Maringá, 15 de Outubro de 2018
GLOBAL BENEFÍCIOS Black Bull Steak House
 
Untitled Document
ADEMAR SCHIAVONE
Memórias de um bom sujeito
 

A VIDA É CONSTRUIDA NOS SONHOS E REALIZADA NO AMOR

A CULPA É DE QUEM?
Muito se tem falado nos últimos tempos sobre o aberrante crescimento do consumo de drogas em todas as regiões do país.
Em qualquer cidade, grande ou pequena, o consumo de maconha, de crack, de cocaína, é uma constante em todos os meios sociais.
Ricos, remediados e pobres se matam lentamente, às vezes rapidamente,  consumindo drogas em quantidade.
Não bastasse o consumo de cigarros e de bebidas alcoólica cada vez mais comum entre jovens e crianças, as drogas mais pesadas também fazem parte da vida, especialmente da juventude.
A reclamação é sempre contra a falta de atuação da polícia e das autoridades constituídas.
No entanto, é preciso reconhecer de que a autoridade policial está fazendo sua parte. 
E, com competência.
Basta ver a quantidade assustadora de maconha, de crack, de cocaína e de outras tantas que são apreendidas todos os dias em todos os cantos do país.
De outro lado culpar a autoridade local – prefeito e vereadores – pelo aumento impressionante do número de drogados, é uma injustiça.
Então de quem é a culpa?
Do Congresso Nacional.
É exatamente isso.
Do Congresso Nacional composto por deputados e senadores que votam as leis que beneficiam descaradamente aos traficantes em todos os sentidos.

QUEM FINANCIA O TRAFICO?
Fácil de responder: o consumidor.  
Não houvesse consumo e não haveria traficante.
E ai os nossos legisladores inventaram uma lei que permite o uso de drogas a vontade.
Consumir não é crime.
Consumidor não pode ser preso.
Daí que a policia – cumprindo sua parte – prende apenas os intermediários.
É só ver o noticiário: quem vai para a cadeia é o motorista, o intermediário, nunca o traficante maior.

COMO ACABAR?
Acabar com o trafico é impossível.
Mas, minorar a atuação deve começar com a criminalização do usuário.
Pego usando droga vai para a cadeia.
Criamos outro problema talvez mais grave ainda.
Na precária carceragem brasileira, o tráfico continua mandando e o inocente que caiu uma vez, sai de lá mais escolado e sabendo como proceder para tornar-se um traficante.
Um problema social que só o congresso nacional vai resolver.
Isso no dia em que soubermos escolher pessoas dignas e comprometidas com o povo e não com a reeleição deles mesmos.

E TEM MAIS...
É o Congresso quem cria leis esdrúxulas e cretinas com a que impede que pais cuidem de seus filhos com rigidez e com sabedoria, mesmo que com palmadas.
É preciso lembrar que quem não aprende em casa vai aprender na vida.
Em casa as palmadas e puxões de orelhas dos pais, são dados com carinho, só com o objetivo de ensinar.
Na rua o aprendizado é difícil e trás conseqüências muito maiores que simples palmadas.

REPENSAR
É preciso repensar com muito carinho a enxurrada de leis inventadas nos últimos anos em nosso país.
É preciso, sobretudo, repensar o nosso compromisso social de eleger gente que ao invés de só pensar neles mesmos, pense também, no interesse do povo.

PÃO E CIRCO
Na Roma antiga, nos tempos de Nero, os imperadores conquistavam o apoio popular com duas coisas: pão e circo.
Era esse critério para ter aprovação popular e conquistar apoios e a própria historia.
No Brasil esse critério foi ampliado: pão, circo, futebol e carnaval, tudo regado a um consumo desenfreado em busca do ter e não do ser.
Alguns de nossos governantes souberam, com maestria, copiar a fórmula mágica dos romanos.
É esse o comportamento da maioria dos gestores em todos os níveis da administração pública.

DIFERENTE
Em Maringá a coisa é completamente diferente.
O prefeito Silvio Barros consegue um nível de aprovação nunca antes sonhado e que é o maior dentre os prefeitos brasileiros.
Tem mais de 80% de aprovação.
E não há nem pão nem circo prá ninguém.
O que existe é apenas uma administração transparente, realizadora, cheia de projetos, de sonhos e voltada para o interesse da maioria.
A cidade está cada vez melhor, mais bonita, mais humana.
Cresce ordenadamente.
Cresce a aprovação popular para com seu gestor maior.
Sem demagogia barata, sem proteção descarada e que só vise o bem próprio.
Silvio está nas alturas e leva junto os seus seguidores.

