Maringá, 17 de Janeiro de 2018
GLOBAL BENEFÍCIOS NUTRIGENES
 
Untitled Document
ADEMAR SCHIAVONE
Memórias de um bom sujeito
 



O ANCIÃO DESFRUTA DA IDADE. O VELHO, DELA PADECE. ( francisco s.m. coimbra – médico)

ACREDITAR NA MENTIRA
Tenho um amigo que costuma dizer que uma mentira contada e repetida muitas vezes passa a ser verdade.  Principalmente quando se trata de política. E como ele tem razão.  Ao longo dos tempos a gente se acostumou a ver isso em todas as campanhas de todos os tamanhos.  São mentiras que contadas pelos que disputam e falam com ar de seriedade sobre o assunto, acabam por iludir ao eleitor e, com essa ilusão, o resultado se mede com o número de votos que o inventor consegue.
A maior e mais cabeluda das mentiras com influência direta no resultado da eleição, foi a inventada pelo senhor Roberto Requião quando se elegeu governador pela primeira vez, derrotando José Carlos Martinez, com o famoso “Ferreirinha” bandido que estava a soldo do então candidato.
Aliás, Requião é pródigo em inventar  e espalhar mentiras a cada eleição e que sempre resultam em votos a seu favor.
Foi assim com a célebre “Pedágio: baixa ou acaba” que lhe deu o segundo mandato e “vou passar com um trator sobre as praças de pedágio” que lhe deu o terceiro.
Ele é contumaz em inventar fatos inexistentes para se beneficiar.
Nesta, ele  ainda não saiu com nenhum capaz de empolgar o eleitorado.

O FATO SE REPETE
Lula durante seu mandato foi pródigo em inventar fatos para se beneficiar eleitoralmente.
E deu certo na sua reeleição e na eleição de Dilma.
Mas, o modelo das mentiras que acabam por parecer verdade, está se esgotando.
E, por mais que a presidente se esforce para tornar seus dados inventados em verdades, eles não subsistem.
O povo mais preparado, que lê mais, se informa mais, estuda mais, não se deixa iludir pelos dados mentirosos do governo.
Quando o governo anunciou para este ano, o crescimento econômico de 2,5%, os estudiosos ficaram com um pé atrás.
Aos poucos, mês a mês, se foi diminuindo a expectativa de crescimento.
O resultado é catastrófico: crescimento abaixo de zero, isto é, recessão mesmo.
Quando o governo estabeleceu como teto da meta de inflação em 4,5% para o ano e depois para 6,5%, os mais céticos e estudiosos ficaram outra vez com um pé atrás.
Resultado: nos índices divulgados pelo próprio governo, já ultrapassamos a meta e, quando vamos ao supermercado, à feira, à farmácia, o índice é mais que o dobro do anunciado.
A falácia de que o PT pagou a divida com o FMI é contada em verso e em prosa pelos pensadores do partido, comandados pela própria presidente.
Devia-se pouco mais de 450 milhões de dólares para o FMI.  A dívida do Brasil como um todo, era à época de 900 bilhões de dólares.  Hoje está em  dois trilhões de dólares. E está aumentando todos os dias.
Mas, o governo continua insistindo em que tudo é fantasia da imprensa.
Ou dos economistas adversários.

VAMOS INVENTAR
Como diz o meu amigo: vamos inventar dados e números.  Os mais fantasiosos possíveis. Esse é o pensamento e é exatamente assim que faz Dilma e seu governo.
Inflação baixa, crescimento alto, contas em dia, investimento altíssimo em infraestrutura, cinquenta  milhões de famílias que subiram para a classe C, trinta milhões que saíram da miséria, cinco milhões de moradias construídas, quinze milhões que entraram nas universidades, transposição do Rio São Francisco, pré-sal,  etc. etc.etc.
O governo inventa números e acredita neles. Insiste neles.
Até que deu certo durante o governo Lula, que, mais insidioso, mais comunicativo,  veemente,  falante e agressivo, conseguiu iludir a maior parte do povo por mais tempo.
Dilma não está conseguindo. Falta a ela a ginga de cintura que sobra para o Lula.
Mas, acredita piamente no que fala.
Acredita nas próprias mentiras governamentais.
Só que o povo mais escolarizado começou a contestar e a acreditar menos na divulgação oficial.
Afinal os dados estão ai, disponíveis e reais, que sentimos na renda, no salário, nas contas que pagamos.
Nas contas que não pagamos.  Nos boletos vencidos.  Na prestação que não foi paga. Na apreensão dos veículos financiados que ainda não foram quitados.

