.
O governador Requião duplicou a parte que atravessa a cidade de Paiçandu.
Os nossos ilustres representantes na assembléia fizeram festa, anunciaram que foram eles que conseguiram a obra e etc e tal.
Nenhum dos nossos deputados ou secretários estaduais, certamente, jamais dirigiu um carro naquela rodovia.
Só espero que o Beto Richa seja mais bem assessorado e, um dia, duplique aquele trecho que os políticos inescrupulosos chamam de rodovia.

POLEMICA DE VOLTA
A iniciativa do governo municipal de proibir a divisão dos terrenos de 300m2 para a construção de casas geminadas causou enorme polemica e, a partir da próxima terça-feira, vai esquentar mesmo.
Ocorre que com o preço dos terrenos em Maringá, a única forma de se construir casas para as famílias com direito ao “minha casa, minha vida” do governo federal, é com a divisão dos terrenos que barateia e oportuniza às famílias de menor renda comprar o imóvel.
A proibição vai fazer com que o preço dos imóveis dito populares suba a alturas e inviabilizem o programa.
E tem mais: vai continuar expulsando os mais pobres para Sarandi e Paiçandu.
Ademais, tem gente que entende a proibição como inconstitucional.
Mas, constitucional ou não, a lei só beneficia às grandes construtoras.
E era tão fácil arrumar a lei.
Permitir unicamente a construção de geminadas, por exemplo, com área útil de 70 metros ou mais.
Constroem-se boas residências e cabíveis no plano de financiamento do governo federal.
Do jeito que foi a lei aprovada é um tiro no pé de quem a fez.
De quem aprovou também.

POLEMICA DE VOLTA 2
O desejo dos vereadores em aumentar o numero de cadeiras a partir da próxima legislatura para 23 é outra polemica que volta a partir da próxima terça.
A sociedade civil organizada está contra.
Os partidos políticos, os detentores do poder e os vereadores a favor.
Como estou presidente de um partido político, quero dizer que sou contra o aumento.
E, como meu partido não tem vereador nenhum, não irá votar quando da decisão.
Sou contra porque entendo que um partido deva representar o consenso dos seus eleitores e, os eleitores de Maringá em sua maioria absoluta, são contra o aumento de vereadores.
E tem mais: entendo pessoalmente que quanto mais vereadores menos representação.
É só olharmos para a câmara atual. É muito melhor que quando o numero de vereadores era de 21.
E ainda, com menos candidatos mais representação.
O preenchimento do numero de vagas se faz com menos gente.
Menos gente, mais qualificação, mais escolha, mais gabarito dos candidatos.
E não é o numero de vereadores que vai fazer um poder respeitado.
É a dignidade de conduta de cada um e de todos no cumprir com o seu dever de fiscalizar o poder executivo.
Vereador existe para fazer leis que beneficiem a maioria da população, para cobrar do prefeito e seus secretários obras e serviços que beneficiem a todos e não só a grupos.
Vereador existe para fiscalizar os serviços públicos, como o fornecimento de água e luz, o transporte coletivo, o uso do solo, a limpeza da cidade, o atendimento publico à população.
Vereador é muito mais que ser um assistente social, como, infelizmente, é uma grande parte dos que compõem a nossa câmara.
O aumento do numero de cadeiras só interessa aos vereadores atuais que querem a reeleição.
Felizmente uma parte considerável é contra o aumento.
A outra, espero,  ainda vai repensar e votar com a consciência do povo que a elegeu e não com a sua própria ou de seus chefes.

TER SUCESSO É TER CORAGEM DE LUTAR, MUDAR, CRESCER E ACREDITAR NAS PESSOAS DE BEM.

 
  
Os artigos, conceitos e opiniões pessoais são de inteira responsabilidade do autor.
