Maringá, 18 de Setembro de 2018
GLOBAL BENEFÍCIOS Black Bull Steak House
 
Untitled Document
ADEMAR SCHIAVONE
Memórias de um bom sujeito
 



COISAS DA  VIDA

QUINTO DOS INFERNOS
Vá pro quinto dos infernos.  Quantas vezes ouvimos ou falamos  isso em nossa vida.  É uma frase extremamente popular e quer dizer que você ficou fulo da vida com o fato, o acontecimento, a conduta de uma pessoa.
Ou de um governo.
É uma maneira até simpática de dizer um palavrão.
Mas, como nasceu a expressão Quinto dos Infernos?
Quando Portugal descobriu o Brasil teve a oportunidade de se livrar de todos os malfeitores e bandidos que estavam detidos por lá: mandou todos para o Brasil.  Aqui poderiam fazer o que quisessem e da maneira que pudessem.  Eram os degredados.
Apropriavam-se de terras, quanto pudessem e de tudo que havia sobre ela.
Acontece que a terra era muito produtiva e o povo que veio começou a juntar muita riqueza com a descoberta de pedras preciosas e a fartura das colheitas de tudo que plantavam.
Primeiro tentaram escravizar os indígenas.  Não deu certo.
Com os franceses e ingleses caçando, transportando e vendendo negros africanos, para aqui vieram milhares que os colonizadores, ricos e senhores de toda terra que pudesse cultivar, possuíam.
A venda de madeira – ilegalmente - de alta qualidade para os países mais desenvolvidos tornou-se uma das principais atividades dos primeiros moradores do Brasil.
Surgiram os garimpos e a busca  pelas pedras preciosas, abundantes e valiosíssimas que enriqueciam os colonizadores.
A corte resolveu estabelecer uma maneira de ganhar dinheiro com o progresso individual dos apenados  habitantes da colônia e estabeleceu que tudo que fosse produzido ou encontrado, fosse taxado em 20% que seria destinado ao Rei.
Ali nasceu o imposto e a sonegação. 
Inconformados por pagar o que entendiam ser um absurdo, começaram a sonegar informações e a pagar menos que deviam.
Nasceram também, os fiscais da corte, que obrigavam ao pagamento correto. Ou se corrompiam subornados.

E surgiu o movimento chamado de Inconfidência Mineira, que culminou com a morte de Tiradentes. 
Era os revoltosos contra o pagamento do  Quinto que eles chamavam de Quinto dos Infernos e de acréscimo, a luta pela independência.
Nasceu a expressão que é usada até hoje,  prá falar mal,  quando mandamos alguém prá lá.

Vá pro Quinto dos Infernos.
A expressão pode ser usada até hoje, quando pagamos dois quintos do que produzimos para o governo central.
E ai mudaria para:  vá para dois quinto dos infernos.
Ou vá para o inferno duplamente.

LIBERAR AS DROGAS
Ministros do Supremo Tribunal   Federal estão discutindo e votando a criminalização ou não do uso de drogas, porque segundo alguns advogados, cada cidadão tem o direito constitucional de usar drogas livremente, mesmo que isso cause até a morte do usuário.
E tem ministros favoráveis, por ser constitucional, que cada um use o que quiser, principalmente, maconha.
E ai vem uma série de perguntas que eles poderiam responder.
Se existe o livre arbítrio para se usar a droga que aprouver a cada um, porque o Estado tem de arcar com o tratamento desses viciados, com o dinheiro nosso, que nunca usamos droga nenhuma?
Porque cada um de nós tem de pagar impostos altíssimos para financiar o deleite de usuários?
E tem mais: tudo começou porque um presidiário foi pego com maconha.
Como é que a maconha entrou no presídio se lá não é lugar e nem poderia ser de usuário?
E podemos aumentar as perguntas aos montes.

Pessoalmente, sou favorável à criminalização do uso de qualquer droga.  Quem for pego com droga será preso por isso.
Não tem outra forma de combater o tráfico, senão criminalizando o usuário. É ele que sustenta o tráfico.

O resto é paliativo que não vai resolver nunca o grave problema do tráfico e do consumo no país.

AUMENTAR IMPOSTOS
Os Ministros da área econômica, Joaquim Levy, da fazenda e Nelson Barbosa, do planejamento, têm a solução mágica para zerar o absurdo que fizeram em construir um orçamento deficitário: aumentar os impostos.
Aumento do Imposto sobre a renda, do PIS, da COFINS, da CIDE sobre a gasolina e vai por ai.
Isso qualquer idiota que ocupe um ministério sabe fazer.  Não é preciso buscar técnicos prá isso.
É primário e simplista demais apresentar uma solução como essa.
O governo não tem governabilidade e nem credibilidade para aumentar impostos.
E os senadores e deputados sabem disso e não vão arriscar seus mandatos para aprovar nada disso.
Como diz o relator do orçamento deputado Ricardo Barros.
É dever do governo de apresentar a solução para a encrenca que ele arrumou.