E A CORRUPÇÃO?
Essa aumentou e muito no governo do PT. 
Afinal nunca antes na história do país se desviou tanto quanto no governo do PT.
E com mega esquemas de desvio de dinheiro e compra de apoios de parlamentares para dar cobertura às falcatruas praticadas.
O primeiro grande escândalo foi o “mensalão” que culminou com a condenação de integrantes do alto escalão da república, sem que, o presidente Lula soubesse de nada, mesmo que, o comandante mor estivesse na mesa ao lado da sua, no planalto.
Agora outro mega esquema de corrupção, que vai desde a compra de votos de parlamentares à participação de ministros, governadores e gente do alto escalão dos partidos aliados: PT, PMDB e PP.

Pasmem: também a presidente Dilma não sabia de nada.
Nem mesmo quando assinou a ordem para a compra da refinaria de Pasedena, no Texas, com um “over-price” de mais de um bilhão de dólares, pago pela Petrobrás.

Ou quando se montou na maior empresa do país, uma quadrilha de bandidos para saquear empreiteiras, a própria Petrobrás e suas subsidiárias, tudo para comprar apoio de parlamentares da base aliada, onde ministro de estado e governadores está envolvido.

E a presidente não sabia de nada.

Meu Deus: nas mãos de quem está o comando do nosso país?
Com gente assim, prá onde vamos?
Só Deus sabe.
Tomara que Ele seja mesmo brasileiro para que possamos suportar tanta malandragem e desconhecimento.
 
BOM DOMINGO A TODOS.

 
  