14.02.2016
Memórias de um bom sujeito
10.02.2016
Memórias de um bom sujeito
31.01.2016
Memórias de um bom sujeito
24.01.2016
Memórias de um bom sujeito
07.12.2015
Memórias de um bom sujeito
29.11.2015
Memórias de um bom sujeito
23.11.2015
Memórias de um bom sujeito
15.11.2015
Memórias de um bom sujeito
08.11.2015
Memórias de um bom sujeito
01.11.2015
Memórias de um bom sujeito
26.10.2015
Memórias de um bom sujeito
17.10.2015
Memórias de um bom sujeito
12.10.2015
Memórias de um bom sujeito
05.10.2015
Memórias de um bom sujeito
28.09.2015
Memórias de um bom sujeito
21.09.2015
Memórias de um bom sujeito
13.09.2015
Memórias de um bom sujeito
08.09.2015
Memórias de um bom sujeito
23.08.2015
Memórias de um bom sujeito
31.05.2015
Memórias de um bom sujeito
24.05.2015
Memórias de um sujeito
10.05.2015
Memórias de um bom sujeito
03.05.2015
Memórias de um bom sujeito
18.04.2015
Memórias de um bom sujeito
12.04.2015
Memórias de um bom sujeito
30.03.2015
Memórias de um bom sujeito
30.03.2015
Memórias de um bom sujeito
22.03.2015
Memórias de um bom sujeito
15.03.2015
Memórias de um bom sujeito
08.03.2015
Memórias de um bom sujeito
01.03.2015
Memórias de um bom sujeito
12.01.2015
Memórias de um bom sujeito
03.01.2015
Memórias de um bom sujeito
21.12.2014
Memórias de um bom sujeito
14.12.2014
Memórias de um bom sujeito
07.12.2014
Memórias de um bom sujeito
30.11.2014
Memórias de um bom sujeito
23.11.2014
Memórias de um bom sujeito
16.11.2014
Memórias de um bom sujeito
09.11.2014
Memórias de um bom sujeito
02.11.2014
Memórias de um bom sujeito
19.10.2014
Memórias de um bom sujeito
14.10.2014
Memórias de um bom sujeito
05.10.2014
Memórias de um bom sujeito
29.09.2014
Memórias de um bom sujeito
14.09.2014
Memórias de um bom sujeito
07.09.2014
Memórias de um bom sujeito
31.08.2014
Memórias de um bom sujeito
26.08.2014
Memórias de um bom sujeito
17.08.2014
Memórias de um bom sujeito
11.08.2014
Memórias de um bom sujeito
03.08.2014
Memórias de um bom sujeito
20.07.2014
Memórias de um bom sujeito
12.07.2014
Memórias de um bom sujeito
06.07.2014
Memórias de um bom sujeito
30.06.2014
Memórias de um bom sujeito
22.06.2014
Memórias de um bom sujeito
17.06.2014
Memórias de um bom sujeito
10.06.2014
Memórias de um bom sujeito
01.06.2014
Memórias de um bom sujeito
25.05.2014
Memórias de um bom sujeito
14.05.2014
Memórias de um bom sujeito
04.05.2014
Memórias de um bom sujeito
27.04.2014
Memórias de um bom sujeito
20.04.2014
Memórias de um bom sujeito
13.04.2014
Memórias de um bom sujeito
06.04.2014
Memórias de um bom sujeito
30.03.2014
Memórias de um bom sujeito
25.03.2014
Memórias de um bom sujeito
20.03.2014
Memórias de um bom sujeito
17.02.2013
Memórias de um bom sujeito
30.12.2012
Memórias de um bom sujeito
18.11.2012
Memórias de um bom sujeito
11.11.2012
Memórias de um bom sujeito
06.11.2012
Memórias de um bom sujeito
28.10.2012
Memórias de um bom sujeito
23.10.2012
Memórias de um bom sujeito
