Maringá, 18 de Agosto de 2018
GLOBAL BENEFÍCIOS Black Bull Steak House
 
Untitled Document
ADEMAR SCHIAVONE
Memórias de um bom sujeito
 

SOMOS A SOMA DAS NOSSAS DECISÕES

SEGUNDO TURNO
Começa hoje a campanha pelo segundo turno.
Deu a lógica e o esperado.
Carlos Roberto Pupin e Enio Verri disputam no dia 28 a prefeitura de Maringá.
Vamos à análise dos fatos para se chegar até aqui.
A candidatura de Pupin esteve até o ultimo dia impugnada.  Faltava a decisão do TSE sobre sua validade o que só aconteceu na quinta-feira.  Não houve tempo para a divulgação da decisão.  Prevaleceu, com isso, a insegurança do eleitor.
No sábado, a rede globo deu o maior furo – de novo – ao divulgar pesquisa do IBOPE completamente diferente da realidade, apontando Enio com 42% da preferência e Pupin com 35%.
Isso atrapalhou e muito a vitoria do candidato do PP, que poderia ser  maior e até vencer no primeiro turno.
De qualquer forma esse foi um tiro no pé da RPC.  O resultado todo mundo conhece e foi exatamente ao contrário com Pupin fazendo 42% e Enio 35%.

QUEM COMPARA...
A campanha vai se desenvolver dentro da comparação entre os dois últimos mandatos.
O PT de Enio governou a cidade de 2001 a 2004.
O PP de Roberto Pupin governou de 2005 a 2012.
A comparação é inevitável.
Qualquer eleitor de bom senso vai cotejar a atuação dos dois candidatos.
Enio foi secretário da fazenda e depois secretário de governo na administração petista. Um desastre. A pior da história da cidade.
Pupin é o vice-prefeito desde 2005 na administração de Silvio Barros.
De longe a melhor e mais realizadora de todos os tempos.
Essa comparação será sempre um parâmetro para os eleitores.

QUEM PERDEU
O IBOPE que já não tem muita e acabou perdendo a credibilidade mais uma vez.
É só lembrar que na eleição de 2008 o mesmo IBOPE – pela RPC – apontou que haveria segundo turno entre Silvio e Enio.  Silvio fez mais de 57% e ganhou no primeiro turno.
Perdeu o deputado federal Edmar Arruda que foi para a televisão afirmar que Pupin estava impugnado e que não poderia disputar.  Pessoalmente entendo que o Edmar perdeu eleitores quando foi apoiar o PT.
Ele não tem esse perfil de esquerda e seus eleitores também.
Perdeu o Wilson Quinteiro quando, também, ficou baseando sua campanha só na possibilidade de Pupin  ganhar e não levar e que ele seria a alternativa única.  Até ganhou votos com isso. E muitos.  Agora terá que explicar a sua conduta.
Aliás, o Quinteiro primeiro foi messiânico.  Apresentou-se como Davi combatendo os Golias poderosos e ricos.  Depois visualizou a possibilidade de ganhar votos combatendo o Pupin. 
Acabou premiado pela vitoria do Reni Pereira em Foz do Iguaçu e vai ser deputado a partir de janeiro.  Bom prá ele e bom prá Maringá que ganha mais um representante na Assembléia.
O Quinteiro não tem perfil de prefeito. Mas, pode até ser um deputado de destaque. Só depende dele mesmo e da sua conduta como tal.
Quem mais perdeu foi o  governador Beto Richa.  Seu desempenho eleitoral foi horrível.  Seu candidato na capital ficou em terceiro.  No interior não teve candidato em nenhuma das cidades chamadas de grande.
Deixou de participar, se omitiu e só perdeu com isso.
Agora tem de correr atrás de resultados no segundo turno.  Precisa que seus aliados ganhem em Maringá, Londrina, Ponta Grossa e Cascavel.
A omissão vai custar caro a ele na eleição de 2014.
Acho que faltou liderança política na orientação ao governador.

QUEM GANHOU
Ganhou a democracia.  Ganhou o povo pelo comportamento e pela tranqüilidade da campanha. Ganhou a justiça eleitoral pela rapidez do resultado e pela conduta dos senhores juízes.

