Maringá, 18 de Junho de 2018
GLOBAL BENEFÍCIOS Black Bull Steak House
 
Untitled Document
ADEMAR SCHIAVONE
Memórias de um bom sujeito
 

A AMIZADE É COMO O SOL, ÀS VEZES SE ESCONDE, MAS NUNCA SE APAGA!

 

MEMORIAS DE UM BOM SUJEITO

Ele é um homem especial: culto, inteligente, sagaz, critico, versátil.

Orivaldo Robles é padre por opção, por devoção, pela vontade de servir a Deus e a seus semelhantes.

Acompanho a sua vida desde os tempos em que éramos jovens.

Temos praticamente a mesma idade.

Estamos ficando idoso, como ele costuma dizer.

Sou fã da sua forma direta de agir, de falar, de comunicar, de jamais esconder seus sentimentos mesmo quando exerce a sua função sacerdotal.

Na nossa convivência está inclusa a amizade de toda a família para com ele.

Há mais de vinte e cinco anos atrás, tivemos uma oportunidade única.

Ele era reitor do Seminário Diocesano e conseguiu um mês de férias.

Um mês inteiro para fazer uma das coisas que ele mais gosta e dificilmente tem oportunidade: pescar.

Naquele ano combinamos antes e fomos todos para uma fazenda nossa lá no Mato Grosso, no belíssimo vale do Rio Araguaia.

Foram quase trinta dias de convivência fraterna e diária.

O Orivaldo estava imensamente feliz.

Pescava o dia inteiro e ria muito com a quantidade de peixes que apanhava, admirava e soltava de novo no rio.

Só levava prá casa o suficiente para a refeição seguinte.  Não faltava peixe em nenhuma delas.  O padre sabe pescar como ninguém.

O mais difícil era transportar a caixa de material de pesca que pesava muito.

Nessa época do ano o Araguaia está muito baixo e um dos mais belos espetáculos da natureza são as praias às suas margens, que se estendem por quilômetros e ficam apinhadas de gente que vêm de todas as partes do mundo.

Pescadores, fotógrafos, banhistas, todos fazem das margens do majestoso rio  e de suas praias, um ponto de laser e entretenimento sem igual.

Naquele julho distante também aproveitamos para curtir.

À noite jogávamos tranca.

Nós dois contra meus dois filhos.

Perdíamos a maioria das partidas.

O Orivaldo não se conformava. Ele gosta de jogar e de ganhar.  Como todo mundo.  Como os então meninos tiravam o maior sarro ele pacientemente dizia: “é melhor ouvir besteira que ser surdo”.

O pessoal da fazenda ficou fã do padre que devidamente paramentado rezava missa no sábado e no domingo.

Num dia fomos a São Felix para ele visitar Dom Pedro Casaldaglia que era o bispo de lá.

Um homem franzino, modesto ao extremo no vestir, mas de comportamento definido quanto à sua pastoral: um radical defensor dos mais humildes.

Orivaldo conversou com ele e admitiu: “é radical demais”.

Orivaldo Robles é um bom sujeito.

Desses que faz a diferença na vida da gente.

E ele faz muito na vida da gente de Maringá: na sua conduta como padre e na colocação das suas idéias e ideais com seus artigos semanais em O Diário, onde fala o que pensa e diz por escrito.

Na Paróquia de Santa Maria Goreti onde foi pároco por muitos anos fez um trabalho extraordinário: revitalizou a comunidade, construiu uma belíssima igreja e conquistou amigos e seguidores.

Agora esta na Catedral como padre auxiliar.

Sem compromissos maiores por causa da idade.

Completou setenta anos.

Continua lúcido e critico como sempre foi.

Mas, sobretudo, continua o ótimo sujeito de quem gostamos muito.

 

TIRO NO PÉ I

O prefeito deu um tiro no pé quando remeteu à câmara projeto proibindo a divisão de terrenos e a construção de casas geminadas.

