Maringá, 18 de Setembro de 2018
GLOBAL BENEFÍCIOS Black Bull Steak House
 
Untitled Document
ADEMAR SCHIAVONE
Memórias de um bom sujeito
 

Marcos Valério: “SÓ NÃO SOBROU PARA O LULA PORQUE EU, O DELUBIO E O ZÉ NÃO FALAMOS. NÃO PODEM CONDENAR APENAS OS MEQUETREFES”

MEU SUPER HEROI
No meu tempo de criança e de adolescente, como toda pessoa, tinha meus heróis favoritos.
Primeiro no cinema. Tarzan, Super Homem, capitão Marvel, Zorro, Durango Kid, entre tantos outros que, em preto e branco, perfilhavam nas telas dos cinemas, principalmente, nas matinês dominicais.
Ou nos gibis desenhados editados todas as semanas.
Tarzan andava de tanga, meio homem meio macaco, era o rei das selvas, cujo caminho principal era os cipós pendurados às arvores onde ele voava de uma prá outra, soberano e livre.
Os demais, todos usavam capas.  O homem de aço tinha uma capa vermelha e o capitão Marvel uma bem colorida.
O Zorro e Durango Kid usavam capas pretas, além da mascara que não permitia saber a identidade pessoal de cada um.
Eram todos justiceiros, faziam a lei, eliminavam bandidos, protegiam os fracos e oprimidos.
Se o capitão Marvel e Super Homem voavam muito rapidamente e o Tarzan utilizava o caminho das arvores, os outros dois eram exímios cavaleiros e galopando com habilidade em seus corcéis brancos, era o terror dos quadrilheiros e assaltantes.

O tempo passou e a partir de certa idade, meus heróis passaram a ser de carne e osso.
No esporte principalmente.  
Ademar Ferreira da Silva e João do Pulo no salto triplo.
Maria Ester Bueno e Guga nas quadras de tênis.
Eder Jofre no boxe.
Mauricio, Giovani, Renan, Bernard,  Montanaro, os primeiros no vôlei.
Bernardinho e Zé Roberto, treinadores que transformaram suor em ouro e levaram o Brasil aos píncaros da glória no vôlei mundial.
Emerson Fittipaldi, José Carlos Pacce, Nelson Piquet, Airton Senna, Rubinho Barrichello, Helio Castro Neves, na velocidade de suas maquinas voadoras. 

E depois os heróis no futebol.
Pelé, Rivelino, Garrincha, Didi, Gilmar, Ademir da Guia, Vavá, Ronaldo, Rivaldo, São Marcos e, mais recentemente, o Neymar.
O único grande craque da atualidade. 
Jogadores que ao longo dos anos empolgaram torcidas no mundo inteiro. 
Atletas que se transformaram em pessoas admiradas pelo que são e pelo que fizeram. Ou fazem.
Pelé é ainda hoje o brasileiro mais conhecido  e admirado no mundo inteiro.
Não perdeu a majestade.

Agora surge o meu herói dos tempos modernos.
De capa preta como o Zorro e o Kid, mas sem máscara e sem espada ou revolver.
 Como o herói do passado está  liquidando a maior quadrilha já organizada no país, como o objetivo de assaltar os cofres públicos e manter o poder à custa da miséria do povo.

Meu herói ao invés da espada tem a caneta. No lugar do revolver, tem o conhecimento da lei.
Mas, mantém o mesmo principio dos heróis de então: fazer justiça e fazer cumprir a lei.
Meu herói não tem um cavalo branco e até anda com dificuldade por causa da eterna dor nas costas.
Mas, esgrime a espada do saber, com a velocidade dos mais hábeis e com o conhecimento dos mais estudiosos.
Meu herói devolveu ao meu país a esperança de que a justiça pode tardar, mas, sempre será feita.
E será feita mesmo que atinja os eternos fraudadores do principio democrático.
Até não importa quantos anos esses canalhas ficarão na cadeia.
A condenação já é suficiente para aplacar o desejo de justiça do povo brasileiro.

E tem mais: meu herói destrói com sua conduta altaneira e sábia, a discriminação odiosa, de raça e de cor, que o governo implantou  e impôs ao povo brasileiro, ao distribuir cotas para negros como se fossem seres inúteis e de menor valor.
Governo que discrimina as pessoas, classificando-as pela cor e não pelo sangue, pelo caráter ou pela alma.
Meu herói como fez os vencedores coloridos do passado, está desmantelando quadrilhas e ao mesmo tempo, acabando com o mito da discriminação racial.

Joaquim Barbosa é hoje, o herói do povo brasileiro.
É o meu herói favorito. E, com certeza, de milhões que não compactuam com a safadeza e a falta de moral de pessoas que deveriam ser nossos representantes e de partidos políticos de amorais e de imorais.

