Maringá, 24 de Junho de 2018
GLOBAL BENEFÍCIOS Black Bull Steak House
 
Untitled Document
ADEMAR SCHIAVONE
Memórias de um bom sujeito
 

UMA DAS GRANDES ENFERMIDADES É NÃO SER NINGUEM PARA NINGUEM – Madre Tereza de Calcutá

 

 

BRASIL: UM PAÍS DE TOLOS

 

A cada dia que passa mais me convenço de que o Brasil é mesmo um país de tolos e de gente com pouca ou nenhuma vontade de lutar pelo que é seu.

Tem coisa que a gente vê e não acredita, mas existe. E como existe.

Nesta semana uma decisão da justiça do Rio Grande do Sul deixou a gente sem saber o que dizer.

Existe na lei uma prerrogativa dada exclusivamente às mulheres que dão a luz, tem um filho, o direito a licença a maternidade.

Tudo ótimo.

Licença maternidade, destinada exclusivamente a quem pariu e tem um filho.

Só uma mulher pode dar a luz e ter um filho.

O INSS já quebrado pelas sucessivas administrações desastrosas e ineficientes – a vida toda foi assim - concedeu a um dos componentes de um par de homossexuais que têm uma relação homo afetiva o direito a licença maternidade. 

Nada contra a relação e união homo afetiva.

Cada um é dono do seu destino, do seu forever e faz a opção que quiser.

No entanto, conceder licença maternidade a um par de homens que adotou uma criança é estranho e muito inexplicável.

Prá não dizer absurdamente inexplicável.

Coisas de um país de tolos. E de gente que se conforma com as idiotices praticadas pelo Brasil a fora. Pelo governo, claro.   Tudo em nome de uma igualdade que não existe.


PONTO DE VISTA

Quando fui secretário municipal  no segundo mandato do prefeito João Paulino, o município  explorava o serviço de água e esgoto pela Codemar e que no ano seguinte  passou  para a Sanepar.

Num dia muito quente, fui ao gabinete do prefeito com uma garrafa de água mineral nas mãos.

No mesmo instante, sem pestanejar, o prefeito ligou para o secretário da fazenda, Ermelindo Bolfer, para dizer que ele estava proibido de pagar qualquer fornecimento de água mineral para o município.

De imediato argumentei que havia comprado a garrafa que estava consumindo.

Na hora o dr. João Paulino argumentou: “ nós servimos água à população e temos obrigação de servir uma água de primeira qualidade que todos possam tomar, inclusive os administradores que somos nós”.

Na hora concordei com ele.

 

Essa foi uma postura que, infelizmente, não é seguida pelos administradores no país.

Basta ver o serviço de atendimento à saúde que é prestado à população e o que fazem os administradores quando necessitam de atendimento.

Vão direto para o Sírio e Libanês em São Paulo com tratamento pago por nós contribuintes.

Aconteceu recentemente com o Lula, com a Dilma, com o José Alencar, com o José Sarney.  Todos internados no melhor hospital do país com dinheiro do povo. O mesmo povo que paga impostos e que deveria ter um tratamento igual.

 

A diferença entre homens da extirpe de João Paulino e outros que nos governam, pode ser vista todos os dias.

E que diferença...

 

CAMPANHA AINDA MORNA
A campanha continua morna e bastante sem sal. Com muito açúcar.

A única diferença quem faz é Maria Iraclesia que continua batendo forte e com argumentos na administração municipal.  Não apresenta nenhuma alternativa viável às criticas que faz.  Mas, bate forte. Até no PT quando menciona a conduta dos integrantes do partido no  mensalão.

 Esqueceu-se de que o seu partido também está envolvido até a alma no mensalão do DEM do Distrito Federal e no escândalo do Carlinhos Cachoeira que acabou por derrubar o senador Demóstenes Torres, do DEM.

Criticar sem apresentar argumentos convincentes não leva a nada.

 

O Dr. Batista mudou o visual, mas continua com a mesma fala mansa e sem nenhuma argumentação e em igual situação Wilson Quinteiro. 