Acertou nos dois pés quando tentou explicar suas razões para a decisão.

Ao contrário da interpretação do prefeito, a cidade precisa e muito, de criar condições para que os mais humildes possam ter sua casa própria.

A alegação da concentração de muita gente em espaço menor contradiz com a atitude tomada pela administração em permitir a construção de edifícios de mais de trinta andares em avenidas como a Colombo, a Nildo Ribeiro e outras  de menor importância.

Ai sim terá enorme concentração de gente e de veículos.

Que me desculpe o Silvio.

O erro é gravíssimo e em detrimento da população mais carente.

Toda cidade – Maringá principalmente – precisa criar condições para que os mais humildes possam morar com dignidade.

E as casas geminadas, quando bem feitas, são uma solução ao alcance dos mais humildes e do programa do governo federal.

 

TIRO NO PÉ II

O vereador Paulo Soni  também acertou no próprio pé quando fez um pronunciamento destemperado na ultima reunião do legislativo ao afirmar que quem usa o adesivo pedindo a redução do numero de vereadores é criminoso.

Paulo Soni que é um homem de formação acadêmica e tem sido um bom vereador, foi absolutamente infeliz.

Primeiro porque como político precisa respeitar a posição da população que o elegeu.

Segundo porque a colocação dos adesivos nos veículos é uma manifestação da insatisfação popular com a atuação desastrada da maioria dos políticos brasileiros.

Dos de Maringá também.

E ele está no meio dessa insatisfação e revolta.

Dr. Paulo: o povo está cansado de pagar impostos e mais impostos que, infelizmente, são usados indevidamente pelos políticos que se elegem com o voto popular, sempre em beneficio próprio.

Ao invés de ficar nervoso o senhor deveria ouvir a voz do povo que o elegeu e mudar de opinião.

Pode estar certo, quinze é um numero ótimo de vereadores para Maringá.

Mais que isso, só servirá para aumentar ainda mais a revolta do povo para com a classe política que o senhor representa.

 

IDEIA OTIMA

O vereador doutor Manoel Sobrinho tem idéias ótimas que poderiam ser transformadas em lei.

Primeiro apresentou a de que o salário de um vereador fosse igual ao de uma professora primária do município. Pouco mais de dois mil reais.

Agora defende a de que se pode aumentar o numero de vereadores para 19, 21 ou 23, não importa quantos, desde que se reduza o repasse obrigatório do município para o legislativo dos atuais 5% para 3%.

A idéia é magnífica.

Criem quantas vagas quiserem para o legislativo.

Apenas o repasse do dinheiro dos impostos que todos pagam seja reduzido para 3% da arrecadação.
Não é brilhante essa proposta?

Pelo menos economizaríamos muito com o gasto publico.

Até seria possível diminuir o imposto que pagamos.

 

APOSTANDO NELA

Não votei na senhora Dilma para presidente.

Mas, estou gostando da sua atuação quanto ao tratamento para com os ministros corruptos que fazem parte do seu gabinete.

A maioria ela não escolheu.  Herdou do Lula.

A atitude da senhora presidente é o oposto do seu antecessor que nunca sabia de nada e coonestava com a corrupção que infestou o seu governo.

Dilma está sendo dura e tem sido correta.

Quando tem denúncia chama o ministro e o coloca na rua.

Mandar Nelson Jobim prá casa foi uma demonstração de força e de coerência.

Nomear o Celso Amorim foi... deixa prá lá...ainda mais chamando-a de presidenta... não vai dar certo...

 

A MORTE NÃO É A MAIOR PERDA DA VIDA.

A MAIOR PERDA É A QUE MORRE DENTRO DE NÓS ENQUANTO VIVEMOS!