AS SURPRESAS NA CAMARA
Confesso que esperava a reeleição de pelo menos oito e de até nove vereadores.  Apenas seis retornaram.
Dos que retornaram a justiça se fez com o Humberto Henrique, de longe o melhor vereador de Maringá.
Aquele que faz o papel de vereador.  Fiscaliza, sinaliza, penaliza.  Sabe o que faz. E faz com competência. Vereador existe exatamente para fiscalizar a aplicação do dinheiro publico.  Em todos os seus aspectos. E é isso que faz o Humberto Henrique.
Outro vereador na acepção da palavra foi o dr. Carlos Eduardo Sabóia Gomes.  Teve visão de como agir, porque agir e onde agir.  Seus projetos de  lei, sem demagogia nem busca de votos, transformaram algumas aberrações como dar um só nome a diversas  avenidas continuas como a São Paulo e a Cerro Azul.  Sabóia foi um ótimo vereador e merecia como o Humberto  voltar à câmara. Não voltou.
Como surpresa, classifico o Adilson de Jesus Cintra – o Adilson do Bar – que se elegeu pela PSB e nem estava na conta do próprio partido. Foi a maior surpresa.
O PMN surpreendeu com a eleição de dois vereadores: Edson Luiz Pereira e Ideval de Oliveira.
O PSB acabou por fazer também o vereador Luciano Marcelo Simões de Brito.
Era o que se esperava.  Embora que a não eleição de ninguém pelo PMDB seja anormal.  Esperava-se pelo menos um e era Mario Hossokawa.
A reeleição do Dr.Manoel e de Mario Verri era esperada.  As candidaturas estavam atreladas ao desempenho  de Enio para prefeito.
Ulisses Maia deu um banho de competência e de organização.  Foi o mais votado e está qualificado para disputar com vantagens a presidência da câmara.
Jones Darc, o nosso tiririca, surpreendeu ao fazer tantos votos.  Até se esperava sua eleição.  Foi além do esperado.
O retorno de Chico Caiana também era esperado. Trabalhou com competência no seu bairro sem se preocupar em buscar votos fora.  Conseguiu.   Bravim, Flavio Vicente e Márcia Socrepa se reelegeram numa coligação difícil.
A surpresa foi o fraco desempenho de Heine Maciera e de Aparecido Domingues – o Zebrão – que ficaram longe do esperado.
De qualquer formar, essa é a nova câmara.
Tomara que os senhores vereadores entendam que o papel que lhes cabe é o de fiscalizar.
Vereador só existe prá isso.  Fiscalizar a aplicação do dinheiro público. 


COISA ENGRAÇADA
Em Maringá o deputado federal Edmar Arruda apóia o candidato do PT Enio Verri.
Na capital Enio Verri apóia Gustavo Fruet contra  Ratinho Junior, líder maior do PSC partido do Edmar.
Na capital sentam em mesas diferentes.  Aqui estão juntos e fazem campanha com o mesmo objetivo.
É por isso que vinte por cento dos eleitores deixam de votar ou anulam seus votos.
Coerência é coisa que inexiste em política.
Pelo menos no nosso meio.

MENSALÃO DO PT
E o bendito Negão está conseguindo unanimidade nacional. 
Joaquim Barbosa, o ministro relator do julgamento do maior desvio de dinheiro público já praticado no Brasil em todos os tempos, é hoje a personalidade mais querida e admirada pelos brasileiros.
Com certeza, se fosse candidato a presidente da republica, daria de dez a zero em todos os que o enfrentasse.
Ele é mesmo unanimidade.
Tem sido coerente, decisivo e está devolvendo credibilidade e esperança ao povo brasileiro.
Agora se acredita na justiça. E nos seus representantes.
E se pode esperar que os PTralahas que já ocuparam cargos públicos neste país, possam  ser condenados.
É pena que o chefe maior ainda esteja solto, incólume e fazendo campanha pela eleição de seus asseclas pelo Brasil afora.
A imprensa internacional tem dado destaque muito grande ao julgamento do mensalão.  Maior até que a imprensa nacional.  A mesma imprensa que dá destaque a José Dirceu e José Genoino que foram se defender em entrevista na sede do PT em São Paulo.
E ainda tem idiota defendendo cotas para negros e índios.
Joaquim Barbosa é o maior exemplo de que não importa a cor da pele ou a procedência da pessoa, o que vale é o caráter, a formação familiar e o desempenho pessoal de cada um.
Viva o Bendito Negão.  Exemplo de brasilidade e de honradez.