Não vai a lugar nenhum.  Estão candidatos – os dois -  apenas por estar.

Aliás, o Quinteiro virou messiânico. 

Está se comparando a David na luta contra Golias.  Golias que ele cita, mas não diz quem é.

Na verdade o Wilson está muito mais interessado é na eleição de Foz do Iguaçu onde o candidato do seu partido está na frente e pode se eleger.  Se isso acontecer ele ganha uma cadeira na Assembléia Legislativa, onde é o primeiro suplente, que é o seu grande sonho. A disputa pela prefeitura de Maringá é apenas um caminho.

 

O Enio Verri,  dos viáveis, é o que está em campanha há mais tempo.

Foi candidato em 2006 a deputado,  em 2008 a prefeito e em 2010 a deputado, quando se reelegeu.

Portanto, em campanha permanente há muito tempo.

Tem por isso mesmo, uma vantagem de militância engajada ao seu nome.

Seu programa de TV está bem feito e apresenta as possíveis vantagens de ser amigo do Lula, da Dilma e dos Ministros Paulo Bernardo e Gleisi Hofmann.

No entanto, está muito preso às preocupações com o andamento do julgamento do maior escândalo deste país, o mensalão do PT o maior roubo da historia praticado por políticos. E, a maioria deles, integrantes do seu partido.

 

Roberto Pupin alicerçado na excelente aprovação da administração de Silvio Barros subiu de menos de seis por cento na intenção de votos para a ponta da tabela.  Foi o maior avanço de todos os candidatos.

 

Os outros três são candidatos de marcar posição para ajudar a seus partidos.

Só isso.

 


JUSTIÇA JUSTA

 

No ultimo domingo escrevi que estava preocupado com o voto do ministro Ricardo Lewandowisky que absolveu João Paulo Cunha, do PT, presidente da Câmara dos Deputados à época do escândalo do mensalão.

A preocupação, por enquanto, acabou.

O voto dos demais ministros condenando o primeiro político devolveu a esperança de que os assaltantes do dinheiro público possam ser condenados e não só os executores.

Como a esperança é a ultima que morre voltamos a ter expectativa de que a justiça seja justa e os mensaleiros do PT sejam condenados, mesmo que o dinheiro não retorne aos cofres da nação. E não vai retornar mesmo.

 

TIRO PELA CULATRA

 

O mundo inteiro sabe que Lula, Dilma e companhia se apoderaram do poder baseados na militância dos sindicatos e centrais sindicais.  Primeiro colocaram no poder, mormente nas estatais e diretorias de grande remuneração e poder, chefes de sindicatos de todas as categorias. Mormente militantes do PT.

Prometeram, além disso, fazer do país uma republica sindicalista  capaz de empregar todos os seguidores e companheiros de lutas que existiram algumas e outras só na imaginação deles mesmos.

Pois bem: prometeram tanto que agora estão pagando por isso.

As greves no serviço público – que jamais deveriam existir – estão parando o país inteiro.

O crescimento do PIB anunciado pelo IBGE nesta semana foi negativo. Isso mesmo: negativo.  Crescimento de 0,4% é muito negativo.  Preocupa a todos principalmente os que estudam e se preocupam com o país como um todo.

Só a agricultura e os serviços cresceram a taxas razoáveis e aceitáveis.

A indústria decresceu. 

E as greves do serviço público ajudam a que o país vá cada vez mais rápido para a derrocada que se avizinha celeremente.

A conquista do apoio sindical sem a contra partida do serviço prestado, é um verdadeiro tiro pela culatra.

E não há muito que fazer.

O governo vai acabar cedendo às pressões e dará o aumento que querem os sindicatos. 

Alguns merecidos e necessários. 

Outros absurdos e inexplicáveis.

O PT no governo está comendo o pão que ele mesmo amassou, com os pés,  a vida inteira.

 

QUEM COM FERRO FERE, COM FERRO SERÁ FERIDO.