A SOLUÇÃO
O Brasil tem trinta e nove ministérios.  Mais de cento e dez mil empregados em cargos de confiança: no governo, no senado, na câmara, nas estatais.
Cortar o numero de ministros pela metade, seria um bom começo.   Dispensar uns sessenta mil apadrinhados políticos, outra.
Mas, os dois chefões, também incompetentes como a maioria absoluta dos ministros desse desgoverno, se acham com gabarito e credibilidade suficientes para propor uma medida que, com certeza vai ajudar  ainda mais a matar a vaca leiteira.
O povo não suporta mais tanto aumento de tudo, de inflação altíssima, de credito retraído, de postos de trabalho sendo fechados diariamente.
E o povo sabe que precisa reagir contra isso tudo.
O desgoverno do lulopetismo está chegando ao fim.  De maneira triste e causando cada dia mais dissabores e mais apreensão às famílias brasileiras.

Os articulistas de grandes jornais e revistas, tem se manifestado de maneira violenta contra as barbáries cometidas por Dilma, por Lula e pelo PT.

Podem estar certos: o fim desse desgoverno está próximo.
O povo não aguenta mais tanta ineficiência e tanta incompetência, prá não dizer: tanta mentira baseada num populismo construído com mentiras e falsidades que não se sustentam mais e que apena cada vez mais, as pessoas que trabalham e produzem.

BOM DOMINGO A TODOS

 
  
