Maringá, 18 de Novembro de 2018
GLOBAL BENEFÍCIOS Black Bull Steak House
 
Untitled Document
WALDEMAR ALLEGRETTI
Gostaria de ver
 

Gostaria de ver esse assunto do código floresta, ser mais bem esclarecido.

     Para melhor analisar o assunto, é preciso começar, pensando no começo.

     O primeiro código florestal foi instituído na década de trinta e previa uma reserva legal de vinte por cento. Essa reserva não era ecológica, aliás, acredito que esta palavra nem existia na época. Era uma reserva econômica.

     O Brasil tinha oitenta por cento da sua população vivendo na área rural. Dizia o código, se houver frustração da safra, a reserva poderia ser utilizada, para extração de madeira e produzir madeira para o consumo das cidades.

     Em outra época, quando foi feita a maior colonização neste País, ou seja, no Paraná, os lotes iam do espigão até a água.

     O desmatamento foi feito em todo o lote, na cabeceira para o café, e no fundo para as famílias e seus animais. No fundo estav a água, não é preciso dizer da falta da energia elétrica em praticamente toda a área rural e até em pequenas povoações urbanas.

     O Brasil era e é imenso. Temos as maiores  reservas de água doce e de florestas do mundo. Não o devastamos como fizeram na Europa, Ásia e até os Estados Unidos.

     No entanto criou-se a fobia de que devemos ser o guarda chuva ecológico deste planeta.

      A nossa população é hoje urbana, e naturalmente, poluidora. Um edifício em um terreno de mil metros quadrado polui mais do que uma média propriedade rural, pois o grande poluidor é o ser humano.

     Agora querer punir o produtor de alimentos, culpando-o de poluição é brincadeira de mau gosto.

     Nesta atual geração de falsos ecologistas por que andam de automóvel que poluem, usam produtos descartáveis, querem e usam plástico em tudo, mas brigam para não usarem sacolinhas plásticas de suspermercados.

     A preservação, a margem da águas é de todos aceita. Fazer uma reserva à margem desses rios é necessário. Mas quem será o grande usuário desta água preservada? O sitiante com a sua família ou a cidade captando esta água para o uso de uma multidão, quem usa mais deve pagar mais. Isto é primário na economia.

     O produtor com a cultura da época desmatou, porque a floresta em pé não produz.

     Agora precisa perder a área de produção e ainda gastar para reflorestar para os outros?

     Só mesmo quem nunca esteve em propriedade rural para pensar assim.

     Gostaria de ver todos pensando em preservar, mas todos pagando a sua parte. Dizer que uma parte da mata Atlântica está em Maringá, é o mesmo que dizer que o nosso pinheiro está em extinção e não pode ser cortado. Pinheiro este que foi plantado com incentivo para ser cortado para a produção de madeira.

     Sabiam que um só pinheiro adulto produz sementes (pinhão) em quantidade que dá para reflorestar ma área imensa? É só cortar e replantar como todos os outros produtos.

     Gostaria de ver mais razão e menos fanatismos no trato deste assunto.

 

Waldemar Allegretti, foi professor, secretário de Justiça do Estado do Paraná, presidente do BRDE, é produtor rural e advogado maringaense.

 
  
