Maringá, 21 de Novembro de 2018
GLOBAL BENEFÍCIOS Black Bull Steak House
 
Untitled Document
17.09.2015
Paranaense é preso por tráfico de drogas no Egito
O Ministério das Relações Exteriores confirmou, nesta quarta-feira (16), a prisão de cinco brasileiros em uma penitenciária de Cairo, capital do Egito. Entre eles está o paranaense Lucas Stormoski, de 20 anos, flagrado pela polícia egípcia com mais de três quilos de cocaína presos ao corpo.

De acordo com o MRE, Stormoski é morador de Foz do Iguaçu, na região de fronteira com o Paraguai, e foi preso no último dia 04.

Antes do flagrante no Aeroporto Internacional de Cairo, o jovem passou por São Paulo e pela Etiópia. Em entrevista à uma emissora de televisão local, ele admitiu ter recebido R$ 12 mil para transportar o entorpecente.

“Nunca passei por isso. Sempre trabalhei, sempre estudei. Mas uma oferta do nada chega lá em casa e eu não resisti. Estava precisando de dinheiro, como todo mundo precisa de dinheiro”, lamentou o paranaense.

Stormoski disse que, em determinado momento da viagem, desconfiou que fazia o trajeto com drogas presas ao corpo. O combinado, porém, seria o transporte de comprimidos até aquele país.

No Egito, o tráfico de drogas é um crime considerado grave e as leis previstas são rígidas, seguindo política comum entre os países da Ásia e do Oriente Médio. Se condenado, o paranaense pode pegar prisão perpétua, ou ainda, pena de morte por enforcamento.

O Itamaraty informou, também, que está cumprindo o que estabelecem os tratados internacionais, dando assistência (fornecimento de água e alimentação na cadeia) ao preso. Por “questões financeiras”, a embaixada do Brasil no Egito não fornecerá advogado ao jovem, mas procura um defensor público do país para acompanhar o processo.

Stormoski esteve em audiência com o vice-cônsul brasileiro, realizada na penitenciária, no último dia 05 – no dia seguinte à prisão. Não havia, até a tarde de ontem, previsão para o julgamento do rapaz.
Além dele, outros quatro brasileiros estão presos na capital egípcia. A última prisão motivada por tráfico de drogas, segundo o Ministério, aconteceu em maio – flagrante de um homem com 3,5 quilos de cocaína.

Tiago Mathias
 
20.11.2018
Hospital Universitário precisa contratar 38 médicos
20.11.2018
Defesa Civil de Maringá eleita a melhor do Estado
20.11.2018
Moro coordenará grupo de combate à corrupção
20.11.2018
PRF registra 15 mortes na Operação República no Paraná
20.11.2018
Acidente na avenida Colombo faz mais uma vítima fatal
19.11.2018
Filhas saem em defesa de Silvio Santos
19.11.2018
Problema com ambulâncias no HU
19.11.2018
Festa Literária de Maringá começa quarta-feira
19.11.2018
SRM promove 10ª Agrocampo
19.11.2018
Hospital do Câncer precisa de doadores de sangue
19.11.2018
Prefeitura cobra do DER adequações para fechar cruzamentos
Nipo Brasileiro Contabilidade
Asia Sushi Beer
SINCONFEMAR
Della Pizza
B1
Centro Comercial Tiradentes
Paraná Banco
MAPA - Venda de Ônibus
Oliver Media
Garage Motors
OdontoAtual