Ah! Negão bendito.
Que Deus continue iluminando seu caminho em busca da verdade e da justiça.
Você é meu herói favorito.

CADE A OAB?
A Ordem dos Advogados do Brasil deveria encetar uma campanha popular de impedimento do Ministro Dias Tofolli como magistrado no Supremo Tribunal Federal.
Sua conduta não condiz com a dignidade necessária a um homem que deve julgar pessoas e fatos com isenção de ânimos.
Moralmente ficou muito ruim para o Ministro ao não se considerar impedido de votar no caso do Mensalão.
Era ele advogado do PT e, quando da denuncia dos fatos, trabalhava no gabinete de Zé Dirceu.
Estava, portanto, moralmente impedido de votar num processo em que seu chefe era o principal acusado.
Faltou desconfiômetro ao jovem ministro.
A OAB deveria cassar sua inscrição e com isso, afastá-lo do STF.
É o que ele merece.

É HOJE A DECISÃO
Vamos votar em segundo turno para escolher o nosso prefeito para os próximos quatro anos.
A campanha terminou e a sorte está lançada.
Foi um esforço considerável dos dois candidatos para conquistar os votos que hoje serão inseridos nas máquinas.
Mas, foi uma campanha dentro das normas absolutamente normais para o fim a que se destina.
A comparação entre as administrações últimas na cidade é inevitável.
O PT esteve no comando por quatro anos.
O PP nos últimos oito anos.
Quem fez mais?
Quem fez melhor?
Quem fará mais e melhor?
Esta é a resposta que teremos hoje.
Ou continua como está ou volta ao passado recente como estava.
A soma dessa resposta será o resultado das urnas.
Vamos ver.
De qualquer forma a máxima de que o povo tem o governo que merece é verdadeira.
A soma da preferência de cada um é o resultado que se mede ao final do pleito.
Que vença o melhor.
Maringá merece isso.
Maringá precisa disso.
Ela é uma cidade magnífica, está bem administrada, bem planejada, bem estruturada.
É uma cidade ótima para se viver e para criar nossos filhos.
A continuidade disso é o que de melhor se apresenta a cada um de nós eleitores.
Que Deus ilumine a mente de cada um e que todos saibam votar com espírito voltado para o alto em busca do melhor.

NÃO OLHE ONDE VOCE CAIU.  MAS, ONDE VOCE ESCORREGOU

 
  
