Maringá, 18 de Agosto de 2018
GLOBAL BENEFÍCIOS Black Bull Steak House
 
Untitled Document
ADEMAR SCHIAVONE
Memórias de um bom sujeito
 



ENDEMIA NACIONAL: CORRUPÇÃO
A corrupção no Brasil é endêmica e existe desde quando o país foi descoberto e era  colônia de Portugal.
Como se sabe Portugal descobriu a terrinha, tomou posse, anunciou ao mundo que era dono,  mas demorou séculos para tomar posse mesmo, o que só aconteceu em 1808, quando o Brasil passou a ser considerado um país.
Don João VI fugiu prá cá para não se entregar para a Espanha.
Para aqui mandaram degredados, prisioneiros, bandidos, pessoas que precisavam ser enviadas prá longe da sede do reino.
Ocorre que o negócio foi tomando vulto, riquezas naturais foram descobertas e os chamados degredados passaram a ter com o que viver e a construir riqueza. Muita riqueza.
Os sábios portugueses criaram, então, o quinto, que era o imposto sobre tudo que se produzisse na colônia.
Como se sabe, o quinto era o percentual de 20% que se cobrava sobre tudo: produção agrícola,  extração de madeira, lavra  e busca de ouro e pedras preciosas, etc.etc.etc.

Os que trabalhavam muito para conquistar alguma coisa ficavam revoltados com o percentual que consideravam altíssimos e pagavam sempre sonegando ao máximo na quantidade.

Nascia ali a sonegação fiscal por parte dos produtores e a propina que se pagaria aos cobradores de impostos que deveriam levar o dinheiro para o reino.

Nasceu, também,  a expressão QUINTO DOS INFERNOS que era como se referiam ao imposto que eram obrigados a pagar.

E era só de 20%.  Imagine hoje que atinge 40% e obriga a que todos trabalhem cinco meses por ano só para sustentar os desmandos e falta de gerenciamento da economia.

A revolta mineira que exigia a libertação do Brasil dos laços portugueses e que culminou com a morte de Tiradentes, nasceu exatamente por causa do imposto alto demais e da cobrança descabida e exacerbada  da propina exigida pelos cobradores portugueses que para aqui vinham regularmente.

Historiadores e escritores famosos do fim do século dezenove e do século vinte são pródigos em relatar a falta de dignidade e de honestidade dos governantes em todos os tempos.

Endemicamente, a corrupção faz parte  da administração pública no Brasil.

Rui Barbosa, em sua Oração aos Moços, falou com clareza e com revolta da situação em que, ao seu tempo, o Brasil vivia.
Chegou a dizer que tinha vergonha de ser honesto, a rir-se da honra.

Mas, se é verdade histórica de que a corrupção é endêmica, e existe desde o tempo do império,  não é menos verdade de que, na atualidade, depois que o PT assumiu o poder em 2003, a coisa piorou e o desvio de dinheiro público foi multiplicado por milhares de vezes.

Antes se roubava em tostões, depois em cruzeiros, a seguir em cruzados e, finalmente,  em reais.
Hoje se rouba em dólares, moeda forte, em bilhões deles.

E sempre com a participação descarada e direta dos governantes eleitos e de seus subordinados.

A gente chega mesmo a rir prá não chorar diante de tanta corrupção, de tanta falcatrua, de tanta falta de caráter, de tanta falta de respeito pela vida humana.

O dinheiro que desviam dos cofres públicos – em bilhões – são os mesmos que fazem falta aos hospitais e que levam centenas de pessoas à morte por falta de atendimento.  São os mesmos que faltam para as obras de recape, de melhoria e duplicação das  rodovias que tantas mortes provocam.  São os mesmos que faltam para os remédios indisponíveis nos postos de saúde, as carteiras nas salas de aula, as creches e escolas para as crianças, o pagamento de salário decente para os professores, para a contratação de mais policiais e viaturas para aumentar a segurança, etc.etc.etc.

A cada centavo desviado é um centavo que falta para os que mais necessitam do governo e que são ludibriados por esse mesmo governo, que compra apoio e fidelidade, usando dinheiro publico.

E com esse congresso nacional que ai está, maquinado, controlado e comandado pelos PTralhas, só podemos, infelizmente, esperar o pior.

E rir prá não chorar.

Porque ai vem mais escândalos que ainda estão encobertos.
É só esmiuçar as declarações dos grandes empresários presos.
Ninguém quer ser herói como Marcos Valério, o único idiota que não quis falar e acabou pegando 40 anos de cadeia, enquanto os verdadeiros donos do mensalão continuam gozando da vida boa que o dinheiro, mesmo roubado, pode dar.
Vai se chegar a outros bilhões desviados de obras do PAC, de obras da Copa, de hidroelétricas, de portos, de aeroportos, de estradas.
E podem estar certos: tem sempre o PT e seus aliados envolvidos e como beneficiários de tudo.

