Maringá, 21 de Fevereiro de 2018
GLOBAL BENEFÍCIOS NUTRIGENES
 
Untitled Document
09.02.2018
Ex-atacante é morador de rua no RJ
Em pouco mais de 10 anos, Valdiram deixou de ter seu nome cantado nas arquibancadas do Maracanã para morar sob a marquise de um restaurante falido em Bonsucesso , na zona norte do Rio de Janeiro . Em 2006, o acatante fazia dupla com Romário e foi artilheiro do Vasco na Copa do Brasil. Em 2018, divide a rua com outros três homens para se proteger da chuva.

Em entrevista para o jornal O Globo , Valdiram declarou, junto com lágrimas, que está pagando muito caro pelas escolhas que fez na época de jogador. Mesmo com o vice-campeonato da Copa do Brasil pelo Vasco , a sua passagem pelo clube foi marcada mais pelos problemas fora dos gramados do que pelos gols anotados.

Mesmo vivendo seu melhor momento no futebol, Valdiram não conseguiu se separar da vida noturna, do álcool e das drogas. Por isso, foi dispensado do cruz-maltino em fevreiro de 2007 e nunca voltou a atuar em um clube de grande porte no país.

Em 2011, o atacante assumiu seu vício em bebida e resolveu se tratar. Se internou em uma clínica de reabilitação para dependentes de álcool e drogas. Assim, recebeu outro voto de confiança que poderia ter ser decisivo em sua carreira, dessa vez no Duque de Caxias. Entretanto, ele não conseguiu superar a dependência.

"Sei que quando estou embriagado perco a noção de muitas coisas e o autocontrole", disse o atacante na época.

Em 2016, recebeu um apoio de um velho conhecido para tentar dar a volta por cima. Depois de se recuperar de uma cirurgia no joelho, virou pastor em uma igreja evangélica e começou a treinar nas categorias de base do Cruzmaltino, graças a ajuda de Eurico Miranda. Ele tinha a meta de voltar a atuar no clube ainda naquele ano. Porém, segundo o atacante, o presidente do Vasco nunca cumpriu o que prometeu.

Carreira
Valdiram passou por 17 clubes entre 2007 e 2011, uma média de mais de três times por ano. Em nenhum deles conseguiu se manter por muito tempo, anotando apenas quatro gols em todo esse período. Aos poucos, as portas no mundo do futebol foram se fechando.

O último clube de Valdiram foi o Atlântico, da Bahia, no ano passado. Após um desentendimento com o treinador, viajou para São Paulo para tentar encontrar uma irmã. Entretanto, não teve a recepção que esperava, mas ela conseguiu arrumar uma ponte aérea para ele tentar a sorte no Rio.

O ex-atacante do Vasco ainda tentou uma oportunidade no Bonsucesso, clube onde teve boa passagem no início da carreira. Entretanto, o que se comenta no clube é que Valdiram furtou companheiros de elenco e funcionários.

Foto - Reprodução
 
21.02.2018
Maia pode sancionar lei do assédio moral
21.02.2018
Semob promove ações para reduzir excesso de velocidade
21.02.2018
Obras no Terminal da Morangueira atrasam
21.02.2018
Senado aprova decreto presidencial de intervenção no RJ
21.02.2018
Denarc de Maringá apreende seis toneladas de maconha
21.02.2018
Onda de violência em Maringá preocupa
20.02.2018
Corinthians empata com RB
20.02.2018
Risco de infestação do mosquito da dengue é alto
20.02.2018
Pagamento do IPTU com 8% de desconto vai até dia 22
20.02.2018
Manifestantes invadem escritório de ministro da Saúde
20.02.2018
Bandidos matam um e ferem duas crianças na Cidade
19.02.2018
Reforma e revitalização da Praça de Patinação
19.02.2018
Comércio de Maringá registrou queda de faturamento
19.02.2018
Ator é vítima de comentários racistas
19.02.2018
Edital para frota de coleta seletiva tem apenas uma empresa
19.02.2018
Detentos do RJ fazem rebelião com reféns
19.02.2018
PM apreende mais de meio milhão de reais e maconha
Nipo Brasileiro Contabilidade
Hotel Internacional
SINCONFEMAR
Della Pizza
B1
Centro Comercial Tiradentes
Paraná Banco
MAPA - Venda de Ônibus
Oliver Media
Garage Motors
OdontoAtual