Os artigos, conceitos e opiniões pessoais são de inteira responsabilidade do autor.
14.02.2016
Memórias de um bom sujeito
10.02.2016
Memórias de um bom sujeito
31.01.2016
Memórias de um bom sujeito
24.01.2016
Memórias de um bom sujeito
07.12.2015
Memórias de um bom sujeito
29.11.2015
Memórias de um bom sujeito
23.11.2015
Memórias de um bom sujeito
15.11.2015
Memórias de um bom sujeito
08.11.2015
Memórias de um bom sujeito
01.11.2015
Memórias de um bom sujeito
26.10.2015
Memórias de um bom sujeito
17.10.2015
Memórias de um bom sujeito
12.10.2015
Memórias de um bom sujeito
05.10.2015
Memórias de um bom sujeito
28.09.2015
Memórias de um bom sujeito
21.09.2015
Memórias de um bom sujeito
13.09.2015
Memórias de um bom sujeito
08.09.2015
Memórias de um bom sujeito
23.08.2015
Memórias de um bom sujeito
31.05.2015
Memórias de um bom sujeito
24.05.2015
Memórias de um sujeito
10.05.2015
Memórias de um bom sujeito
03.05.2015
Memórias de um bom sujeito
18.04.2015
Memórias de um bom sujeito
12.04.2015
Memórias de um bom sujeito
30.03.2015
Memórias de um bom sujeito
30.03.2015
Memórias de um bom sujeito
22.03.2015
Memórias de um bom sujeito
15.03.2015
Memórias de um bom sujeito
08.03.2015
Memórias de um bom sujeito
01.03.2015
Memórias de um bom sujeito
12.01.2015
Memórias de um bom sujeito
03.01.2015
Memórias de um bom sujeito
21.12.2014
Memórias de um bom sujeito
14.12.2014
Memórias de um bom sujeito
07.12.2014
Memórias de um bom sujeito
30.11.2014
Memórias de um bom sujeito
23.11.2014
Memórias de um bom sujeito
16.11.2014
Memórias de um bom sujeito
09.11.2014
Memórias de um bom sujeito
02.11.2014
Memórias de um bom sujeito
19.10.2014
Memórias de um bom sujeito
14.10.2014
Memórias de um bom sujeito
05.10.2014
Memórias de um bom sujeito
29.09.2014
Memórias de um bom sujeito
14.09.2014
Memórias de um bom sujeito
07.09.2014
Memórias de um bom sujeito
31.08.2014
Memórias de um bom sujeito
26.08.2014
Memórias de um bom sujeito
17.08.2014
Memórias de um bom sujeito
11.08.2014
Memórias de um bom sujeito
03.08.2014
Memórias de um bom sujeito
20.07.2014
Memórias de um bom sujeito
12.07.2014
Memórias de um bom sujeito
06.07.2014
Memórias de um bom sujeito
30.06.2014
Memórias de um bom sujeito
22.06.2014
Memórias de um bom sujeito
17.06.2014
Memórias de um bom sujeito
10.06.2014
Memórias de um bom sujeito
01.06.2014
Memórias de um bom sujeito
25.05.2014
Memórias de um bom sujeito
14.05.2014
Memórias de um bom sujeito
04.05.2014
Memórias de um bom sujeito
27.04.2014
Memórias de um bom sujeito
20.04.2014
Memórias de um bom sujeito
13.04.2014
Memórias de um bom sujeito
06.04.2014
Memórias de um bom sujeito
30.03.2014
Memórias de um bom sujeito
25.03.2014
Memórias de um bom sujeito
20.03.2014
Memórias de um bom sujeito
17.02.2013
Memórias de um bom sujeito
30.12.2012
Memórias de um bom sujeito
18.11.2012
Memórias de um bom sujeito
11.11.2012
Memórias de um bom sujeito
06.11.2012
Memórias de um bom sujeito
23.10.2012
Memórias de um bom sujeito
14.10.2012
Memórias de um bom sujeito
30.09.2012
Memórias de um bom sujeito
25.09.2012
Memórias de um bom sujeito
16.09.2012
Memórias de um bom sujeito
09.09.2012
Memórias de um bom sujeito
02.09.2012
Memórias de um bom sujeito
26.08.2012
Memórias de um bom sujeito
19.08.2012
Memórias de um bom sujeito
12.08.2012
Memórias de um bom sujeito
06.08.2012
Memórias de um sujeito
29.07.2012
Memórias de um bom sujeito
22.07.2012
Memórias de um bom sujeito
15.07.2012
Memórias de um bom sujeito
08.07.2012
Memórias de um bom sujeito
01.07.2012
Memórias de um bom sujeito
24.06.2012
Memórias de um bom sujeito
17.06.2012
Memórias de um bom sujeito
03.06.2012
Memórias de um bom sujeito
26.05.2012
Memórias de um bom sujeito
29.04.2012
Memórias de um bom sujeito
22.04.2012
Memórias de um bom sujeito
24.03.2012
Memórias de um bom sujeito
18.03.2012
Memórias de um bom sujeito
13.03.2012
Memórias de um bom sujeito
04.03.2012
Memórias de um bom sujeito
25.12.2011
Memórias de um bom sujeito
14.12.2011
Memórias de um bom sujeito
13.11.2011
Memórias de um bom sujeito
05.11.2011
Memórias de um bom sujeito
01.11.2011
Memórias de um sujeito
18.10.2011
Memórias de um bom sujeito
11.10.2011
Memórias de um bom sujeito
25.09.2011
Memórias de um bom sujeito
03.09.2011
Memórias de um bom sujeito
20.08.2011
Memórias de um bom sujeito
06.08.2011
Memórias de um bom sujeito
01.08.2011
Memórias de um bom sujeito
24.07.2011
Memórias de um bom sujeito
16.07.2011