JUIZ EXEMPLO
Li na Folha:
O desembargador mineiro Rogério Medeiros Garcia Lima, ao tempo em que foi juiz da vara de menores, em Montes Claros, norte de Minas Gerais, depois da nona vez em que mandou soltar uma quadrilha de três menores que foram presos por roubo e furto, determinou que  fossem recolhidos em uma cela separada dos presos maiores, na cadeia da cidade.
Não demorou nada e a turma dos direitos humanos e dos defensores de  adolescentes, foi à sua sala para exigir a soltura dos garotos e  se não o fizesse, seria denunciado à imprensa nacional, ao conselho de segurança da ONU, ao STF, ao ministério público, e etc.
Ele, de imediato, chamou os três manifestantes mais exaltados e determinou ao escrivão, que expedisse um termo de guarda  para que cada um ficasse responsável por um menor e o levasse, com autorização judicial, para sua casa.

A manifestação acabou ali mesmo.  Todos saíram de fininho pedindo desculpas e os menores ficaram presos por um longo tempo e depois de soltos, não mais voltaram à vida de crimes.
Um belo exemplo que poderia ser seguido por todos os juízes que se deparam diariamente com esse tipo de problema, num país em que, menor infrator só tem direito e nenhuma obrigação.

NOVO PRESIDENTE
E o vereador Chico Caiana, num trabalho pessoal muito bem coordenado, elegeu-se presidente da Câmara Municipal.
Merece.  É um homem honesto, correto, decente, fiel aos compromissos que assume e tem sabedoria para dirigir com eficiência e muita competência o nosso legislativo.
Diga-se que, Ulisses Maia fez um excelente trabalho na presidência nos dois anos em que foi o administrador.  Fez, também, muita política pessoal visando sempre consolidar a sua própria candidatura a prefeito em 2016.
E nessa empreitada  acabou por não respeitar acordos, não manter os compromissos assumidos de quando foi eleito e permitiu que uma nova liderança despontasse e acabasse por ganhar a eleição.
O Legislativo vai ter mudanças ano que vem.  Algumas radicais.  Mas, é necessário, mesmo porque  tem assuntos polêmicos em jogo, como o aumento do numero de vereadores que vai provocar radicalizações.
Tenho convicção de Chico Caiana, saberá conduzir com firmeza e com determinação o legislativo municipal, mesmo porque essa é uma  marca do vereador.

BOM DOMINGO A TODOS

 
  
