Maringá, 21 de Fevereiro de 2018
GLOBAL BENEFÍCIOS NUTRIGENES
 
Untitled Document
05.02.2018
Palmeiras vence o Santos
Com gols de Antônio Carlos e Borja, o Palmeiras venceu o Santos por 2 x 1, no Allianz Parque, pela 5ª rodada do Paulistão e segue com 100% de aproveitamento na competição. O volante Renato descontou para o time santista.

No reencontro de Lucas Lima com o Santos, em seu primeiro clássico pelo Palmeiras, o meio-campista teve boa atuação e participou do lance do primeiro gol, após cobrança de escanteio. Com personalidade, conduziu o Palmeiras como se vestisse a camisa 10 há anos.

O início do Palmeiras foi avassalador. Aos 2 minutos, na segunda cobrança de escanteio, o zagueiro Antonio Carlos ganhou de David Braz, cabeceou bem e fez o primeiro gol. Quatro minutos depois, Lucas Lima cobrou falta direto para o gol e acertou a trave.

Os erros de passe do Palmeiras, principalmente na saída de bola, recolocaram o Santos na partida. Com um jogo simples, movimentação dos meias e passes corretos, o time conseguiu manter a posse de bola, saiu das cordas em que se encontrava no início do jogo e conseguiu boas chances. Sempre na bola parada. Mesmo com 1,73m, o atacante Eduardo Sasha ganhou dos zagueiros e exigiu grande defesa de Jailson. O goleiro justificou o fato de ter um dos aplaudidos pela torcida no início da partida.

Sem a velocidade e o dinamismo dos primeiros minutos, o Palmeiras teve dificuldade para manter o ritmo forte. O ritmo caiu. O Santos encontrou um jeito de bloquear os avanços de Marcos Rocha pela direita e as chances de gol rarearam. Depois da blitz inicial, com um gol e uma bola na trave, o Palmeiras só conseguiu finalizar com perigo com Borja, perto dos 40 minutos.

O segundo tempo começou exatamente como o primeiro: o Palmeiras inflamado diante de um Santos perdido e de olhos arregalados. Aos 4 minutos, em uma jogada toda sua, Miguel Borja finalizou de fora da área e fez 2 a 0, colocando o ímpeto palmeirense estampado no placar. Foi seu segundo gol no torneio.

A exemplo do que havia acontecido no início do jogo, o Santos demora para se levantar. Perto dos 20 minutos, o lateral Daniel Guedes cobra escanteio, Renato desvia e Marcos Rocha afasta. Mesmo com a bola saindo pela linha de fundo, o lance continua, e Guedes cruza de novo. Renato desvia de cabeça e diminui o placar: 2 a 1.

O Santos se entusiasmou para buscar o ataque. Novamente, o caminho eram as bolas cruzadas na área. Pela primeira vez no jogo, o estádio viveu momentos de tensão, principalmente nos escanteios. O Palmeiras conseguiu manter o controle do jogo graças às inúmeras opções no banco. Entraram Keno, Bruno Henrique e, aos 40 minutos, Gustavo Scarpa fez sua estreia. O Palmeiras continua 100%, enquanto o Santos estacionou nos sete pontos na liderança do Grupo D do Paulistão.

Com a vitória, o Palmeiras manteve a liderança do Grupo C do Paulistão com 15 pontos (cinco vitórias em cinco jogos). O São Bento, de Sorocaba, é o vice-líder com 8 pontos, seguido por Novorizontino (7) e Ferroviária (2). No próximo sábado (9), o Verdão vai enfrentar o Mirassol fora de casa.

Já o Santos, mesmo com a derrota, ainda segue na liderança do Grupo D com 7 pontos. O Botafogo de Ribeirão Preto é o vice-líder com 6 pontos. O Red Bull Brasil é o terceiro, também com 6 pontos, e o Mirassol é o último com apenas 2 pontos. No próximo sábado, o Santos vai até Araraquara enfrentar a Ferroviária.

FICHA TÉCNICA
4/2 – Allianz Parque (São Paulo-SP)
PALMEIRAS 2 x 1 SANTOS
Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza; Renda: R$ 2 821 680,24; Público: 37 867; Gols: Antônio Carlos 1 do 1º; Borja 4 e Renato 16 do 2º; Cartões amarelos: Lucas Lima, Tchê Tchê, Felipe Melo e Victor Luís (Palmeiras); Caju, Arthur Gomes, Alison e Copete (Santos)
PALMEIRAS: Jaílson, Marcos Rocha, Antônio Carlos, Thiago Martins e Victor Luís; Felipe Melo, Tchê Tchê (Bruno Henrique 36 do 2º) e Lucas Lima (Gustavo Scarpa 40 do 2º); Willian, Borja e Dudu (Keno 30 do 2º). Técnico: Roger Machado

SANTOS: Vanderlei, Daniel Guedes, Luiz Felipe (Robson Bambu 38 do 1º), David Braz e Caju (Rodrygo 18 do 2º); Alison, Renato e Vecchio; Arthur Gomes, Eduardo Sasha (Rodrigão, intervalo) e Copete. Técnico: Jair Ventura

Foto - Reprodução
 
21.02.2018
Maia pode sancionar lei do assédio moral
21.02.2018
Semob promove ações para reduzir excesso de velocidade
21.02.2018
Obras no Terminal da Morangueira atrasam
21.02.2018
Senado aprova decreto presidencial de intervenção no RJ
21.02.2018
Denarc de Maringá apreende seis toneladas de maconha
21.02.2018
Onda de violência em Maringá preocupa
20.02.2018
Corinthians empata com RB
20.02.2018
Risco de infestação do mosquito da dengue é alto
20.02.2018
Pagamento do IPTU com 8% de desconto vai até dia 22
20.02.2018
Manifestantes invadem escritório de ministro da Saúde
20.02.2018
Bandidos matam um e ferem duas crianças na Cidade
19.02.2018
Reforma e revitalização da Praça de Patinação
19.02.2018
Comércio de Maringá registrou queda de faturamento
19.02.2018
Ator é vítima de comentários racistas
19.02.2018
Edital para frota de coleta seletiva tem apenas uma empresa
19.02.2018
Detentos do RJ fazem rebelião com reféns
19.02.2018
PM apreende mais de meio milhão de reais e maconha
Nipo Brasileiro Contabilidade
Hotel Internacional
SINCONFEMAR
Della Pizza
B1
Centro Comercial Tiradentes
Paraná Banco
MAPA - Venda de Ônibus
Oliver Media
Garage Motors
OdontoAtual