GREVE É UM DIREITO
Fazer greve é um direito de qualquer categoria.
Está na lei.
No entanto, a meu ver, a greve no serviço público deveria ser proibida.
Quem presta serviços à comunidade e ganha prá isso, não pode fazer greve.
A greve é legitima quando não afeta a comunidade com um todo.
Criança não pode ficar sem aula pela greve de professores.
Doente não pode ficar sem atendimento com greve de atendentes de saúde.
Ladrões não podem ficar à solta com greve de policiais em todos os níveis.
Aviões não podem ficar sem decolar, por falta de controladores de vôo.
E vai por ai.
Mas, se mesmo assim, insistirem na greve, façam uma greve pacifica, sem prejudicar as pessoas que não têm nada com isso.
É um absurdo a conduta de grevistas que impedem o trânsito, gritam alucinadamente pelas ruas, etc.etc.
Quem faz greve deve ficar em casa.
Estou em greve e não vou trabalhar. Pronto. É assim que se respeitam os outros.

POESIA
A.A.de Assis o poeta mais premiado do Brasil, ganhou mais uma internacional. Agora no Chile.
No concurso de Santos, o tema era Destino.
Ganhou com esta trova:

Destino, fado ou o que for...
Isso tudo é só brinquedo.
- na Historia real do amor
Cria o amor seu próprio enredo!

 
  