 

 
  
Os artigos, conceitos e opiniões pessoais são de inteira responsabilidade do autor.
14.02.2016
Memórias de um bom sujeito
10.02.2016
Memórias de um bom sujeito
31.01.2016
Memórias de um bom sujeito
24.01.2016
Memórias de um bom sujeito
07.12.2015
Memórias de um bom sujeito
29.11.2015
Memórias de um bom sujeito
23.11.2015
Memórias de um bom sujeito
15.11.2015
Memórias de um bom sujeito
08.11.2015
Memórias de um bom sujeito
01.11.2015
Memórias de um bom sujeito
26.10.2015
Memórias de um bom sujeito
17.10.2015
Memórias de um bom sujeito
12.10.2015
Memórias de um bom sujeito
05.10.2015
Memórias de um bom sujeito
28.09.2015
Memórias de um bom sujeito
21.09.2015
Memórias de um bom sujeito
13.09.2015
Memórias de um bom sujeito
08.09.2015
Memórias de um bom sujeito
23.08.2015
Memórias de um bom sujeito
31.05.2015
Memórias de um bom sujeito
24.05.2015
Memórias de um sujeito
10.05.2015
Memórias de um bom sujeito
03.05.2015
Memórias de um bom sujeito
18.04.2015
Memórias de um bom sujeito
12.04.2015
Memórias de um bom sujeito
30.03.2015
Memórias de um bom sujeito
30.03.2015
Memórias de um bom sujeito
22.03.2015
Memórias de um bom sujeito
15.03.2015
Memórias de um bom sujeito
08.03.2015
Memórias de um bom sujeito
01.03.2015
Memórias de um bom sujeito
12.01.2015
Memórias de um bom sujeito
03.01.2015
Memórias de um bom sujeito
21.12.2014
Memórias de um bom sujeito
14.12.2014
Memórias de um bom sujeito
07.12.2014
Memórias de um bom sujeito
30.11.2014
Memórias de um bom sujeito
23.11.2014
Memórias de um bom sujeito
16.11.2014
Memórias de um bom sujeito
09.11.2014
Memórias de um bom sujeito
02.11.2014
Memórias de um bom sujeito
19.10.2014
Memórias de um bom sujeito
14.10.2014
Memórias de um bom sujeito
05.10.2014
Memórias de um bom sujeito
29.09.2014
Memórias de um bom sujeito
14.09.2014
Memórias de um bom sujeito
07.09.2014
Memórias de um bom sujeito
31.08.2014
Memórias de um bom sujeito
26.08.2014
Memórias de um bom sujeito
17.08.2014
Memórias de um bom sujeito
11.08.2014
Memórias de um bom sujeito
03.08.2014
Memórias de um bom sujeito
20.07.2014
Memórias de um bom sujeito
12.07.2014
Memórias de um bom sujeito
06.07.2014
Memórias de um bom sujeito
30.06.2014
Memórias de um bom sujeito
22.06.2014
Memórias de um bom sujeito
17.06.2014
Memórias de um bom sujeito
10.06.2014
Memórias de um bom sujeito
01.06.2014
Memórias de um bom sujeito
25.05.2014
Memórias de um bom sujeito
14.05.2014
Memórias de um bom sujeito
04.05.2014
Memórias de um bom sujeito
27.04.2014
Memórias de um bom sujeito
20.04.2014
Memórias de um bom sujeito
13.04.2014
Memórias de um bom sujeito
06.04.2014
Memórias de um bom sujeito
30.03.2014
Memórias de um bom sujeito
25.03.2014
Memórias de um bom sujeito
20.03.2014
Memórias de um bom sujeito
17.02.2013
Memórias de um bom sujeito
30.12.2012
Memórias de um bom sujeito
18.11.2012
Memórias de um bom sujeito
11.11.2012
Memórias de um bom sujeito
06.11.2012
Memórias de um bom sujeito
28.10.2012