 
  
Os artigos, conceitos e opiniões pessoais são de inteira responsabilidade do autor.
14.02.2016
Memórias de um bom sujeito
10.02.2016
Memórias de um bom sujeito
31.01.2016
Memórias de um bom sujeito
24.01.2016
Memórias de um bom sujeito
07.12.2015
Memórias de um bom sujeito
29.11.2015
Memórias de um bom sujeito
23.11.2015
Memórias de um bom sujeito
15.11.2015
Memórias de um bom sujeito
08.11.2015
Memórias de um bom sujeito
01.11.2015
Memórias de um bom sujeito
26.10.2015
Memórias de um bom sujeito
17.10.2015
Memórias de um bom sujeito
12.10.2015
Memórias de um bom sujeito
05.10.2015
Memórias de um bom sujeito
28.09.2015
Memórias de um bom sujeito
21.09.2015
Memórias de um bom sujeito
13.09.2015
Memórias de um bom sujeito
08.09.2015
Memórias de um bom sujeito
23.08.2015
Memórias de um bom sujeito
31.05.2015
Memórias de um bom sujeito
24.05.2015
Memórias de um sujeito
10.05.2015
Memórias de um bom sujeito
03.05.2015
Memórias de um bom sujeito
18.04.2015
Memórias de um bom sujeito
12.04.2015
Memórias de um bom sujeito
30.03.2015
Memórias de um bom sujeito
30.03.2015
Memórias de um bom sujeito
22.03.2015
Memórias de um bom sujeito
15.03.2015
Memórias de um bom sujeito
08.03.2015
Memórias de um bom sujeito
01.03.2015
Memórias de um bom sujeito
12.01.2015
Memórias de um bom sujeito
03.01.2015
Memórias de um bom sujeito
21.12.2014
Memórias de um bom sujeito
14.12.2014
Memórias de um bom sujeito
07.12.2014
Memórias de um bom sujeito
30.11.2014
Memórias de um bom sujeito
23.11.2014
Memórias de um bom sujeito
16.11.2014
Memórias de um bom sujeito
09.11.2014
Memórias de um bom sujeito
02.11.2014
Memórias de um bom sujeito
19.10.2014
Memórias de um bom sujeito
14.10.2014
Memórias de um bom sujeito
05.10.2014
Memórias de um bom sujeito
29.09.2014
Memórias de um bom sujeito
14.09.2014
Memórias de um bom sujeito
07.09.2014
Memórias de um bom sujeito
31.08.2014
Memórias de um bom sujeito
26.08.2014
Memórias de um bom sujeito
17.08.2014
Memórias de um bom sujeito
11.08.2014
Memórias de um bom sujeito
03.08.2014
Memórias de um bom sujeito
20.07.2014
Memórias de um bom sujeito
12.07.2014
Memórias de um bom sujeito
06.07.2014
Memórias de um bom sujeito
30.06.2014
Memórias de um bom sujeito
22.06.2014
Memórias de um bom sujeito
17.06.2014
Memórias de um bom sujeito
10.06.2014
Memórias de um bom sujeito
01.06.2014
Memórias de um bom sujeito
25.05.2014
Memórias de um bom sujeito
14.05.2014
Memórias de um bom sujeito
04.05.2014
Memórias de um bom sujeito
27.04.2014
Memórias de um bom sujeito
20.04.2014
Memórias de um bom sujeito
13.04.2014
Memórias de um bom sujeito
06.04.2014
Memórias de um bom sujeito
30.03.2014
Memórias de um bom sujeito
25.03.2014
Memórias de um bom sujeito
20.03.2014
Memórias de um bom sujeito
17.02.2013
Memórias de um bom sujeito
30.12.2012
Memórias de um bom sujeito
18.11.2012
Memórias de um bom sujeito
11.11.2012
Memórias de um bom sujeito
06.11.2012
Memórias de um bom sujeito
28.10.2012