Os artigos, conceitos e opiniões pessoais são de inteira responsabilidade do autor.
14.02.2016
Memórias de um bom sujeito
10.02.2016
Memórias de um bom sujeito
31.01.2016
Memórias de um bom sujeito
24.01.2016
Memórias de um bom sujeito
07.12.2015
Memórias de um bom sujeito
29.11.2015
Memórias de um bom sujeito
23.11.2015
Memórias de um bom sujeito
15.11.2015
Memórias de um bom sujeito
08.11.2015
Memórias de um bom sujeito
01.11.2015
Memórias de um bom sujeito
26.10.2015
Memórias de um bom sujeito
17.10.2015
Memórias de um bom sujeito
12.10.2015
Memórias de um bom sujeito
05.10.2015
Memórias de um bom sujeito
28.09.2015
Memórias de um bom sujeito
21.09.2015
Memórias de um bom sujeito
13.09.2015
Memórias de um bom sujeito
08.09.2015
Memórias de um bom sujeito
23.08.2015
Memórias de um bom sujeito
31.05.2015
Memórias de um bom sujeito
24.05.2015
Memórias de um sujeito
10.05.2015
Memórias de um bom sujeito
03.05.2015
Memórias de um bom sujeito
18.04.2015
Memórias de um bom sujeito
12.04.2015
Memórias de um bom sujeito
30.03.2015
Memórias de um bom sujeito
30.03.2015
Memórias de um bom sujeito
22.03.2015
Memórias de um bom sujeito
15.03.2015
Memórias de um bom sujeito
08.03.2015
Memórias de um bom sujeito
01.03.2015
Memórias de um bom sujeito
12.01.2015
Memórias de um bom sujeito
03.01.2015
Memórias de um bom sujeito
21.12.2014
Memórias de um bom sujeito
14.12.2014
Memórias de um bom sujeito
30.11.2014
Memórias de um bom sujeito
23.11.2014
Memórias de um bom sujeito
16.11.2014
Memórias de um bom sujeito
09.11.2014
Memórias de um bom sujeito
02.11.2014
Memórias de um bom sujeito
19.10.2014
Memórias de um bom sujeito
14.10.2014
Memórias de um bom sujeito
05.10.2014
Memórias de um bom sujeito
29.09.2014
Memórias de um bom sujeito
14.09.2014
Memórias de um bom sujeito
07.09.2014
Memórias de um bom sujeito
31.08.2014
Memórias de um bom sujeito
26.08.2014
Memórias de um bom sujeito
17.08.2014
Memórias de um bom sujeito
11.08.2014
Memórias de um bom sujeito
03.08.2014
Memórias de um bom sujeito
20.07.2014
Memórias de um bom sujeito
12.07.2014
Memórias de um bom sujeito
06.07.2014
Memórias de um bom sujeito
30.06.2014
Memórias de um bom sujeito
22.06.2014
Memórias de um bom sujeito
17.06.2014
Memórias de um bom sujeito
10.06.2014
Memórias de um bom sujeito
01.06.2014
Memórias de um bom sujeito
25.05.2014
Memórias de um bom sujeito
14.05.2014
Memórias de um bom sujeito
04.05.2014
Memórias de um bom sujeito
27.04.2014
Memórias de um bom sujeito
20.04.2014
Memórias de um bom sujeito
13.04.2014
Memórias de um bom sujeito
06.04.2014
Memórias de um bom sujeito
30.03.2014
Memórias de um bom sujeito
25.03.2014
Memórias de um bom sujeito
20.03.2014
Memórias de um bom sujeito
17.02.2013
Memórias de um bom sujeito
30.12.2012
Memórias de um bom sujeito
18.11.2012
Memórias de um bom sujeito
11.11.2012
Memórias de um bom sujeito
06.11.2012
Memórias de um bom sujeito
28.10.2012
Memórias de um bom sujeito
23.10.2012
Memórias de um bom sujeito
14.10.2012
Memórias de um bom sujeito
30.09.2012
Memórias de um bom sujeito
25.09.2012
Memórias de um bom sujeito
16.09.2012
Memórias de um bom sujeito
09.09.2012
Memórias de um bom sujeito
02.09.2012
Memórias de um bom sujeito
26.08.2012
Memórias de um bom sujeito
19.08.2012
Memórias de um bom sujeito
12.08.2012
Memórias de um bom sujeito
06.08.2012
Memórias de um sujeito
29.07.2012
Memórias de um bom sujeito
22.07.2012
Memórias de um bom sujeito
15.07.2012
Memórias de um bom sujeito
08.07.2012
Memórias de um bom sujeito
01.07.2012
Memórias de um bom sujeito
24.06.2012
Memórias de um bom sujeito
17.06.2012
Memórias de um bom sujeito
03.06.2012
Memórias de um bom sujeito
26.05.2012
Memórias de um bom sujeito
29.04.2012
Memórias de um bom sujeito
22.04.2012
Memórias de um bom sujeito
24.03.2012
Memórias de um bom sujeito
18.03.2012
Memórias de um bom sujeito
13.03.2012
Memórias de um bom sujeito
04.03.2012
Memórias de um bom sujeito
25.12.2011
Memórias de um bom sujeito
14.12.2011
Memórias de um bom sujeito
13.11.2011
Memórias de um bom sujeito
05.11.2011
Memórias de um bom sujeito
01.11.2011
Memórias de um sujeito
18.10.2011
Memórias de um bom sujeito
11.10.2011
Memórias de um bom sujeito
25.09.2011
Memórias de um bom sujeito
03.09.2011
Memórias de um bom sujeito
20.08.2011
Memórias de um bom sujeito
06.08.2011
Memórias de um bom sujeito
01.08.2011
Memórias de um bom sujeito
24.07.2011
Memórias de um bom sujeito
16.07.2011