Memórias de um bom sujeito
23.10.2012
Memórias de um bom sujeito
14.10.2012
Memórias de um bom sujeito
30.09.2012
Memórias de um bom sujeito
25.09.2012
Memórias de um bom sujeito
16.09.2012
Memórias de um bom sujeito
09.09.2012
Memórias de um bom sujeito
26.08.2012
Memórias de um bom sujeito
19.08.2012
Memórias de um bom sujeito
12.08.2012
Memórias de um bom sujeito
06.08.2012
Memórias de um sujeito
29.07.2012
Memórias de um bom sujeito
22.07.2012
Memórias de um bom sujeito
15.07.2012
Memórias de um bom sujeito
08.07.2012
Memórias de um bom sujeito
01.07.2012
Memórias de um bom sujeito
24.06.2012
Memórias de um bom sujeito
17.06.2012
Memórias de um bom sujeito
03.06.2012
Memórias de um bom sujeito
26.05.2012
Memórias de um bom sujeito
29.04.2012
Memórias de um bom sujeito
22.04.2012
Memórias de um bom sujeito
24.03.2012
Memórias de um bom sujeito
18.03.2012
Memórias de um bom sujeito
13.03.2012
Memórias de um bom sujeito
04.03.2012
Memórias de um bom sujeito
25.12.2011
Memórias de um bom sujeito
14.12.2011
Memórias de um bom sujeito
13.11.2011
Memórias de um bom sujeito
05.11.2011
Memórias de um bom sujeito
01.11.2011
Memórias de um sujeito
18.10.2011
Memórias de um bom sujeito
11.10.2011
Memórias de um bom sujeito
25.09.2011
Memórias de um bom sujeito
03.09.2011
Memórias de um bom sujeito
20.08.2011
Memórias de um bom sujeito
06.08.2011
Memórias de um bom sujeito
01.08.2011
Memórias de um bom sujeito
24.07.2011
Memórias de um bom sujeito
16.07.2011
Memórias de um bom sujeito
12.07.2011
Memórias de um bom sujeito
02.07.2011
Memórias de um bom sujeito
19.06.2011
Memórias de um bom sujeito
12.06.2011
Memórias de um bom sujeito
04.06.2011
Memórias de um bom sujeito
28.05.2011
Memórias de um bom sujeito
03.04.2011
Memórias de um bom sujeito
27.03.2011
Memórias de um bom sujeito
20.03.2011
Memórias de um bom sujeito
13.03.2011
Memórias de um bom sujeito
06.03.2011
Memórias de um bom sujeito
20.02.2011
Memórias de um bom sujeito
13.02.2011
Memórias de um bom sujeito
06.02.2011
Memórias de um bom sujeito
04.01.2011
Memórias de um bom sujeito
12.12.2010
Memórias de um bom sujeito
05.12.2010
Memórias de um bom sujeito
28.11.2010
Memórias de um bom sujeito
21.11.2010
Memórias de um bom sujeito
14.11.2010
Memórias de um bom sujeito
07.11.2010
Memórias de um bom sujeito
31.10.2010
Memórias de um bom sujeito
24.10.2010
Memórias de um bom sujeito
17.10.2010
Memórias de um bom sujeito
10.10.2010
Memórias de um bom sujeito
03.10.2010
Memórias de um bom sujeito
19.09.2010
Memórias de um bom sujeito
12.09.2010
Memórias de um bom sujeito
29.08.2010
Memórias de um bom sujeito
15.08.2010
Memórias de um bom sujeito
08.08.2010
Memórias de um bom sujeito
25.07.2010
Memórias de um bom sujeito
18.07.2010
Memórias de um bom sujeito
11.07.2010
Memórias de um bom sujeito
04.07.2010
Memórias de um bom sujeito
27.06.2010
Memórias de um bom sujeito
20.06.2010
Memórias de um bom sujeito
13.06.2010
Memórias de um bom sujeito