14.10.2012
Memórias de um bom sujeito
30.09.2012
Memórias de um bom sujeito
25.09.2012
Memórias de um bom sujeito
16.09.2012
Memórias de um bom sujeito
09.09.2012
Memórias de um bom sujeito
02.09.2012
Memórias de um bom sujeito
26.08.2012
Memórias de um bom sujeito
19.08.2012
Memórias de um bom sujeito
12.08.2012
Memórias de um bom sujeito
06.08.2012
Memórias de um sujeito
29.07.2012
Memórias de um bom sujeito
22.07.2012
Memórias de um bom sujeito
15.07.2012
Memórias de um bom sujeito
08.07.2012
Memórias de um bom sujeito
01.07.2012
Memórias de um bom sujeito
24.06.2012
Memórias de um bom sujeito
17.06.2012
Memórias de um bom sujeito
03.06.2012
Memórias de um bom sujeito
26.05.2012
Memórias de um bom sujeito
29.04.2012
Memórias de um bom sujeito
22.04.2012
Memórias de um bom sujeito
24.03.2012
Memórias de um bom sujeito
18.03.2012
Memórias de um bom sujeito
13.03.2012
Memórias de um bom sujeito
04.03.2012
Memórias de um bom sujeito
25.12.2011
Memórias de um bom sujeito
14.12.2011
Memórias de um bom sujeito
13.11.2011
Memórias de um bom sujeito
05.11.2011
Memórias de um bom sujeito
01.11.2011
Memórias de um sujeito
18.10.2011
Memórias de um bom sujeito
11.10.2011
Memórias de um bom sujeito
25.09.2011
Memórias de um bom sujeito
03.09.2011
Memórias de um bom sujeito
20.08.2011
Memórias de um bom sujeito
06.08.2011
Memórias de um bom sujeito
24.07.2011
Memórias de um bom sujeito
16.07.2011
Memórias de um bom sujeito
12.07.2011
Memórias de um bom sujeito
02.07.2011
Memórias de um bom sujeito
19.06.2011
Memórias de um bom sujeito
12.06.2011
Memórias de um bom sujeito
04.06.2011
Memórias de um bom sujeito
28.05.2011
Memórias de um bom sujeito
03.04.2011
Memórias de um bom sujeito
27.03.2011
Memórias de um bom sujeito
20.03.2011
Memórias de um bom sujeito
13.03.2011
Memórias de um bom sujeito
06.03.2011
Memórias de um bom sujeito
20.02.2011
Memórias de um bom sujeito
13.02.2011
Memórias de um bom sujeito
06.02.2011
Memórias de um bom sujeito
04.01.2011
Memórias de um bom sujeito
12.12.2010
Memórias de um bom sujeito
05.12.2010
Memórias de um bom sujeito
28.11.2010
Memórias de um bom sujeito
21.11.2010
Memórias de um bom sujeito
14.11.2010
Memórias de um bom sujeito
07.11.2010
Memórias de um bom sujeito
31.10.2010
Memórias de um bom sujeito
24.10.2010
Memórias de um bom sujeito
17.10.2010
Memórias de um bom sujeito
10.10.2010
Memórias de um bom sujeito
03.10.2010
Memórias de um bom sujeito
19.09.2010
Memórias de um bom sujeito
12.09.2010
Memórias de um bom sujeito
29.08.2010
Memórias de um bom sujeito
15.08.2010
Memórias de um bom sujeito
08.08.2010
Memórias de um bom sujeito
25.07.2010
Memórias de um bom sujeito
18.07.2010
Memórias de um bom sujeito
11.07.2010
Memórias de um bom sujeito
04.07.2010
Memórias de um bom sujeito
27.06.2010
Memórias de um bom sujeito
20.06.2010
Memórias de um bom sujeito
13.06.2010
Memórias de um bom sujeito
06.06.2010
Memórias de um bom sujeito
