Maringá, 18 de Agosto de 2018
GLOBAL BENEFÍCIOS Black Bull Steak House
 
Untitled Document
ADEMAR SCHIAVONE
Memórias de um bom sujeito
 

CITAÇÕES
“A vida é o que acontece neste momento enquanto você está sonhando com o futuro”. John Lenonn

CADA UM NA SUA
Um paulista de terno e gravata, trabalhando o dia inteiro, encontra um baiano, de short e sem camisa, deitado tranquilamente numa rede, e diz:
- O meu: você não sabe que a preguiça é um dos sete pecados capitais?
- Sei sim. Mas a inveja também é, responde o baiano.

DICAS PARA VIVER BEM
Outras cinco regras para que você possa ter uma vida alegre e saudável sob todos os aspectos.

1. Trate as pessoas como gostaria de ser tratado.
2. Conserve e respeite os seus amigos, faça novos amigos e saiba guardar segredos.
3. Não adie uma alegria. A vida é muito curta.
4. Surpreenda quem você ama com gestos inesperados.
5. Ore, reze para agradecer. Peça sabedoria e coragem. Só isso.

Tratar as pessoas como você gostaria de ser tratado é o mínimo que se possa exigir de você mesmo. É a regra básica para que na sua vida haja harmonia e paz.

Fazer novos amigos não é muito fácil. Mas conservar os que você tem, é uma questão de respeito e um exercício de complementação do bem viver.  Guardar segredo é respeitar a confiança que alguém depositou em você.

A vida é curta demais. Viver bem é viver o momento presente intensamente. Com alegria e com destemor. Muitas pequenas ações valem mais que um grande sonho.

Surpreender quem você ama com gestos inesperados aumenta a parceria e a cumplicidade entre o casal.
Peça a Deus somente sabedoria e coragem.  Com sabedoria você será feliz em qualquer lugar e com coragem vencerá qualquer obstáculo. Tudo o mais vem por acréscimo.

CORAGEM
O que pensar da entrevista do senador Jarbas Vasconcelos a revista Veja e que repercutiu nacionalmente. Tudo o que ele falou é verdade e todos sabem. Poucos têm a coragem de dizer. Só isso. O PMDB foi e sempre será o mesmo. Um partido sempre à busca de sombra e água fresca. Mesmo no calorão do planalto central. Quando um dos seus mais brilhantes membros tem a coragem de dizer isso, a gente fica meio desconfiada.  Afinal está atingindo a ele mesmo. Ou não?.

CÂMARA DE HORRORES
Foi só a mesa diretora da Câmara Federal dizer que vai publicar as notas e os pagamentos feitos pelos deputados com os quinze mil reais mensais da verba de representação, e os lideres dos partidos já querem transformar a dita verba em salário.  Cada deputado vai ganhar trinta mil por mês e não precisa prestar contas para ninguém.
Moral é coisa que nossos parlamentares esqueceram não se sabe onde. E faz tempo. E os trabalhadores do Brasil pagam a conta. Sem reclamar. Reclamar pra quem?

VIROU PROFISSÃO
Pelo andar da carruagem os nossos deputados estaduais conseguiram transformar a nobre arte de servir às suas comunidades em profissão. Um escândalo com o dinheiro do povo.
Agora terão aposentadoria de dez mil reais para o resto da vida.  Com você pagando a conta, claro. Sem reclamar. Sem protestar.  Votando neles de novo em 2010.  ou não?

ESTRADA DA VERGONHA
A ligação Maringá-Paiçandu é uma vergonha.  Que coisa horrorosa. Dá calafrios quando se passa por ali.  O transito é intenso. A pista cheia de buracos. Não há acostamento.  Afinal temos quatro deputados estaduais. Além disso, um coordenador da região metropolitana.  Será que não há meios de convencer ao governador do estado de que aquilo ali é muito importante para uma grande região?
Não se pode falar em estradas alternativas ao pedágio, como quer o governador, passando por uma rodovia como aquela.