Memórias de um bom sujeito
23.10.2012
Memórias de um bom sujeito
14.10.2012
Memórias de um bom sujeito
30.09.2012
Memórias de um bom sujeito
25.09.2012
Memórias de um bom sujeito
16.09.2012
Memórias de um bom sujeito
09.09.2012
Memórias de um bom sujeito
02.09.2012
Memórias de um bom sujeito
26.08.2012
Memórias de um bom sujeito
19.08.2012
Memórias de um bom sujeito
12.08.2012
Memórias de um bom sujeito
06.08.2012
Memórias de um sujeito
29.07.2012
Memórias de um bom sujeito
22.07.2012
Memórias de um bom sujeito
15.07.2012
Memórias de um bom sujeito
08.07.2012
Memórias de um bom sujeito
01.07.2012
Memórias de um bom sujeito
24.06.2012
Memórias de um bom sujeito
17.06.2012
Memórias de um bom sujeito
03.06.2012
Memórias de um bom sujeito
26.05.2012
Memórias de um bom sujeito
29.04.2012
Memórias de um bom sujeito
22.04.2012
Memórias de um bom sujeito
24.03.2012
Memórias de um bom sujeito
18.03.2012
Memórias de um bom sujeito
13.03.2012
Memórias de um bom sujeito
04.03.2012
Memórias de um bom sujeito
25.12.2011
Memórias de um bom sujeito
14.12.2011
Memórias de um bom sujeito
13.11.2011
Memórias de um bom sujeito
05.11.2011
Memórias de um bom sujeito
01.11.2011
Memórias de um sujeito
18.10.2011
Memórias de um bom sujeito
11.10.2011
Memórias de um bom sujeito
25.09.2011
Memórias de um bom sujeito
03.09.2011
Memórias de um bom sujeito
20.08.2011
Memórias de um bom sujeito
01.08.2011
Memórias de um bom sujeito
24.07.2011
Memórias de um bom sujeito
16.07.2011
Memórias de um bom sujeito
12.07.2011
Memórias de um bom sujeito
02.07.2011
Memórias de um bom sujeito
19.06.2011
Memórias de um bom sujeito
12.06.2011
Memórias de um bom sujeito
04.06.2011
Memórias de um bom sujeito
28.05.2011
Memórias de um bom sujeito
03.04.2011
Memórias de um bom sujeito
27.03.2011
Memórias de um bom sujeito
20.03.2011
Memórias de um bom sujeito
13.03.2011
Memórias de um bom sujeito
06.03.2011
Memórias de um bom sujeito
20.02.2011
Memórias de um bom sujeito
13.02.2011
Memórias de um bom sujeito
06.02.2011
Memórias de um bom sujeito
04.01.2011
Memórias de um bom sujeito
12.12.2010
Memórias de um bom sujeito
05.12.2010
Memórias de um bom sujeito
28.11.2010
Memórias de um bom sujeito
21.11.2010
Memórias de um bom sujeito
14.11.2010
Memórias de um bom sujeito
07.11.2010
Memórias de um bom sujeito
31.10.2010
Memórias de um bom sujeito
24.10.2010
Memórias de um bom sujeito
17.10.2010
Memórias de um bom sujeito
10.10.2010
Memórias de um bom sujeito
03.10.2010
Memórias de um bom sujeito
19.09.2010
Memórias de um bom sujeito
12.09.2010
Memórias de um bom sujeito
29.08.2010
Memórias de um bom sujeito
15.08.2010
Memórias de um bom sujeito
08.08.2010
Memórias de um bom sujeito
25.07.2010
Memórias de um bom sujeito
18.07.2010
Memórias de um bom sujeito
11.07.2010
Memórias de um bom sujeito
04.07.2010
Memórias de um bom sujeito
27.06.2010
Memórias de um bom sujeito
20.06.2010
Memórias de um bom sujeito
13.06.2010
Memórias de um bom sujeito