Os artigos, conceitos e opiniões pessoais são de inteira responsabilidade do autor.
14.02.2016
Memórias de um bom sujeito
10.02.2016
Memórias de um bom sujeito
31.01.2016
Memórias de um bom sujeito
24.01.2016
Memórias de um bom sujeito
07.12.2015
Memórias de um bom sujeito
29.11.2015
Memórias de um bom sujeito
23.11.2015
Memórias de um bom sujeito
15.11.2015
Memórias de um bom sujeito
08.11.2015
Memórias de um bom sujeito
01.11.2015
Memórias de um bom sujeito
26.10.2015
Memórias de um bom sujeito
17.10.2015
Memórias de um bom sujeito
12.10.2015
Memórias de um bom sujeito
05.10.2015
Memórias de um bom sujeito
28.09.2015
Memórias de um bom sujeito
21.09.2015
Memórias de um bom sujeito
13.09.2015
Memórias de um bom sujeito
08.09.2015
Memórias de um bom sujeito
23.08.2015
Memórias de um bom sujeito
31.05.2015
Memórias de um bom sujeito
24.05.2015
Memórias de um sujeito
10.05.2015
Memórias de um bom sujeito
03.05.2015
Memórias de um bom sujeito
18.04.2015
Memórias de um bom sujeito
12.04.2015
Memórias de um bom sujeito
30.03.2015
Memórias de um bom sujeito
30.03.2015
Memórias de um bom sujeito
22.03.2015
Memórias de um bom sujeito
15.03.2015
Memórias de um bom sujeito
08.03.2015
Memórias de um bom sujeito
01.03.2015
Memórias de um bom sujeito
12.01.2015
Memórias de um bom sujeito
03.01.2015
Memórias de um bom sujeito
21.12.2014
Memórias de um bom sujeito
14.12.2014
Memórias de um bom sujeito
07.12.2014
Memórias de um bom sujeito
30.11.2014
Memórias de um bom sujeito
23.11.2014
Memórias de um bom sujeito
16.11.2014
Memórias de um bom sujeito
09.11.2014
Memórias de um bom sujeito
02.11.2014
Memórias de um bom sujeito
19.10.2014
Memórias de um bom sujeito
14.10.2014
Memórias de um bom sujeito
05.10.2014
Memórias de um bom sujeito
29.09.2014
Memórias de um bom sujeito
07.09.2014
Memórias de um bom sujeito
31.08.2014
Memórias de um bom sujeito
26.08.2014
Memórias de um bom sujeito
17.08.2014
Memórias de um bom sujeito
11.08.2014
Memórias de um bom sujeito
03.08.2014
Memórias de um bom sujeito
20.07.2014
Memórias de um bom sujeito
12.07.2014
Memórias de um bom sujeito
06.07.2014
Memórias de um bom sujeito
30.06.2014
Memórias de um bom sujeito
22.06.2014
Memórias de um bom sujeito
17.06.2014
Memórias de um bom sujeito
10.06.2014
Memórias de um bom sujeito
01.06.2014
Memórias de um bom sujeito
25.05.2014
Memórias de um bom sujeito
14.05.2014
Memórias de um bom sujeito
04.05.2014
Memórias de um bom sujeito
27.04.2014
Memórias de um bom sujeito
20.04.2014
Memórias de um bom sujeito
13.04.2014
Memórias de um bom sujeito
06.04.2014
Memórias de um bom sujeito
30.03.2014
Memórias de um bom sujeito
25.03.2014
Memórias de um bom sujeito
20.03.2014
Memórias de um bom sujeito
17.02.2013
Memórias de um bom sujeito
30.12.2012
Memórias de um bom sujeito
18.11.2012
Memórias de um bom sujeito
11.11.2012
Memórias de um bom sujeito
06.11.2012
Memórias de um bom sujeito
28.10.2012
Memórias de um bom sujeito
23.10.2012
Memórias de um bom sujeito
14.10.2012
Memórias de um bom sujeito
30.09.2012
Memórias de um bom sujeito
25.09.2012
Memórias de um bom sujeito
16.09.2012
Memórias de um bom sujeito
09.09.2012
Memórias de um bom sujeito
02.09.2012
Memórias de um bom sujeito
26.08.2012
Memórias de um bom sujeito
19.08.2012
Memórias de um bom sujeito
12.08.2012
Memórias de um bom sujeito
06.08.2012
Memórias de um sujeito
29.07.2012
Memórias de um bom sujeito
22.07.2012
Memórias de um bom sujeito
15.07.2012
Memórias de um bom sujeito
08.07.2012
Memórias de um bom sujeito
01.07.2012
Memórias de um bom sujeito
24.06.2012
Memórias de um bom sujeito
17.06.2012
Memórias de um bom sujeito
03.06.2012
Memórias de um bom sujeito
26.05.2012
Memórias de um bom sujeito
29.04.2012
Memórias de um bom sujeito
22.04.2012
Memórias de um bom sujeito
24.03.2012
Memórias de um bom sujeito
18.03.2012
Memórias de um bom sujeito
13.03.2012
Memórias de um bom sujeito
04.03.2012
Memórias de um bom sujeito
25.12.2011
Memórias de um bom sujeito
14.12.2011
Memórias de um bom sujeito
13.11.2011
Memórias de um bom sujeito
05.11.2011
Memórias de um bom sujeito
01.11.2011
Memórias de um sujeito
18.10.2011
Memórias de um bom sujeito
11.10.2011
Memórias de um bom sujeito
25.09.2011
Memórias de um bom sujeito
03.09.2011
Memórias de um bom sujeito
20.08.2011
Memórias de um bom sujeito
06.08.2011
Memórias de um bom sujeito
01.08.2011
Memórias de um bom sujeito
24.07.2011
Memórias de um bom sujeito
16.07.2011