30.05.2010
Memórias de um bom sujeito
23.05.2010
Memórias de um bom sujeito
16.05.2010
Memórias de um bom sujeito
09.05.2010
Memórias de um bom sujeito
25.04.2010
Memórias de um bom sujeito
18.04.2010
Memórias de um bom sujeito
11.04.2010
Memórias de um bom sujeito
04.04.2010
Memórias de um bom sujeito
28.03.2010
Memórias de um bom sujeito
21.03.2010
Memórias de um bom sujeito
14.03.2010
Memórias de um bom sujeito
07.03.2010
Memórias de um bom sujeito
27.02.2010
Memórias de um bom sujeito
21.02.2010
Memórias de um bom sujeito
16.02.2010
Memórias de um bom sujeito
14.02.2010
Memórias de um bom sujeito
20.12.2009
Memórias de um bom sujeito
13.12.2009
Memórias de um bom sujeito
06.12.2009
Memórias de um bom sujeito
29.11.2009
Memórias de um bom sujeito
22.11.2009
Memórias de um bom sujeito
15.11.2009
Memórias de um bom sujeito
08.11.2009
Memórias de um bom sujeito
18.10.2009
Memórias de um bom sujeito
11.10.2009
Memórias de um bom sujeito
04.10.2009
Memórias de um bom sujeito
06.09.2009
Memórias de um bom sujeito
30.08.2009
Memórias de um bom sujeito
23.08.2009
Memórias de um bom sujeito
15.08.2009
Memórias de um bom sujeito
09.08.2009
Memórias de um bom sujeito
02.08.2009
Memórias de um bom sujeito
26.07.2009
Memórias de um bom sujeito
12.07.2009
Memórias de um bom sujeito
05.07.2009
Memórias de um bom sujeito
28.06.2009
Memórias de um bom sujeito
21.06.2009
Memórias de um bom sujeito
07.06.2009
Memórias de um bom sujeito
31.05.2009
Memórias de um bom sujeito
17.05.2009
Memórias de um bom sujeito
10.05.2009
Memórias de um bom sujeito
03.05.2009
Memórias de um bom sujeito
26.04.2009
Memórias de um bom sujeito
19.04.2009
Memórias de um bom sujeito
12.04.2009
Memórias de um bom sujeito
05.04.2009
Memórias de um bom sujeito
29.03.2009
Memórias de um bom sujeito
22.03.2009
Memórias de um bom sujeito
08.03.2009
Memórias de um bom sujeito
01.03.2009
Memórias de um bom sujeito
22.02.2009
Memórias de um bom sujeito
15.02.2009
Memórias de um bom sujeito
28.12.2008
Memórias de um bom sujeito
25.12.2008
Memórias de um bom sujeito
21.12.2008
Memórias de um bom sujeito
07.12.2008
Memórias de um bom sujeito
30.11.2008
Memórias de um bom sujeito
23.11.2008
Memórias de um bom sujeito


PADRE EDUARDO BELOTTI
Momento de Espiritualidade
WALTER POPPI
Trimestralidade. Não é somente isso
WALDEMAR ALLEGRETTI
Já passou da hora
COLUNISMO SOCIAL
Eventos e Personalidades
DOM ANUAR BATTISTI
Arquidiocese de Maringá
EM DEFESA DO CONSUMIDOR
Confira seus direitos
TIAGO VALENCIANO
Política e Sociedade
OSWALDO FREIRE
Capital Federal
FRANCISCO JOSÉ DE SOUZA
A Lógica do Espiritismo
TATTÁ CABRAL
Ensaio
HENRI JEAN VIANA
Francês Press
ROSE LEONEL
Notícia e Cia.
ORLANDO GONZALEZ
Dois Toques
CARMEM RIBEIRO
Colunista Social
JUAREZ FIRMINO
Balanço Geral
ADEMAR SCHIAVONE
Memórias de um bom sujeito
VERDELÍRIO BARBOSA
Fatos Políticos
Clicompre
Aroma Ingá
Agropecuária Hélio
Rima Seguros
MaringáMais
Click do Gato