06.06.2010
Memórias de um bom sujeito
30.05.2010
Memórias de um bom sujeito
23.05.2010
Memórias de um bom sujeito
16.05.2010
Memórias de um bom sujeito
09.05.2010
Memórias de um bom sujeito
25.04.2010
Memórias de um bom sujeito
18.04.2010
Memórias de um bom sujeito
11.04.2010
Memórias de um bom sujeito
04.04.2010
Memórias de um bom sujeito
28.03.2010
Memórias de um bom sujeito
21.03.2010
Memórias de um bom sujeito
14.03.2010
Memórias de um bom sujeito
07.03.2010
Memórias de um bom sujeito
27.02.2010
Memórias de um bom sujeito
21.02.2010
Memórias de um bom sujeito
16.02.2010
Memórias de um bom sujeito
14.02.2010
Memórias de um bom sujeito
20.12.2009
Memórias de um bom sujeito
13.12.2009
Memórias de um bom sujeito
06.12.2009
Memórias de um bom sujeito
29.11.2009
Memórias de um bom sujeito
22.11.2009
Memórias de um bom sujeito
15.11.2009
Memórias de um bom sujeito
08.11.2009
Memórias de um bom sujeito
18.10.2009
Memórias de um bom sujeito
11.10.2009
Memórias de um bom sujeito
04.10.2009
Memórias de um bom sujeito
06.09.2009
Memórias de um bom sujeito
30.08.2009
Memórias de um bom sujeito
23.08.2009
Memórias de um bom sujeito
15.08.2009
Memórias de um bom sujeito
09.08.2009
Memórias de um bom sujeito
02.08.2009
Memórias de um bom sujeito
26.07.2009
Memórias de um bom sujeito
12.07.2009
Memórias de um bom sujeito
05.07.2009
Memórias de um bom sujeito
28.06.2009
Memórias de um bom sujeito
21.06.2009
Memórias de um bom sujeito
07.06.2009
Memórias de um bom sujeito
31.05.2009
Memórias de um bom sujeito
17.05.2009
Memórias de um bom sujeito
10.05.2009
Memórias de um bom sujeito
03.05.2009
Memórias de um bom sujeito
26.04.2009
Memórias de um bom sujeito
19.04.2009
Memórias de um bom sujeito
12.04.2009
Memórias de um bom sujeito
05.04.2009
Memórias de um bom sujeito
29.03.2009
Memórias de um bom sujeito
22.03.2009
Memórias de um bom sujeito
08.03.2009
Memórias de um bom sujeito
01.03.2009
Memórias de um bom sujeito
22.02.2009
Memórias de um bom sujeito
15.02.2009
Memórias de um bom sujeito
28.12.2008
Memórias de um bom sujeito
25.12.2008
Memórias de um bom sujeito
21.12.2008
Memórias de um bom sujeito
07.12.2008
Memórias de um bom sujeito
30.11.2008
Memórias de um bom sujeito
23.11.2008
Memórias de um bom sujeito


PADRE EDUARDO BELOTTI
Momento de Espiritualidade
WALTER POPPI
Trimestralidade. Não é somente isso
WALDEMAR ALLEGRETTI
Já passou da hora
COLUNISMO SOCIAL
Eventos e Personalidades
DOM ANUAR BATTISTI
Arquidiocese de Maringá
EM DEFESA DO CONSUMIDOR
Confira seus direitos
TIAGO VALENCIANO
Política e Sociedade
OSWALDO FREIRE
Capital Federal
FRANCISCO JOSÉ DE SOUZA
A Lógica do Espiritismo
TATTÁ CABRAL
Ensaio
HENRI JEAN VIANA
Francês Press
ROSE LEONEL
Notícia e Cia.
ORLANDO GONZALEZ
Dois Toques
CARMEM RIBEIRO
Colunista Social
JUAREZ FIRMINO
Balanço Geral
ADEMAR SCHIAVONE
Memórias de um bom sujeito
VERDELÍRIO BARBOSA
Fatos Políticos
Clicompre
Aroma Ingá
Agropecuária Hélio
Rima Seguros
MaringáMais
Click do Gato