Memórias de um bom sujeito
12.07.2011
Memórias de um bom sujeito
02.07.2011
Memórias de um bom sujeito
19.06.2011
Memórias de um bom sujeito
12.06.2011
Memórias de um bom sujeito
04.06.2011
Memórias de um bom sujeito
28.05.2011
Memórias de um bom sujeito
03.04.2011
Memórias de um bom sujeito
27.03.2011
Memórias de um bom sujeito
20.03.2011
Memórias de um bom sujeito
13.03.2011
Memórias de um bom sujeito
06.03.2011
Memórias de um bom sujeito
20.02.2011
Memórias de um bom sujeito
13.02.2011
Memórias de um bom sujeito
06.02.2011
Memórias de um bom sujeito
04.01.2011
Memórias de um bom sujeito
12.12.2010
Memórias de um bom sujeito
05.12.2010
Memórias de um bom sujeito
28.11.2010
Memórias de um bom sujeito
21.11.2010
Memórias de um bom sujeito
14.11.2010
Memórias de um bom sujeito
07.11.2010
Memórias de um bom sujeito
31.10.2010
Memórias de um bom sujeito
24.10.2010
Memórias de um bom sujeito
17.10.2010
Memórias de um bom sujeito
10.10.2010
Memórias de um bom sujeito
03.10.2010
Memórias de um bom sujeito
19.09.2010
Memórias de um bom sujeito
12.09.2010
Memórias de um bom sujeito
29.08.2010
Memórias de um bom sujeito
15.08.2010
Memórias de um bom sujeito
08.08.2010
Memórias de um bom sujeito
25.07.2010
Memórias de um bom sujeito
18.07.2010
Memórias de um bom sujeito
11.07.2010
Memórias de um bom sujeito
04.07.2010
Memórias de um bom sujeito
27.06.2010
Memórias de um bom sujeito
20.06.2010
Memórias de um bom sujeito
13.06.2010
Memórias de um bom sujeito
06.06.2010
Memórias de um bom sujeito
30.05.2010
Memórias de um bom sujeito
23.05.2010
Memórias de um bom sujeito
16.05.2010
Memórias de um bom sujeito
09.05.2010
Memórias de um bom sujeito
25.04.2010
Memórias de um bom sujeito
18.04.2010
Memórias de um bom sujeito
11.04.2010
Memórias de um bom sujeito
04.04.2010
Memórias de um bom sujeito
28.03.2010
Memórias de um bom sujeito
21.03.2010
Memórias de um bom sujeito
14.03.2010
Memórias de um bom sujeito
07.03.2010
Memórias de um bom sujeito
27.02.2010
Memórias de um bom sujeito
21.02.2010
Memórias de um bom sujeito
16.02.2010
Memórias de um bom sujeito
14.02.2010
Memórias de um bom sujeito
20.12.2009
Memórias de um bom sujeito
13.12.2009
Memórias de um bom sujeito
06.12.2009
Memórias de um bom sujeito
29.11.2009
Memórias de um bom sujeito
22.11.2009
Memórias de um bom sujeito
15.11.2009
Memórias de um bom sujeito
08.11.2009
Memórias de um bom sujeito
18.10.2009
Memórias de um bom sujeito
11.10.2009
Memórias de um bom sujeito
04.10.2009
Memórias de um bom sujeito
06.09.2009
Memórias de um bom sujeito
30.08.2009
Memórias de um bom sujeito
23.08.2009
Memórias de um bom sujeito
15.08.2009
Memórias de um bom sujeito
09.08.2009
Memórias de um bom sujeito
02.08.2009
Memórias de um bom sujeito
26.07.2009
Memórias de um bom sujeito
12.07.2009
Memórias de um bom sujeito
05.07.2009
Memórias de um bom sujeito
28.06.2009
Memórias de um bom sujeito
21.06.2009
Memórias de um bom sujeito
07.06.2009
Memórias de um bom sujeito
31.05.2009
Memórias de um bom sujeito
17.05.2009
Memórias de um bom sujeito
10.05.2009
Memórias de um bom sujeito
03.05.2009
Memórias de um bom sujeito
26.04.2009
Memórias de um bom sujeito
19.04.2009
Memórias de um bom sujeito
12.04.2009
Memórias de um bom sujeito
05.04.2009
Memórias de um bom sujeito
29.03.2009
Memórias de um bom sujeito
22.03.2009
Memórias de um bom sujeito
08.03.2009
Memórias de um bom sujeito
01.03.2009
Memórias de um bom sujeito
22.02.2009
Memórias de um bom sujeito
15.02.2009
Memórias de um bom sujeito
28.12.2008
Memórias de um bom sujeito
25.12.2008
Memórias de um bom sujeito
21.12.2008
Memórias de um bom sujeito
07.12.2008
Memórias de um bom sujeito
30.11.2008
Memórias de um bom sujeito
23.11.2008
Memórias de um bom sujeito


PADRE EDUARDO BELOTTI
Momento de Espiritualidade
WALTER POPPI
Trimestralidade. Não é somente isso
WALDEMAR ALLEGRETTI
Já passou da hora
COLUNISMO SOCIAL
Eventos e Personalidades
DOM ANUAR BATTISTI
Arquidiocese de Maringá
EM DEFESA DO CONSUMIDOR
Confira seus direitos
TIAGO VALENCIANO
Política e Sociedade
OSWALDO FREIRE
Capital Federal
FRANCISCO JOSÉ DE SOUZA
A Lógica do Espiritismo
TATTÁ CABRAL
Ensaio
HENRI JEAN VIANA
Francês Press
ROSE LEONEL
Notícia e Cia.
ORLANDO GONZALEZ
Dois Toques
CARMEM RIBEIRO
Colunista Social
JUAREZ FIRMINO
Balanço Geral
ADEMAR SCHIAVONE
Memórias de um bom sujeito
VERDELÍRIO BARBOSA
Fatos Políticos
Clicompre
Aroma Ingá
Agropecuária Hélio
Rima Seguros
MaringáMais
Click do Gato