06.06.2010
Memórias de um bom sujeito
30.05.2010
Memórias de um bom sujeito
23.05.2010
Memórias de um bom sujeito
16.05.2010
Memórias de um bom sujeito
09.05.2010
Memórias de um bom sujeito
25.04.2010
Memórias de um bom sujeito
18.04.2010
Memórias de um bom sujeito
11.04.2010
Memórias de um bom sujeito
04.04.2010
Memórias de um bom sujeito
28.03.2010
Memórias de um bom sujeito
21.03.2010
Memórias de um bom sujeito
14.03.2010
Memórias de um bom sujeito
07.03.2010
Memórias de um bom sujeito
27.02.2010
Memórias de um bom sujeito
21.02.2010
Memórias de um bom sujeito
16.02.2010
Memórias de um bom sujeito
14.02.2010
Memórias de um bom sujeito
20.12.2009
Memórias de um bom sujeito
13.12.2009
Memórias de um bom sujeito
06.12.2009
Memórias de um bom sujeito
29.11.2009
Memórias de um bom sujeito
22.11.2009
Memórias de um bom sujeito
15.11.2009
Memórias de um bom sujeito
08.11.2009
Memórias de um bom sujeito
18.10.2009
Memórias de um bom sujeito
11.10.2009
Memórias de um bom sujeito
04.10.2009
Memórias de um bom sujeito
06.09.2009
Memórias de um bom sujeito
30.08.2009
Memórias de um bom sujeito
23.08.2009
Memórias de um bom sujeito
15.08.2009
Memórias de um bom sujeito
09.08.2009
Memórias de um bom sujeito
02.08.2009
Memórias de um bom sujeito
26.07.2009
Memórias de um bom sujeito
12.07.2009
Memórias de um bom sujeito
05.07.2009
Memórias de um bom sujeito
28.06.2009
Memórias de um bom sujeito
21.06.2009
Memórias de um bom sujeito
07.06.2009
Memórias de um bom sujeito
31.05.2009
Memórias de um bom sujeito
17.05.2009
Memórias de um bom sujeito
10.05.2009
Memórias de um bom sujeito
03.05.2009
Memórias de um bom sujeito
26.04.2009
Memórias de um bom sujeito
19.04.2009
Memórias de um bom sujeito
12.04.2009
Memórias de um bom sujeito
05.04.2009
Memórias de um bom sujeito
29.03.2009
Memórias de um bom sujeito
22.03.2009
Memórias de um bom sujeito
08.03.2009
Memórias de um bom sujeito
01.03.2009
Memórias de um bom sujeito
22.02.2009
Memórias de um bom sujeito
15.02.2009
Memórias de um bom sujeito
28.12.2008
Memórias de um bom sujeito
25.12.2008
Memórias de um bom sujeito
21.12.2008
Memórias de um bom sujeito
07.12.2008
Memórias de um bom sujeito
30.11.2008
Memórias de um bom sujeito
23.11.2008
Memórias de um bom sujeito


PADRE EDUARDO BELOTTI
Momento de Espiritualidade
WALTER POPPI
Trimestralidade. Não é somente isso
WALDEMAR ALLEGRETTI
Já passou da hora
COLUNISMO SOCIAL
Eventos e Personalidades
DOM ANUAR BATTISTI
Arquidiocese de Maringá
EM DEFESA DO CONSUMIDOR
Confira seus direitos
TIAGO VALENCIANO
Política e Sociedade
OSWALDO FREIRE
Capital Federal
FRANCISCO JOSÉ DE SOUZA
A Lógica do Espiritismo
TATTÁ CABRAL
Ensaio
HENRI JEAN VIANA
Francês Press
ROSE LEONEL
Notícia e Cia.
ORLANDO GONZALEZ
Dois Toques
CARMEM RIBEIRO
Colunista Social
JUAREZ FIRMINO
Balanço Geral
ADEMAR SCHIAVONE
Memórias de um bom sujeito
VERDELÍRIO BARBOSA
Fatos Políticos
Clicompre
Aroma Ingá
Agropecuária Hélio
Rima Seguros
MaringáMais
Click do Gato