A ATIVIDADE VENCE O FRIO. A QUIETUDE VENCE O CALOR

 
  
Os artigos, conceitos e opiniões pessoais são de inteira responsabilidade do autor.
14.02.2016
Memórias de um bom sujeito
10.02.2016
Memórias de um bom sujeito
31.01.2016
Memórias de um bom sujeito
24.01.2016
Memórias de um bom sujeito
07.12.2015
Memórias de um bom sujeito
29.11.2015
Memórias de um bom sujeito
23.11.2015
Memórias de um bom sujeito
15.11.2015
Memórias de um bom sujeito
08.11.2015
Memórias de um bom sujeito
01.11.2015
Memórias de um bom sujeito
26.10.2015
Memórias de um bom sujeito
17.10.2015
Memórias de um bom sujeito
12.10.2015
Memórias de um bom sujeito
05.10.2015
Memórias de um bom sujeito
28.09.2015
Memórias de um bom sujeito
21.09.2015
Memórias de um bom sujeito
13.09.2015
Memórias de um bom sujeito
08.09.2015
Memórias de um bom sujeito
23.08.2015
Memórias de um bom sujeito
31.05.2015
Memórias de um bom sujeito
24.05.2015
Memórias de um sujeito
10.05.2015
Memórias de um bom sujeito
03.05.2015
Memórias de um bom sujeito
18.04.2015
Memórias de um bom sujeito
12.04.2015
Memórias de um bom sujeito
30.03.2015
Memórias de um bom sujeito
30.03.2015
Memórias de um bom sujeito
22.03.2015
Memórias de um bom sujeito
15.03.2015
Memórias de um bom sujeito
08.03.2015
Memórias de um bom sujeito
01.03.2015
Memórias de um bom sujeito
12.01.2015
Memórias de um bom sujeito
03.01.2015
Memórias de um bom sujeito
21.12.2014
Memórias de um bom sujeito
14.12.2014
Memórias de um bom sujeito
07.12.2014
Memórias de um bom sujeito
30.11.2014
Memórias de um bom sujeito
23.11.2014
Memórias de um bom sujeito
16.11.2014
Memórias de um bom sujeito
09.11.2014
Memórias de um bom sujeito
02.11.2014
Memórias de um bom sujeito
19.10.2014
Memórias de um bom sujeito
14.10.2014
Memórias de um bom sujeito
05.10.2014
Memórias de um bom sujeito
29.09.2014
Memórias de um bom sujeito
14.09.2014
Memórias de um bom sujeito
07.09.2014
Memórias de um bom sujeito
31.08.2014
Memórias de um bom sujeito
26.08.2014
Memórias de um bom sujeito
17.08.2014
Memórias de um bom sujeito
11.08.2014
Memórias de um bom sujeito
03.08.2014
Memórias de um bom sujeito
20.07.2014
Memórias de um bom sujeito
12.07.2014
Memórias de um bom sujeito
06.07.2014
Memórias de um bom sujeito
30.06.2014
Memórias de um bom sujeito
22.06.2014
Memórias de um bom sujeito
17.06.2014
Memórias de um bom sujeito
10.06.2014
Memórias de um bom sujeito
01.06.2014
Memórias de um bom sujeito
25.05.2014
Memórias de um bom sujeito
14.05.2014
Memórias de um bom sujeito
04.05.2014
Memórias de um bom sujeito
27.04.2014
Memórias de um bom sujeito
20.04.2014
Memórias de um bom sujeito
13.04.2014
Memórias de um bom sujeito
06.04.2014
Memórias de um bom sujeito
30.03.2014
Memórias de um bom sujeito
25.03.2014
Memórias de um bom sujeito
20.03.2014
Memórias de um bom sujeito
17.02.2013
Memórias de um bom sujeito
30.12.2012
Memórias de um bom sujeito
18.11.2012
Memórias de um bom sujeito
11.11.2012
Memórias de um bom sujeito
06.11.2012