Os artigos, conceitos e opiniões pessoais são de inteira responsabilidade do autor.
14.02.2016
Memórias de um bom sujeito
10.02.2016
Memórias de um bom sujeito
31.01.2016
Memórias de um bom sujeito
24.01.2016
Memórias de um bom sujeito
07.12.2015
Memórias de um bom sujeito
29.11.2015
Memórias de um bom sujeito
23.11.2015
Memórias de um bom sujeito
15.11.2015
Memórias de um bom sujeito
08.11.2015
Memórias de um bom sujeito
01.11.2015
Memórias de um bom sujeito
26.10.2015
Memórias de um bom sujeito
17.10.2015
Memórias de um bom sujeito
12.10.2015
Memórias de um bom sujeito
05.10.2015
Memórias de um bom sujeito
28.09.2015
Memórias de um bom sujeito
21.09.2015
Memórias de um bom sujeito
08.09.2015
Memórias de um bom sujeito
23.08.2015
Memórias de um bom sujeito
31.05.2015
Memórias de um bom sujeito
24.05.2015
Memórias de um sujeito
10.05.2015
Memórias de um bom sujeito
03.05.2015
Memórias de um bom sujeito
18.04.2015
Memórias de um bom sujeito
12.04.2015
Memórias de um bom sujeito
30.03.2015
Memórias de um bom sujeito
30.03.2015
Memórias de um bom sujeito
22.03.2015
Memórias de um bom sujeito
15.03.2015
Memórias de um bom sujeito
08.03.2015
Memórias de um bom sujeito
01.03.2015
Memórias de um bom sujeito
12.01.2015
Memórias de um bom sujeito
03.01.2015
Memórias de um bom sujeito
21.12.2014
Memórias de um bom sujeito
14.12.2014
Memórias de um bom sujeito
07.12.2014
Memórias de um bom sujeito
30.11.2014
Memórias de um bom sujeito
23.11.2014
Memórias de um bom sujeito
16.11.2014
Memórias de um bom sujeito
09.11.2014
Memórias de um bom sujeito
02.11.2014
Memórias de um bom sujeito
19.10.2014
Memórias de um bom sujeito
14.10.2014
Memórias de um bom sujeito
05.10.2014
Memórias de um bom sujeito
29.09.2014
Memórias de um bom sujeito
14.09.2014
Memórias de um bom sujeito
07.09.2014
Memórias de um bom sujeito
31.08.2014
Memórias de um bom sujeito
26.08.2014
Memórias de um bom sujeito
17.08.2014
Memórias de um bom sujeito
11.08.2014
Memórias de um bom sujeito
03.08.2014
Memórias de um bom sujeito
20.07.2014
Memórias de um bom sujeito
12.07.2014
Memórias de um bom sujeito
06.07.2014
Memórias de um bom sujeito
30.06.2014
Memórias de um bom sujeito
22.06.2014
Memórias de um bom sujeito
17.06.2014
Memórias de um bom sujeito
10.06.2014
Memórias de um bom sujeito
01.06.2014
Memórias de um bom sujeito
25.05.2014
Memórias de um bom sujeito
14.05.2014
Memórias de um bom sujeito
04.05.2014
Memórias de um bom sujeito
27.04.2014
Memórias de um bom sujeito
20.04.2014
Memórias de um bom sujeito
13.04.2014
Memórias de um bom sujeito
06.04.2014
Memórias de um bom sujeito
30.03.2014
Memórias de um bom sujeito
25.03.2014
Memórias de um bom sujeito
20.03.2014
Memórias de um bom sujeito
17.02.2013
Memórias de um bom sujeito
30.12.2012
Memórias de um bom sujeito
18.11.2012
Memórias de um bom sujeito
11.11.2012
Memórias de um bom sujeito
06.11.2012
Memórias de um bom sujeito
28.10.2012
Memórias de um bom sujeito
23.10.2012
Memórias de um bom sujeito
14.10.2012
Memórias de um bom sujeito
30.09.2012
Memórias de um bom sujeito
25.09.2012
Memórias de um bom sujeito
16.09.2012
Memórias de um bom sujeito
09.09.2012
Memórias de um bom sujeito
02.09.2012
Memórias de um bom sujeito
26.08.2012
Memórias de um bom sujeito
19.08.2012
Memórias de um bom sujeito
12.08.2012
Memórias de um bom sujeito
06.08.2012
Memórias de um sujeito
29.07.2012
Memórias de um bom sujeito
22.07.2012
Memórias de um bom sujeito
15.07.2012
Memórias de um bom sujeito
08.07.2012
Memórias de um bom sujeito
01.07.2012
Memórias de um bom sujeito
24.06.2012
Memórias de um bom sujeito
17.06.2012
Memórias de um bom sujeito
03.06.2012
Memórias de um bom sujeito
26.05.2012
Memórias de um bom sujeito
29.04.2012
Memórias de um bom sujeito
22.04.2012
Memórias de um bom sujeito
24.03.2012
Memórias de um bom sujeito
18.03.2012
Memórias de um bom sujeito
13.03.2012
Memórias de um bom sujeito
04.03.2012
Memórias de um bom sujeito
25.12.2011
Memórias de um bom sujeito
14.12.2011
Memórias de um bom sujeito
13.11.2011
Memórias de um bom sujeito
05.11.2011
Memórias de um bom sujeito
01.11.2011
Memórias de um sujeito
18.10.2011
Memórias de um bom sujeito
11.10.2011
Memórias de um bom sujeito
25.09.2011
Memórias de um bom sujeito
03.09.2011
Memórias de um bom sujeito
20.08.2011
Memórias de um bom sujeito
06.08.2011
Memórias de um bom sujeito
01.08.2011
Memórias de um bom sujeito
24.07.2011
Memórias de um bom sujeito
16.07.2011