ECONOMIA É COISA SÉRIA
O Japão foi arrasado na Segunda Guerra Mundial.  A Alemanha do mesmo jeito.  Recuperar a economia dos dois países – o Japão é a segunda economia do mundo e a Alemanha a terceira – foi coisa de gente grande.  É verdade que o Plano Marshall, elaborado pelos Estados Unidos, deu condições a que a economia dos dois países se recuperasse garbosamente.
Mas como isso aconteceu?
Como poupança.  Muita poupança interna.  Foi a poupança que transformou o Japão na potência que é hoje.  Foi a poupança que fez com que os países crescessem de forma segura e competitiva.  A poupança de muitos, aplicada  no mercado financeiro, faz com que os bancos tenham dinheiro para financiar o desenvolvimento.
Não há meios de fazer um país crescer só no credito, no financiamento, na compra a prazo, como aconteceu no Brasil nos últimos tempos.
Não há economia que resista a isso.

TUDO É FINANCEIRA
As empresas de eletrodomésticos, por exemplo, se transformaram em financiadoras.  A venda em dez pagamentos iguais tem o mesmo preço da venda à vista.  Acha isso possível?
Claro que não.  É uma aberração em termos econômicos.  Se você demora 10 meses para receber uma conta, essa conta é acrescida de juros compatíveis com o prazo.
O brasileiro, infelizmente, não entende isso e paga juros extorsivos nas compras que faz.  Principalmente de carros.
O governo deveria fazer uma enorme campanha para que a poupança popular aumentasse.  Seria uma forma segura de assegurar o crescimento econômico e o emprego da classe trabalhadora.

FINANCIAR O QUÊ
Tem duas coisas que, com dinheiro injetado, produz efeitos imediatos.  A construção civil e a agricultura.  Na construção civil se cria empregos aos milhares de forma muito rápida.  Na agricultura se tem resultados em seis meses.
O Brasil está financiando o quê?
A produção e venda de veículos novos.  Uma forma de endividar quem sonha com carro próprio e só pode comprá-lo com as benesses de um financiamento. Mesmo que depois não possa pagá-lo.

MAIS UMA BOA
O prefeito Silvio Barros está com tudo.  Depois de conseguir mais de duzentos e cinqüenta milhões do governo federal, abocanhou mais vinte e um milhões do governo estadual.  Isso faz com que Maringá tenha, nos próximos três anos, investimentos de mais de trezentos milhões de reais em obras.
Uma bela quantia para alavancar a economia da cidade.

LIÇÕES DE VIDA
O Padre Orivaldo Robles, pároco da Igreja Santa Maria Goreti, é um líder espiritual, e um homem de enorme prestigio na sua comunidade. Além de ser um excelente escritor.  A sua igreja está cada vez mais bonita, bem cuidada e recebe fieis de varias paróquias que, como eu, vão assistir às missas só para ouvi-lo.
E ele é impressionante.  Além de explicar com detalhes os textos do domingo dá uma lição de vida em cada oportunidade, principalmente quando ensina à sua comunidade o que é ser cidadão responsável e o que é ser um cristão responsável.
Ele costuma dizer sempre: “Ou ensinamos o povo a ser comunidade ou jamais seremos um povo desenvolvido”.
É isso ai Padre Orivaldo.
Gente como você é que faz a grandeza da nossa gente e do nosso país.

MEMÓRIAS DE UM BOM SUJEITO
Ivens Lagoano Pacheco era o dono do O Jornal de Maringá – hoje o Jornal do Povo – e, como já disse, costumava reunir sua equipe todos os dias para trocar ideias e, principalmente, ensinar coisas que utilizaríamos escrevendo no seu jornal.
Num dia deu uma aula do que era ser um jornalista independente e seguir as regras estabelecidas pelo dono do jornal.  Isso era muito importante.  Afinal é o dono quem paga o seu salário.  Logo, é ele quem determina a linha a ser seguida pelos redatores.
Mais ou menos como continua acontecendo até hoje com as grandes redes de comunicação que, atreladas às verbas oficiais, só divulgam o que interessa a quem paga.  Muito natural.
Mas o Ivens dava uma aula de jornalismo e contou o seguinte caso.
Num dia o jovem jornalista Assis Chateaubriand, então iniciando sua carreira, foi chamado ao gabinete do redator chefe.
“Assis: escreva um artigo sobre Jesus Cristo. Tem de ter um quarto de página. É sua prova de fogo para ser admitido”.
Assis retirou-se, mas de imediato retornou e perguntou:
- “Chefe: o artigo é contra ou a favor de Jesus?”
Com isso Ivens queria demonstrar aos mais jovens, como eu, que o que importava era a linha ditada por quem detinha o mando. O bom redator cumpre com determinação a linha do jornal.
Assis Chateaubriand acabou tornando-se o mais importante jornalista do país, criando a cadeia de rádio, jornal e televisão que mandou no Brasil enquanto ele viveu. Diários e Emissoras Associados. Era mais forte e atuante que a Globo de hoje.