Memórias de um bom sujeito
28.10.2012
Memórias de um bom sujeito
23.10.2012
Memórias de um bom sujeito
30.09.2012
Memórias de um bom sujeito
25.09.2012
Memórias de um bom sujeito
16.09.2012
Memórias de um bom sujeito
09.09.2012
Memórias de um bom sujeito
02.09.2012
Memórias de um bom sujeito
26.08.2012
Memórias de um bom sujeito
19.08.2012
Memórias de um bom sujeito
12.08.2012
Memórias de um bom sujeito
06.08.2012
Memórias de um sujeito
29.07.2012
Memórias de um bom sujeito
22.07.2012
Memórias de um bom sujeito
15.07.2012
Memórias de um bom sujeito
08.07.2012
Memórias de um bom sujeito
01.07.2012
Memórias de um bom sujeito
24.06.2012
Memórias de um bom sujeito
17.06.2012
Memórias de um bom sujeito
03.06.2012
Memórias de um bom sujeito
26.05.2012
Memórias de um bom sujeito
29.04.2012
Memórias de um bom sujeito
22.04.2012
Memórias de um bom sujeito
24.03.2012
Memórias de um bom sujeito
18.03.2012
Memórias de um bom sujeito
13.03.2012
Memórias de um bom sujeito
04.03.2012
Memórias de um bom sujeito
25.12.2011
Memórias de um bom sujeito
14.12.2011
Memórias de um bom sujeito
13.11.2011
Memórias de um bom sujeito
05.11.2011
Memórias de um bom sujeito
01.11.2011
Memórias de um sujeito
18.10.2011
Memórias de um bom sujeito
11.10.2011
Memórias de um bom sujeito
25.09.2011
Memórias de um bom sujeito
03.09.2011
Memórias de um bom sujeito
20.08.2011
Memórias de um bom sujeito
06.08.2011
Memórias de um bom sujeito
01.08.2011
Memórias de um bom sujeito
24.07.2011
Memórias de um bom sujeito
16.07.2011
Memórias de um bom sujeito
12.07.2011
Memórias de um bom sujeito
02.07.2011
Memórias de um bom sujeito
19.06.2011
Memórias de um bom sujeito
12.06.2011
Memórias de um bom sujeito
04.06.2011
Memórias de um bom sujeito
28.05.2011
Memórias de um bom sujeito
03.04.2011
Memórias de um bom sujeito
27.03.2011
Memórias de um bom sujeito
20.03.2011
Memórias de um bom sujeito
13.03.2011
Memórias de um bom sujeito
06.03.2011
Memórias de um bom sujeito
20.02.2011
Memórias de um bom sujeito
13.02.2011
Memórias de um bom sujeito
06.02.2011
Memórias de um bom sujeito
04.01.2011
Memórias de um bom sujeito
12.12.2010
Memórias de um bom sujeito
05.12.2010
Memórias de um bom sujeito
28.11.2010
Memórias de um bom sujeito
21.11.2010
Memórias de um bom sujeito
14.11.2010
Memórias de um bom sujeito
07.11.2010
Memórias de um bom sujeito
31.10.2010
Memórias de um bom sujeito
24.10.2010
Memórias de um bom sujeito
17.10.2010
Memórias de um bom sujeito
10.10.2010
Memórias de um bom sujeito
03.10.2010
Memórias de um bom sujeito
19.09.2010
Memórias de um bom sujeito
12.09.2010
Memórias de um bom sujeito
29.08.2010
Memórias de um bom sujeito
15.08.2010
Memórias de um bom sujeito
08.08.2010
Memórias de um bom sujeito
25.07.2010
Memórias de um bom sujeito
18.07.2010
Memórias de um bom sujeito
11.07.2010
Memórias de um bom sujeito
04.07.2010
Memórias de um bom sujeito
27.06.2010
Memórias de um bom sujeito
20.06.2010
Memórias de um bom sujeito
13.06.2010
Memórias de um bom sujeito