Memórias de um bom sujeito
12.07.2011
Memórias de um bom sujeito
02.07.2011
Memórias de um bom sujeito
19.06.2011
Memórias de um bom sujeito
12.06.2011
Memórias de um bom sujeito
04.06.2011
Memórias de um bom sujeito
28.05.2011
Memórias de um bom sujeito
03.04.2011
Memórias de um bom sujeito
27.03.2011
Memórias de um bom sujeito
20.03.2011
Memórias de um bom sujeito
13.03.2011
Memórias de um bom sujeito
06.03.2011
Memórias de um bom sujeito
20.02.2011
Memórias de um bom sujeito
13.02.2011
Memórias de um bom sujeito
06.02.2011
Memórias de um bom sujeito
04.01.2011
Memórias de um bom sujeito
12.12.2010
Memórias de um bom sujeito
05.12.2010
Memórias de um bom sujeito
28.11.2010
Memórias de um bom sujeito
21.11.2010
Memórias de um bom sujeito
14.11.2010
Memórias de um bom sujeito
07.11.2010
Memórias de um bom sujeito
31.10.2010
Memórias de um bom sujeito
24.10.2010
Memórias de um bom sujeito
17.10.2010
Memórias de um bom sujeito
10.10.2010
Memórias de um bom sujeito
03.10.2010
Memórias de um bom sujeito
19.09.2010
Memórias de um bom sujeito
12.09.2010
Memórias de um bom sujeito
29.08.2010
Memórias de um bom sujeito
15.08.2010
Memórias de um bom sujeito
08.08.2010
Memórias de um bom sujeito
25.07.2010
Memórias de um bom sujeito
18.07.2010
Memórias de um bom sujeito
11.07.2010
Memórias de um bom sujeito
04.07.2010
Memórias de um bom sujeito
27.06.2010
Memórias de um bom sujeito
20.06.2010
Memórias de um bom sujeito
13.06.2010
Memórias de um bom sujeito
06.06.2010
Memórias de um bom sujeito
30.05.2010
Memórias de um bom sujeito
23.05.2010
Memórias de um bom sujeito
16.05.2010
Memórias de um bom sujeito
09.05.2010
Memórias de um bom sujeito
25.04.2010
Memórias de um bom sujeito
18.04.2010
Memórias de um bom sujeito
11.04.2010
Memórias de um bom sujeito
04.04.2010
Memórias de um bom sujeito
28.03.2010
Memórias de um bom sujeito
21.03.2010
Memórias de um bom sujeito
14.03.2010
Memórias de um bom sujeito
07.03.2010
Memórias de um bom sujeito
27.02.2010
Memórias de um bom sujeito
21.02.2010
Memórias de um bom sujeito
16.02.2010
Memórias de um bom sujeito
14.02.2010
Memórias de um bom sujeito
20.12.2009
Memórias de um bom sujeito
13.12.2009
Memórias de um bom sujeito
06.12.2009
Memórias de um bom sujeito
29.11.2009
Memórias de um bom sujeito
22.11.2009
Memórias de um bom sujeito
15.11.2009
Memórias de um bom sujeito
08.11.2009
Memórias de um bom sujeito
18.10.2009
Memórias de um bom sujeito
11.10.2009
Memórias de um bom sujeito
04.10.2009
Memórias de um bom sujeito
06.09.2009
Memórias de um bom sujeito
30.08.2009
Memórias de um bom sujeito
23.08.2009
Memórias de um bom sujeito
15.08.2009
Memórias de um bom sujeito
09.08.2009
Memórias de um bom sujeito
02.08.2009
Memórias de um bom sujeito
26.07.2009
Memórias de um bom sujeito
12.07.2009
Memórias de um bom sujeito
05.07.2009
Memórias de um bom sujeito
28.06.2009
Memórias de um bom sujeito
21.06.2009
Memórias de um bom sujeito
07.06.2009
Memórias de um bom sujeito
31.05.2009
Memórias de um bom sujeito
17.05.2009
Memórias de um bom sujeito
10.05.2009
Memórias de um bom sujeito
03.05.2009
Memórias de um bom sujeito
26.04.2009
Memórias de um bom sujeito
19.04.2009
Memórias de um bom sujeito
12.04.2009
Memórias de um bom sujeito
05.04.2009
Memórias de um bom sujeito
29.03.2009
Memórias de um bom sujeito
22.03.2009
Memórias de um bom sujeito
08.03.2009
Memórias de um bom sujeito
01.03.2009
Memórias de um bom sujeito
22.02.2009
Memórias de um bom sujeito
15.02.2009
Memórias de um bom sujeito
28.12.2008
Memórias de um bom sujeito
25.12.2008
Memórias de um bom sujeito
21.12.2008
Memórias de um bom sujeito
07.12.2008
Memórias de um bom sujeito
30.11.2008
Memórias de um bom sujeito
23.11.2008
Memórias de um bom sujeito


PADRE EDUARDO BELOTTI
Momento de Espiritualidade
WALTER POPPI
Trimestralidade. Não é somente isso
WALDEMAR ALLEGRETTI
Já passou da hora
COLUNISMO SOCIAL
Eventos e Personalidades
DOM ANUAR BATTISTI
Arquidiocese de Maringá
EM DEFESA DO CONSUMIDOR
Confira seus direitos
TIAGO VALENCIANO
Política e Sociedade
OSWALDO FREIRE
Capital Federal
FRANCISCO JOSÉ DE SOUZA
A Lógica do Espiritismo
TATTÁ CABRAL
Ensaio
HENRI JEAN VIANA
Francês Press
ROSE LEONEL
Notícia e Cia.
ORLANDO GONZALEZ
Dois Toques
CARMEM RIBEIRO
Colunista Social
JUAREZ FIRMINO
Balanço Geral
ADEMAR SCHIAVONE
Memórias de um bom sujeito
VERDELÍRIO BARBOSA
Fatos Políticos
Clicompre
Aroma Ingá
Agropecuária Hélio
Rima Seguros
MaringáMais
Click do Gato