 
  
Os artigos, conceitos e opiniões pessoais são de inteira responsabilidade do autor.
14.02.2016
Memórias de um bom sujeito
10.02.2016
Memórias de um bom sujeito
31.01.2016
Memórias de um bom sujeito
24.01.2016
Memórias de um bom sujeito
07.12.2015
Memórias de um bom sujeito
29.11.2015
Memórias de um bom sujeito
23.11.2015
Memórias de um bom sujeito
15.11.2015
Memórias de um bom sujeito
08.11.2015
Memórias de um bom sujeito
01.11.2015
Memórias de um bom sujeito
26.10.2015
Memórias de um bom sujeito
17.10.2015
Memórias de um bom sujeito
12.10.2015
Memórias de um bom sujeito
05.10.2015
Memórias de um bom sujeito
28.09.2015
Memórias de um bom sujeito
21.09.2015
Memórias de um bom sujeito
13.09.2015
Memórias de um bom sujeito
08.09.2015
Memórias de um bom sujeito
23.08.2015
Memórias de um bom sujeito
31.05.2015
Memórias de um bom sujeito
24.05.2015
Memórias de um sujeito
10.05.2015
Memórias de um bom sujeito
03.05.2015
Memórias de um bom sujeito
18.04.2015
Memórias de um bom sujeito
12.04.2015
Memórias de um bom sujeito
30.03.2015
Memórias de um bom sujeito
30.03.2015
Memórias de um bom sujeito
22.03.2015
Memórias de um bom sujeito
15.03.2015
Memórias de um bom sujeito
08.03.2015
Memórias de um bom sujeito
01.03.2015
Memórias de um bom sujeito
12.01.2015
Memórias de um bom sujeito
03.01.2015
Memórias de um bom sujeito
21.12.2014
Memórias de um bom sujeito
14.12.2014
Memórias de um bom sujeito
07.12.2014
Memórias de um bom sujeito
30.11.2014
Memórias de um bom sujeito
23.11.2014
Memórias de um bom sujeito
16.11.2014
Memórias de um bom sujeito
09.11.2014
Memórias de um bom sujeito
02.11.2014
Memórias de um bom sujeito
19.10.2014
Memórias de um bom sujeito
14.10.2014
Memórias de um bom sujeito
05.10.2014
Memórias de um bom sujeito
29.09.2014
Memórias de um bom sujeito
14.09.2014
Memórias de um bom sujeito
07.09.2014
Memórias de um bom sujeito
31.08.2014
Memórias de um bom sujeito
26.08.2014
Memórias de um bom sujeito
17.08.2014
Memórias de um bom sujeito
11.08.2014
Memórias de um bom sujeito
03.08.2014
Memórias de um bom sujeito
20.07.2014
Memórias de um bom sujeito
12.07.2014
Memórias de um bom sujeito
06.07.2014
Memórias de um bom sujeito
30.06.2014
Memórias de um bom sujeito
22.06.2014
Memórias de um bom sujeito
17.06.2014
Memórias de um bom sujeito
10.06.2014
Memórias de um bom sujeito
01.06.2014
Memórias de um bom sujeito
25.05.2014
Memórias de um bom sujeito
14.05.2014
Memórias de um bom sujeito
04.05.2014
Memórias de um bom sujeito
27.04.2014
Memórias de um bom sujeito
20.04.2014
Memórias de um bom sujeito
13.04.2014
Memórias de um bom sujeito
06.04.2014
Memórias de um bom sujeito
30.03.2014
Memórias de um bom sujeito
25.03.2014
Memórias de um bom sujeito
20.03.2014
Memórias de um bom sujeito
17.02.2013
Memórias de um bom sujeito
30.12.2012
Memórias de um bom sujeito
18.11.2012
Memórias de um bom sujeito
11.11.2012
Memórias de um bom sujeito
06.11.2012
Memórias de um bom sujeito
28.10.2012