06.06.2010
Memórias de um bom sujeito
30.05.2010
Memórias de um bom sujeito
23.05.2010
Memórias de um bom sujeito
16.05.2010
Memórias de um bom sujeito
09.05.2010
Memórias de um bom sujeito
25.04.2010
Memórias de um bom sujeito
18.04.2010
Memórias de um bom sujeito
11.04.2010
Memórias de um bom sujeito
04.04.2010
Memórias de um bom sujeito
28.03.2010
Memórias de um bom sujeito
21.03.2010
Memórias de um bom sujeito
14.03.2010
Memórias de um bom sujeito
07.03.2010
Memórias de um bom sujeito
27.02.2010
Memórias de um bom sujeito
21.02.2010
Memórias de um bom sujeito
16.02.2010
Memórias de um bom sujeito
14.02.2010
Memórias de um bom sujeito
20.12.2009
Memórias de um bom sujeito
13.12.2009
Memórias de um bom sujeito
06.12.2009
Memórias de um bom sujeito
29.11.2009
Memórias de um bom sujeito
22.11.2009
Memórias de um bom sujeito
15.11.2009
Memórias de um bom sujeito
08.11.2009
Memórias de um bom sujeito
18.10.2009
Memórias de um bom sujeito
11.10.2009
Memórias de um bom sujeito
04.10.2009
Memórias de um bom sujeito
06.09.2009
Memórias de um bom sujeito
30.08.2009
Memórias de um bom sujeito
23.08.2009
Memórias de um bom sujeito
15.08.2009
Memórias de um bom sujeito
09.08.2009
Memórias de um bom sujeito
02.08.2009
Memórias de um bom sujeito
26.07.2009
Memórias de um bom sujeito
12.07.2009
Memórias de um bom sujeito
05.07.2009
Memórias de um bom sujeito
28.06.2009
Memórias de um bom sujeito
21.06.2009
Memórias de um bom sujeito
07.06.2009
Memórias de um bom sujeito
31.05.2009
Memórias de um bom sujeito
17.05.2009
Memórias de um bom sujeito
10.05.2009
Memórias de um bom sujeito
03.05.2009
Memórias de um bom sujeito
26.04.2009
Memórias de um bom sujeito
19.04.2009
Memórias de um bom sujeito
12.04.2009
Memórias de um bom sujeito
05.04.2009
Memórias de um bom sujeito
29.03.2009
Memórias de um bom sujeito
22.03.2009
Memórias de um bom sujeito
08.03.2009
Memórias de um bom sujeito
01.03.2009
Memórias de um bom sujeito
22.02.2009
Memórias de um bom sujeito
15.02.2009
Memórias de um bom sujeito
28.12.2008
Memórias de um bom sujeito
25.12.2008
Memórias de um bom sujeito
21.12.2008
Memórias de um bom sujeito
07.12.2008
Memórias de um bom sujeito
30.11.2008
Memórias de um bom sujeito
23.11.2008
Memórias de um bom sujeito


PADRE EDUARDO BELOTTI
Momento de Espiritualidade
WALTER POPPI
Trimestralidade. Não é somente isso
WALDEMAR ALLEGRETTI
Já passou da hora
COLUNISMO SOCIAL
Eventos e Personalidades
DOM ANUAR BATTISTI
Arquidiocese de Maringá
EM DEFESA DO CONSUMIDOR
Confira seus direitos
TIAGO VALENCIANO
Política e Sociedade
OSWALDO FREIRE
Capital Federal
FRANCISCO JOSÉ DE SOUZA
A Lógica do Espiritismo
TATTÁ CABRAL
Ensaio
HENRI JEAN VIANA
Francês Press
ROSE LEONEL
Notícia e Cia.
ORLANDO GONZALEZ
Dois Toques
CARMEM RIBEIRO
Colunista Social
JUAREZ FIRMINO
Balanço Geral
ADEMAR SCHIAVONE
Memórias de um bom sujeito
VERDELÍRIO BARBOSA
Fatos Políticos
Clicompre
Aroma Ingá
Agropecuária Hélio
Rima Seguros
MaringáMais
Click do Gato