Memórias de um bom sujeito
12.07.2011
Memórias de um bom sujeito
02.07.2011
Memórias de um bom sujeito
19.06.2011
Memórias de um bom sujeito
12.06.2011
Memórias de um bom sujeito
04.06.2011
Memórias de um bom sujeito
28.05.2011
Memórias de um bom sujeito
03.04.2011
Memórias de um bom sujeito
27.03.2011
Memórias de um bom sujeito
20.03.2011
Memórias de um bom sujeito
13.03.2011
Memórias de um bom sujeito
06.03.2011
Memórias de um bom sujeito
20.02.2011
Memórias de um bom sujeito
13.02.2011
Memórias de um bom sujeito
06.02.2011
Memórias de um bom sujeito
04.01.2011
Memórias de um bom sujeito
12.12.2010
Memórias de um bom sujeito
05.12.2010
Memórias de um bom sujeito
28.11.2010
Memórias de um bom sujeito
21.11.2010
Memórias de um bom sujeito
14.11.2010
Memórias de um bom sujeito
07.11.2010
Memórias de um bom sujeito
31.10.2010
Memórias de um bom sujeito
24.10.2010
Memórias de um bom sujeito
17.10.2010
Memórias de um bom sujeito
10.10.2010
Memórias de um bom sujeito
03.10.2010
Memórias de um bom sujeito
19.09.2010
Memórias de um bom sujeito
12.09.2010
Memórias de um bom sujeito
29.08.2010
Memórias de um bom sujeito
15.08.2010
Memórias de um bom sujeito
08.08.2010
Memórias de um bom sujeito
25.07.2010
Memórias de um bom sujeito
18.07.2010
Memórias de um bom sujeito
11.07.2010
Memórias de um bom sujeito
04.07.2010
Memórias de um bom sujeito
27.06.2010
Memórias de um bom sujeito
20.06.2010
Memórias de um bom sujeito
13.06.2010
Memórias de um bom sujeito
06.06.2010
Memórias de um bom sujeito
30.05.2010
Memórias de um bom sujeito
23.05.2010
Memórias de um bom sujeito
16.05.2010
Memórias de um bom sujeito
09.05.2010
Memórias de um bom sujeito
25.04.2010
Memórias de um bom sujeito
18.04.2010
Memórias de um bom sujeito
11.04.2010
Memórias de um bom sujeito
04.04.2010
Memórias de um bom sujeito
28.03.2010
Memórias de um bom sujeito
21.03.2010
Memórias de um bom sujeito
14.03.2010
Memórias de um bom sujeito
07.03.2010
Memórias de um bom sujeito
27.02.2010
Memórias de um bom sujeito
21.02.2010
Memórias de um bom sujeito
16.02.2010
Memórias de um bom sujeito
14.02.2010
Memórias de um bom sujeito
20.12.2009
Memórias de um bom sujeito
13.12.2009
Memórias de um bom sujeito
06.12.2009
Memórias de um bom sujeito
29.11.2009
Memórias de um bom sujeito
22.11.2009
Memórias de um bom sujeito
15.11.2009
Memórias de um bom sujeito
08.11.2009
Memórias de um bom sujeito
18.10.2009
Memórias de um bom sujeito
11.10.2009
Memórias de um bom sujeito
04.10.2009
Memórias de um bom sujeito
06.09.2009
Memórias de um bom sujeito
30.08.2009
Memórias de um bom sujeito
23.08.2009
Memórias de um bom sujeito
15.08.2009
Memórias de um bom sujeito
09.08.2009
Memórias de um bom sujeito
02.08.2009
Memórias de um bom sujeito
26.07.2009
Memórias de um bom sujeito
12.07.2009
Memórias de um bom sujeito
05.07.2009
Memórias de um bom sujeito
28.06.2009
Memórias de um bom sujeito
21.06.2009
Memórias de um bom sujeito
07.06.2009
Memórias de um bom sujeito
31.05.2009
Memórias de um bom sujeito
17.05.2009
Memórias de um bom sujeito
10.05.2009
Memórias de um bom sujeito
03.05.2009
Memórias de um bom sujeito
26.04.2009
Memórias de um bom sujeito
19.04.2009
Memórias de um bom sujeito
12.04.2009
Memórias de um bom sujeito
05.04.2009
Memórias de um bom sujeito
29.03.2009
Memórias de um bom sujeito
22.03.2009
Memórias de um bom sujeito
08.03.2009
Memórias de um bom sujeito
01.03.2009
Memórias de um bom sujeito
22.02.2009
Memórias de um bom sujeito
15.02.2009
Memórias de um bom sujeito
28.12.2008
Memórias de um bom sujeito
25.12.2008
Memórias de um bom sujeito
21.12.2008
Memórias de um bom sujeito
07.12.2008
Memórias de um bom sujeito
30.11.2008
Memórias de um bom sujeito
23.11.2008
Memórias de um bom sujeito


PADRE EDUARDO BELOTTI
Momento de Espiritualidade
WALTER POPPI
Trimestralidade. Não é somente isso
WALDEMAR ALLEGRETTI
Já passou da hora
COLUNISMO SOCIAL
Eventos e Personalidades
DOM ANUAR BATTISTI
Arquidiocese de Maringá
EM DEFESA DO CONSUMIDOR
Confira seus direitos
TIAGO VALENCIANO
Política e Sociedade
OSWALDO FREIRE
Capital Federal
FRANCISCO JOSÉ DE SOUZA
A Lógica do Espiritismo
TATTÁ CABRAL
Ensaio
HENRI JEAN VIANA
Francês Press
ROSE LEONEL
Notícia e Cia.
ORLANDO GONZALEZ
Dois Toques
CARMEM RIBEIRO
Colunista Social
JUAREZ FIRMINO
Balanço Geral
ADEMAR SCHIAVONE
Memórias de um bom sujeito
VERDELÍRIO BARBOSA
Fatos Políticos
Clicompre
Aroma Ingá
Agropecuária Hélio
Rima Seguros
MaringáMais
Click do Gato