Memórias de um bom sujeito
12.07.2011
Memórias de um bom sujeito
02.07.2011
Memórias de um bom sujeito
19.06.2011
Memórias de um bom sujeito
12.06.2011
Memórias de um bom sujeito
04.06.2011
Memórias de um bom sujeito
28.05.2011
Memórias de um bom sujeito
03.04.2011
Memórias de um bom sujeito
27.03.2011
Memórias de um bom sujeito
20.03.2011
Memórias de um bom sujeito
13.03.2011
Memórias de um bom sujeito
06.03.2011
Memórias de um bom sujeito
20.02.2011
Memórias de um bom sujeito
13.02.2011
Memórias de um bom sujeito
06.02.2011
Memórias de um bom sujeito
04.01.2011
Memórias de um bom sujeito
12.12.2010
Memórias de um bom sujeito
05.12.2010
Memórias de um bom sujeito
28.11.2010
Memórias de um bom sujeito
21.11.2010
Memórias de um bom sujeito
14.11.2010
Memórias de um bom sujeito
07.11.2010
Memórias de um bom sujeito
31.10.2010
Memórias de um bom sujeito
24.10.2010
Memórias de um bom sujeito
17.10.2010
Memórias de um bom sujeito
10.10.2010
Memórias de um bom sujeito
03.10.2010
Memórias de um bom sujeito
19.09.2010
Memórias de um bom sujeito
12.09.2010
Memórias de um bom sujeito
29.08.2010
Memórias de um bom sujeito
15.08.2010
Memórias de um bom sujeito
08.08.2010
Memórias de um bom sujeito
25.07.2010
Memórias de um bom sujeito
18.07.2010
Memórias de um bom sujeito
11.07.2010
Memórias de um bom sujeito
04.07.2010
Memórias de um bom sujeito
27.06.2010
Memórias de um bom sujeito
20.06.2010
Memórias de um bom sujeito
13.06.2010
Memórias de um bom sujeito
06.06.2010
Memórias de um bom sujeito
30.05.2010
Memórias de um bom sujeito
23.05.2010
Memórias de um bom sujeito
16.05.2010
Memórias de um bom sujeito
09.05.2010
Memórias de um bom sujeito
25.04.2010
Memórias de um bom sujeito
18.04.2010
Memórias de um bom sujeito
11.04.2010
Memórias de um bom sujeito
04.04.2010
Memórias de um bom sujeito
28.03.2010
Memórias de um bom sujeito
21.03.2010
Memórias de um bom sujeito
14.03.2010
Memórias de um bom sujeito
07.03.2010
Memórias de um bom sujeito
27.02.2010
Memórias de um bom sujeito
21.02.2010
Memórias de um bom sujeito
16.02.2010
Memórias de um bom sujeito
14.02.2010
Memórias de um bom sujeito
20.12.2009
Memórias de um bom sujeito
13.12.2009
Memórias de um bom sujeito
06.12.2009
Memórias de um bom sujeito
29.11.2009
Memórias de um bom sujeito
22.11.2009
Memórias de um bom sujeito
15.11.2009
Memórias de um bom sujeito
08.11.2009
Memórias de um bom sujeito
18.10.2009
Memórias de um bom sujeito
11.10.2009
Memórias de um bom sujeito
04.10.2009
Memórias de um bom sujeito
06.09.2009
Memórias de um bom sujeito
30.08.2009
Memórias de um bom sujeito
23.08.2009
Memórias de um bom sujeito
15.08.2009
Memórias de um bom sujeito
09.08.2009
Memórias de um bom sujeito
02.08.2009
Memórias de um bom sujeito
26.07.2009
Memórias de um bom sujeito
12.07.2009
Memórias de um bom sujeito
05.07.2009
Memórias de um bom sujeito
28.06.2009
Memórias de um bom sujeito
21.06.2009
Memórias de um bom sujeito
07.06.2009
Memórias de um bom sujeito
31.05.2009
Memórias de um bom sujeito
17.05.2009
Memórias de um bom sujeito
10.05.2009
Memórias de um bom sujeito
03.05.2009
Memórias de um bom sujeito
26.04.2009
Memórias de um bom sujeito
19.04.2009
Memórias de um bom sujeito
12.04.2009
Memórias de um bom sujeito
05.04.2009
Memórias de um bom sujeito
29.03.2009
Memórias de um bom sujeito
22.03.2009
Memórias de um bom sujeito
08.03.2009
Memórias de um bom sujeito
01.03.2009
Memórias de um bom sujeito
22.02.2009
Memórias de um bom sujeito
15.02.2009
Memórias de um bom sujeito
28.12.2008
Memórias de um bom sujeito
25.12.2008
Memórias de um bom sujeito
21.12.2008
Memórias de um bom sujeito
07.12.2008
Memórias de um bom sujeito
30.11.2008
Memórias de um bom sujeito
23.11.2008
Memórias de um bom sujeito


PADRE EDUARDO BELOTTI
Momento de Espiritualidade
WALTER POPPI
Trimestralidade. Não é somente isso
WALDEMAR ALLEGRETTI
Já passou da hora
COLUNISMO SOCIAL
Eventos e Personalidades
DOM ANUAR BATTISTI
Arquidiocese de Maringá
EM DEFESA DO CONSUMIDOR
Confira seus direitos
TIAGO VALENCIANO
Política e Sociedade
OSWALDO FREIRE
Capital Federal
FRANCISCO JOSÉ DE SOUZA
A Lógica do Espiritismo
TATTÁ CABRAL
Ensaio
HENRI JEAN VIANA
Francês Press
ROSE LEONEL
Notícia e Cia.
ORLANDO GONZALEZ
Dois Toques
CARMEM RIBEIRO
Colunista Social
JUAREZ FIRMINO
Balanço Geral
ADEMAR SCHIAVONE
Memórias de um bom sujeito
VERDELÍRIO BARBOSA
Fatos Políticos
Clicompre
Aroma Ingá
Agropecuária Hélio
Rima Seguros
MaringáMais
Click do Gato