Os artigos, conceitos e opiniões pessoais são de inteira responsabilidade do autor.
14.02.2016
Memórias de um bom sujeito
10.02.2016
Memórias de um bom sujeito
31.01.2016
Memórias de um bom sujeito
24.01.2016
Memórias de um bom sujeito
07.12.2015
Memórias de um bom sujeito
29.11.2015
Memórias de um bom sujeito
23.11.2015
Memórias de um bom sujeito
15.11.2015
Memórias de um bom sujeito
08.11.2015
Memórias de um bom sujeito
01.11.2015
Memórias de um bom sujeito
26.10.2015
Memórias de um bom sujeito
17.10.2015
Memórias de um bom sujeito
12.10.2015
Memórias de um bom sujeito
05.10.2015
Memórias de um bom sujeito
28.09.2015
Memórias de um bom sujeito
21.09.2015
Memórias de um bom sujeito
13.09.2015
Memórias de um bom sujeito
08.09.2015
Memórias de um bom sujeito
23.08.2015
Memórias de um bom sujeito
31.05.2015
Memórias de um bom sujeito
24.05.2015
Memórias de um sujeito
10.05.2015
Memórias de um bom sujeito
03.05.2015
Memórias de um bom sujeito
18.04.2015
Memórias de um bom sujeito
12.04.2015
Memórias de um bom sujeito
30.03.2015
Memórias de um bom sujeito
30.03.2015
Memórias de um bom sujeito
22.03.2015
Memórias de um bom sujeito
15.03.2015
Memórias de um bom sujeito
08.03.2015
Memórias de um bom sujeito
01.03.2015
Memórias de um bom sujeito
12.01.2015
Memórias de um bom sujeito
03.01.2015
Memórias de um bom sujeito
21.12.2014
Memórias de um bom sujeito
14.12.2014
Memórias de um bom sujeito
07.12.2014
Memórias de um bom sujeito
30.11.2014
Memórias de um bom sujeito
23.11.2014
Memórias de um bom sujeito
16.11.2014
Memórias de um bom sujeito
09.11.2014
Memórias de um bom sujeito
02.11.2014
Memórias de um bom sujeito
19.10.2014
Memórias de um bom sujeito
14.10.2014
Memórias de um bom sujeito
05.10.2014
Memórias de um bom sujeito
29.09.2014
Memórias de um bom sujeito
14.09.2014
Memórias de um bom sujeito
07.09.2014
Memórias de um bom sujeito
31.08.2014
Memórias de um bom sujeito
26.08.2014
Memórias de um bom sujeito
17.08.2014
Memórias de um bom sujeito
11.08.2014
Memórias de um bom sujeito
03.08.2014
Memórias de um bom sujeito
20.07.2014
Memórias de um bom sujeito
12.07.2014
Memórias de um bom sujeito
06.07.2014
Memórias de um bom sujeito
30.06.2014
Memórias de um bom sujeito
22.06.2014
Memórias de um bom sujeito
17.06.2014
Memórias de um bom sujeito
10.06.2014
Memórias de um bom sujeito
01.06.2014
Memórias de um bom sujeito
25.05.2014
Memórias de um bom sujeito
14.05.2014
Memórias de um bom sujeito
04.05.2014
Memórias de um bom sujeito
27.04.2014
Memórias de um bom sujeito
20.04.2014
Memórias de um bom sujeito
13.04.2014
Memórias de um bom sujeito
06.04.2014
Memórias de um bom sujeito
30.03.2014
Memórias de um bom sujeito
25.03.2014
Memórias de um bom sujeito
20.03.2014
Memórias de um bom sujeito
17.02.2013
Memórias de um bom sujeito
30.12.2012
Memórias de um bom sujeito
18.11.2012
Memórias de um bom sujeito
11.11.2012
Memórias de um bom sujeito
06.11.2012
Memórias de um bom sujeito
28.10.2012
Memórias de um bom sujeito
23.10.2012
Memórias de um bom sujeito
14.10.2012
Memórias de um bom sujeito
30.09.2012
Memórias de um bom sujeito
25.09.2012
Memórias de um bom sujeito
16.09.2012
Memórias de um bom sujeito
09.09.2012
Memórias de um bom sujeito
02.09.2012
Memórias de um bom sujeito
26.08.2012
Memórias de um bom sujeito
19.08.2012
Memórias de um bom sujeito
12.08.2012
Memórias de um bom sujeito
06.08.2012
Memórias de um sujeito
29.07.2012
Memórias de um bom sujeito
22.07.2012
Memórias de um bom sujeito
15.07.2012
Memórias de um bom sujeito
08.07.2012
Memórias de um bom sujeito
01.07.2012
Memórias de um bom sujeito
24.06.2012
Memórias de um bom sujeito
17.06.2012
Memórias de um bom sujeito
03.06.2012
Memórias de um bom sujeito
26.05.2012
Memórias de um bom sujeito
29.04.2012
Memórias de um bom sujeito
22.04.2012
Memórias de um bom sujeito
24.03.2012
Memórias de um bom sujeito
18.03.2012
Memórias de um bom sujeito
04.03.2012
Memórias de um bom sujeito
25.12.2011
Memórias de um bom sujeito
14.12.2011
Memórias de um bom sujeito
13.11.2011
Memórias de um bom sujeito
05.11.2011
Memórias de um bom sujeito
01.11.2011
Memórias de um sujeito
18.10.2011
Memórias de um bom sujeito
11.10.2011
Memórias de um bom sujeito
25.09.2011
Memórias de um bom sujeito
03.09.2011
Memórias de um bom sujeito
20.08.2011
Memórias de um bom sujeito
06.08.2011
Memórias de um bom sujeito
01.08.2011
Memórias de um bom sujeito
24.07.2011
Memórias de um bom sujeito
16.07.2011