Os artigos, conceitos e opiniões pessoais são de inteira responsabilidade do autor.
30.07.2013
Já passou da hora
23.07.2013
Já passou da hora
16.07.2013
Já passou da hora
09.07.2013
Já passou da hora
05.07.2013
Já passou da hora
25.06.2013
Já passou da hora
11.06.2013
Já passou da hora
04.06.2013
Já passou da hora
28.05.2013
Já passou da hora
21.05.2013
Já passou da hora
19.05.2013
Já passou da hora
16.05.2013
Já passou da hora
07.05.2013
Já passou da hora
30.04.2013
Já passou da hora
23.04.2013
Já passou da hora
18.04.2013
Já passou da hora
09.04.2013
Já passou da hora
04.04.2013
Já passou da hora
27.02.2013
Já passou da hora
05.02.2013
Já passou da hora
09.10.2012
Gostaria de ver
02.10.2012
Gostaria de ver
25.09.2012
Gostaria de ver
17.07.2012
Gostaria de ver
10.07.2012
Gostaria de ver
03.07.2012
Gostaria de ver
26.06.2012
Gostaria de ver
19.06.2012
Gostaria de ver
12.06.2012
Gostaria de ver
29.05.2012
Gostaria de ver
22.05.2012
Gostaria de ver
16.05.2012
Gostaria de ver
08.05.2012
Gostaria de ver
01.05.2012
Gostaria de ver
17.04.2012
Gostaria de ver
15.04.2012
Gostaria de ver
10.04.2012
Gostaria de ver
05.04.2012
Gostaria de ver
27.03.2012
Gostaria de ver
10.01.2012
Gostaria de ver
20.12.2011
Gostaria de ver
13.12.2011
Gostaria de ver
06.12.2011
Gostaria de ver
29.11.2011
Gostaria de ver
22.11.2011
Gostaria de ver
15.11.2011
Gostaria de ver
08.11.2011
Gostaria de ver
25.10.2011
Gostaria de ver
18.10.2011
Gostaria de ver
11.10.2011
Gostaria de ver
27.09.2011
Gostaria de ver
20.09.2011
Gostaria de ver
13.09.2011
Gostaria de ver
06.09.2011
Gostaria de ver
30.08.2011
Gostaria de ver
09.08.2011
Gostaria de ver
02.08.2011
Gostaria de ver
26.07.2011
Gostaria de ver
12.07.2011
Gostaria de ver
05.07.2011
Gostaria de ver
28.06.2011
Gostaria de ver
22.06.2011
Gostaria de ver
14.06.2011
Gostaria de ver
07.06.2011
Gostaria de ver
31.05.2011
Gostaria de ver
24.05.2011
Gostaria de ver
17.05.2011
Gostaria de ver
11.05.2011
Gostaria de ver
03.05.2011
Gostaria de ver
27.04.2011
Gostaria de ver
19.04.2011
Gostaria de ver
13.04.2011
Gostaria de ver
05.04.2011
Gostaria de ver
29.03.2011
Gostaria de ver
22.03.2011
Gostaria de ver
15.03.2011
Gostaria de ver
01.03.2011
Gostaria de ver
22.02.2011
Gostaria de ver
16.02.2011
Gostaria de ver
09.02.2011
Gostaria de ver
01.02.2011
Gostaria de ver
25.01.2011
Gostaria de ver
18.01.2011
Gostaria de ver
11.01.2011
Gostaria de ver
04.01.2011
Gostaria de ver
29.12.2010
Gostaria de ver
21.12.2010
Gostaria de ver
14.12.2010
Gostaria de ver
07.12.2010
Gostaria de ver
30.11.2010
Gostaria de ver
23.11.2010
Gostaria de ver
09.11.2010
Gostaria de ver
10.08.2010
Gostaria de ver
27.07.2010
Gostaria de ver
20.07.2010
Gostaria de ver
14.07.2010
Gostaria de ver
06.07.2010
Gostaria de ver
29.06.2010
Gostaria de ver
22.06.2010
Gostaria de ver
15.06.2010
Gostaria de ver
08.06.2010
Gostaria de ver
01.06.2010
Gostaria de ver
25.05.2010
Gostaria de ver
18.05.2010
Gostaria de ver
12.05.2010
Gostaria de ver
28.04.2010
Gostaria de ver
15.12.2009
Gostaria de ver
08.12.2009
Gostaria de ver
24.11.2009
Gostaria de ver
08.11.2009
Gostaria de ver


PADRE EDUARDO BELOTTI
Momento de Espiritualidade
WALTER POPPI
Trimestralidade. Não é somente isso
WALDEMAR ALLEGRETTI
Já passou da hora
COLUNISMO SOCIAL
Eventos e Personalidades
DOM ANUAR BATTISTI
Arquidiocese de Maringá
EM DEFESA DO CONSUMIDOR
Confira seus direitos
TIAGO VALENCIANO
Política e Sociedade
OSWALDO FREIRE
Capital Federal
FRANCISCO JOSÉ DE SOUZA
A Lógica do Espiritismo
TATTÁ CABRAL
Ensaio
HENRI JEAN VIANA
Francês Press
ROSE LEONEL
Notícia e Cia.
ORLANDO GONZALEZ
Dois Toques
CARMEM RIBEIRO
Colunista Social
JUAREZ FIRMINO
Balanço Geral
ADEMAR SCHIAVONE
Memórias de um bom sujeito
VERDELÍRIO BARBOSA
Fatos Políticos