Memórias de um bom sujeito
23.10.2012
Memórias de um bom sujeito
14.10.2012
Memórias de um bom sujeito
30.09.2012
Memórias de um bom sujeito
25.09.2012
Memórias de um bom sujeito
16.09.2012
Memórias de um bom sujeito
09.09.2012
Memórias de um bom sujeito
02.09.2012
Memórias de um bom sujeito
26.08.2012
Memórias de um bom sujeito
19.08.2012
Memórias de um bom sujeito
12.08.2012
Memórias de um bom sujeito
06.08.2012
Memórias de um sujeito
29.07.2012
Memórias de um bom sujeito
22.07.2012
Memórias de um bom sujeito
15.07.2012
Memórias de um bom sujeito
08.07.2012
Memórias de um bom sujeito
01.07.2012
Memórias de um bom sujeito
24.06.2012
Memórias de um bom sujeito
17.06.2012
Memórias de um bom sujeito
03.06.2012
Memórias de um bom sujeito
26.05.2012
Memórias de um bom sujeito
29.04.2012
Memórias de um bom sujeito
22.04.2012
Memórias de um bom sujeito
24.03.2012
Memórias de um bom sujeito
18.03.2012
Memórias de um bom sujeito
13.03.2012
Memórias de um bom sujeito
04.03.2012
Memórias de um bom sujeito
25.12.2011
Memórias de um bom sujeito
14.12.2011
Memórias de um bom sujeito
13.11.2011
Memórias de um bom sujeito
05.11.2011
Memórias de um bom sujeito
01.11.2011
Memórias de um sujeito
18.10.2011
Memórias de um bom sujeito
11.10.2011
Memórias de um bom sujeito
25.09.2011
Memórias de um bom sujeito
03.09.2011
Memórias de um bom sujeito
20.08.2011
Memórias de um bom sujeito
06.08.2011
Memórias de um bom sujeito
01.08.2011
Memórias de um bom sujeito
24.07.2011
Memórias de um bom sujeito
16.07.2011
Memórias de um bom sujeito
12.07.2011
Memórias de um bom sujeito
02.07.2011
Memórias de um bom sujeito
19.06.2011
Memórias de um bom sujeito
12.06.2011
Memórias de um bom sujeito
04.06.2011
Memórias de um bom sujeito
28.05.2011
Memórias de um bom sujeito
03.04.2011
Memórias de um bom sujeito
27.03.2011
Memórias de um bom sujeito
20.03.2011
Memórias de um bom sujeito
13.03.2011
Memórias de um bom sujeito
06.03.2011
Memórias de um bom sujeito
20.02.2011
Memórias de um bom sujeito
13.02.2011
Memórias de um bom sujeito
06.02.2011
Memórias de um bom sujeito
04.01.2011
Memórias de um bom sujeito
12.12.2010
Memórias de um bom sujeito
05.12.2010
Memórias de um bom sujeito
28.11.2010
Memórias de um bom sujeito
21.11.2010
Memórias de um bom sujeito
14.11.2010
Memórias de um bom sujeito
07.11.2010
Memórias de um bom sujeito
31.10.2010
Memórias de um bom sujeito
24.10.2010
Memórias de um bom sujeito
17.10.2010
Memórias de um bom sujeito
10.10.2010
Memórias de um bom sujeito
03.10.2010
Memórias de um bom sujeito
19.09.2010
Memórias de um bom sujeito
12.09.2010
Memórias de um bom sujeito
29.08.2010
Memórias de um bom sujeito
15.08.2010
Memórias de um bom sujeito
08.08.2010
Memórias de um bom sujeito
25.07.2010
Memórias de um bom sujeito
18.07.2010
Memórias de um bom sujeito
11.07.2010
Memórias de um bom sujeito
04.07.2010
Memórias de um bom sujeito
27.06.2010
Memórias de um bom sujeito
20.06.2010
Memórias de um bom sujeito