Memórias de um bom sujeito
12.07.2011
Memórias de um bom sujeito
02.07.2011
Memórias de um bom sujeito
19.06.2011
Memórias de um bom sujeito
12.06.2011
Memórias de um bom sujeito
04.06.2011
Memórias de um bom sujeito
28.05.2011
Memórias de um bom sujeito
03.04.2011
Memórias de um bom sujeito
27.03.2011
Memórias de um bom sujeito
20.03.2011
Memórias de um bom sujeito
13.03.2011
Memórias de um bom sujeito
06.03.2011
Memórias de um bom sujeito
20.02.2011
Memórias de um bom sujeito
13.02.2011
Memórias de um bom sujeito
06.02.2011
Memórias de um bom sujeito
04.01.2011
Memórias de um bom sujeito
12.12.2010
Memórias de um bom sujeito
05.12.2010
Memórias de um bom sujeito
28.11.2010
Memórias de um bom sujeito
21.11.2010
Memórias de um bom sujeito
14.11.2010
Memórias de um bom sujeito
07.11.2010
Memórias de um bom sujeito
31.10.2010
Memórias de um bom sujeito
24.10.2010
Memórias de um bom sujeito
17.10.2010
Memórias de um bom sujeito
10.10.2010
Memórias de um bom sujeito
03.10.2010
Memórias de um bom sujeito
19.09.2010
Memórias de um bom sujeito
12.09.2010
Memórias de um bom sujeito
29.08.2010
Memórias de um bom sujeito
15.08.2010
Memórias de um bom sujeito
08.08.2010
Memórias de um bom sujeito
25.07.2010
Memórias de um bom sujeito
18.07.2010
Memórias de um bom sujeito
11.07.2010
Memórias de um bom sujeito
04.07.2010
Memórias de um bom sujeito
27.06.2010
Memórias de um bom sujeito
20.06.2010
Memórias de um bom sujeito
13.06.2010
Memórias de um bom sujeito
06.06.2010
Memórias de um bom sujeito
30.05.2010
Memórias de um bom sujeito
23.05.2010
Memórias de um bom sujeito
16.05.2010
Memórias de um bom sujeito
09.05.2010
Memórias de um bom sujeito
25.04.2010
Memórias de um bom sujeito
18.04.2010
Memórias de um bom sujeito
11.04.2010
Memórias de um bom sujeito
04.04.2010
Memórias de um bom sujeito
28.03.2010
Memórias de um bom sujeito
21.03.2010
Memórias de um bom sujeito
14.03.2010
Memórias de um bom sujeito
07.03.2010
Memórias de um bom sujeito
27.02.2010
Memórias de um bom sujeito
21.02.2010
Memórias de um bom sujeito
16.02.2010
Memórias de um bom sujeito
14.02.2010
Memórias de um bom sujeito
20.12.2009
Memórias de um bom sujeito
13.12.2009
Memórias de um bom sujeito
06.12.2009
Memórias de um bom sujeito
29.11.2009
Memórias de um bom sujeito
22.11.2009
Memórias de um bom sujeito
15.11.2009
Memórias de um bom sujeito
08.11.2009
Memórias de um bom sujeito
18.10.2009
Memórias de um bom sujeito
11.10.2009
Memórias de um bom sujeito
04.10.2009
Memórias de um bom sujeito
06.09.2009
Memórias de um bom sujeito
30.08.2009
Memórias de um bom sujeito
23.08.2009
Memórias de um bom sujeito
15.08.2009
Memórias de um bom sujeito
09.08.2009
Memórias de um bom sujeito
02.08.2009
Memórias de um bom sujeito
26.07.2009
Memórias de um bom sujeito
12.07.2009
Memórias de um bom sujeito
05.07.2009
Memórias de um bom sujeito
28.06.2009
Memórias de um bom sujeito
21.06.2009
Memórias de um bom sujeito
07.06.2009
Memórias de um bom sujeito
31.05.2009
Memórias de um bom sujeito
17.05.2009
Memórias de um bom sujeito
10.05.2009
Memórias de um bom sujeito
03.05.2009
Memórias de um bom sujeito
26.04.2009
Memórias de um bom sujeito
19.04.2009
Memórias de um bom sujeito
12.04.2009
Memórias de um bom sujeito
05.04.2009
Memórias de um bom sujeito
29.03.2009
Memórias de um bom sujeito
22.03.2009
Memórias de um bom sujeito
08.03.2009
Memórias de um bom sujeito
01.03.2009
Memórias de um bom sujeito
22.02.2009
Memórias de um bom sujeito
15.02.2009
Memórias de um bom sujeito
28.12.2008
Memórias de um bom sujeito
25.12.2008
Memórias de um bom sujeito
21.12.2008
Memórias de um bom sujeito
07.12.2008
Memórias de um bom sujeito
30.11.2008
Memórias de um bom sujeito
23.11.2008
Memórias de um bom sujeito


PADRE EDUARDO BELOTTI
Momento de Espiritualidade
WALTER POPPI
Trimestralidade. Não é somente isso
WALDEMAR ALLEGRETTI
Já passou da hora
COLUNISMO SOCIAL
Eventos e Personalidades
DOM ANUAR BATTISTI
Arquidiocese de Maringá
EM DEFESA DO CONSUMIDOR
Confira seus direitos
TIAGO VALENCIANO
Política e Sociedade
OSWALDO FREIRE
Capital Federal
FRANCISCO JOSÉ DE SOUZA
A Lógica do Espiritismo
TATTÁ CABRAL
Ensaio
HENRI JEAN VIANA
Francês Press
ROSE LEONEL
Notícia e Cia.
ORLANDO GONZALEZ
Dois Toques
CARMEM RIBEIRO
Colunista Social
JUAREZ FIRMINO
Balanço Geral
ADEMAR SCHIAVONE
Memórias de um bom sujeito
VERDELÍRIO BARBOSA
Fatos Políticos
Clicompre
Aroma Ingá
Agropecuária Hélio
Rima Seguros
MaringáMais
Click do Gato