13.06.2010
Memórias de um bom sujeito
06.06.2010
Memórias de um bom sujeito
30.05.2010
Memórias de um bom sujeito
23.05.2010
Memórias de um bom sujeito
16.05.2010
Memórias de um bom sujeito
09.05.2010
Memórias de um bom sujeito
25.04.2010
Memórias de um bom sujeito
18.04.2010
Memórias de um bom sujeito
11.04.2010
Memórias de um bom sujeito
04.04.2010
Memórias de um bom sujeito
28.03.2010
Memórias de um bom sujeito
21.03.2010
Memórias de um bom sujeito
14.03.2010
Memórias de um bom sujeito
07.03.2010
Memórias de um bom sujeito
27.02.2010
Memórias de um bom sujeito
21.02.2010
Memórias de um bom sujeito
16.02.2010
Memórias de um bom sujeito
14.02.2010
Memórias de um bom sujeito
20.12.2009
Memórias de um bom sujeito
13.12.2009
Memórias de um bom sujeito
06.12.2009
Memórias de um bom sujeito
29.11.2009
Memórias de um bom sujeito
22.11.2009
Memórias de um bom sujeito
15.11.2009
Memórias de um bom sujeito
08.11.2009
Memórias de um bom sujeito
18.10.2009
Memórias de um bom sujeito
11.10.2009
Memórias de um bom sujeito
04.10.2009
Memórias de um bom sujeito
06.09.2009
Memórias de um bom sujeito
30.08.2009
Memórias de um bom sujeito
23.08.2009
Memórias de um bom sujeito
15.08.2009
Memórias de um bom sujeito
09.08.2009
Memórias de um bom sujeito
02.08.2009
Memórias de um bom sujeito
26.07.2009
Memórias de um bom sujeito
12.07.2009
Memórias de um bom sujeito
05.07.2009
Memórias de um bom sujeito
28.06.2009
Memórias de um bom sujeito
21.06.2009
Memórias de um bom sujeito
07.06.2009
Memórias de um bom sujeito
31.05.2009
Memórias de um bom sujeito
17.05.2009
Memórias de um bom sujeito
10.05.2009
Memórias de um bom sujeito
03.05.2009
Memórias de um bom sujeito
26.04.2009
Memórias de um bom sujeito
19.04.2009
Memórias de um bom sujeito
12.04.2009
Memórias de um bom sujeito
05.04.2009
Memórias de um bom sujeito
29.03.2009
Memórias de um bom sujeito
22.03.2009
Memórias de um bom sujeito
08.03.2009
Memórias de um bom sujeito
01.03.2009
Memórias de um bom sujeito
15.02.2009
Memórias de um bom sujeito
28.12.2008
Memórias de um bom sujeito
25.12.2008
Memórias de um bom sujeito
21.12.2008
Memórias de um bom sujeito
07.12.2008
Memórias de um bom sujeito
30.11.2008
Memórias de um bom sujeito
23.11.2008
Memórias de um bom sujeito


PADRE EDUARDO BELOTTI
Momento de Espiritualidade
WALTER POPPI
Trimestralidade. Não é somente isso
WALDEMAR ALLEGRETTI
Já passou da hora
COLUNISMO SOCIAL
Eventos e Personalidades
DOM ANUAR BATTISTI
Arquidiocese de Maringá
EM DEFESA DO CONSUMIDOR
Confira seus direitos
TIAGO VALENCIANO
Política e Sociedade
OSWALDO FREIRE
Capital Federal
FRANCISCO JOSÉ DE SOUZA
A Lógica do Espiritismo
TATTÁ CABRAL
Ensaio
HENRI JEAN VIANA
Francês Press
ROSE LEONEL
Notícia e Cia.
ORLANDO GONZALEZ
Dois Toques
CARMEM RIBEIRO
Colunista Social
JUAREZ FIRMINO
Balanço Geral
ADEMAR SCHIAVONE
Memórias de um bom sujeito
VERDELÍRIO BARBOSA
Fatos Políticos
Clicompre
Aroma Ingá
Agropecuária Hélio
Rima Seguros
MaringáMais
Click do Gato