Maringá, 20 de Junho de 2018
GLOBAL BENEFÍCIOS Black Bull Steak House
 
Untitled Document
19.02.2018
Edital para frota de coleta seletiva tem apenas uma empresa
Apenas uma proposta de licitação para caminhões destinados a coleta seletiva de lixo em Maringá foi apresentada, nesta semana.

O valor máximo exigido pela Prefeitura era cerca de R$ 5,8 milhões, mas a empresa Paviservice propôs custo menor de aproximadamente R$ 5,7 milhões pela cessão de 10 caminhões, cada veículo com um motorista e três garis.

A empresa deverá fazer a coleta seletiva na cidade e entregar o material nas cooperativas de reciclagem contratadas pela Prefeitura de Maringá. O contrato tem previsão de um ano, agora a administração deve analisar a documentação da empresa, para avaliar se ela atende aos requisitos do edital, a intenção é de que o serviço comece em março deste ano.

Atualmente, de acordo com o secretário dos Serviços Públicos, Vagner de Oliveira, a coleta seletiva é feita por sete caminhões e a expectativa é que com o incremento dos 17 veículos coletores, 100% da cidade seja atendida pela coleta de materiais recicláveis. O secretário estima que sejam recolhidas 4,2 mil toneladas de lixo reciclável ao todo na cidade.

IRREGULARIDADES
Em agosto do ano passado foi aberta licitação para o serviço, mas o processo foi revogado após o Tribunal de Contas do Estado (TCE) apontar irregularidades. Entre as falhas, o município não indicou referência para as rotas, quilometragens diárias e locais para a realização dos serviços, o que prejudicou a formação de preços.

O tribunal apontou que não foi apresentada a planilha de composição de custos unitários, critério utilizado para avaliar se as propostas estão ou não com os preços adequados – seja por superfaturamento ou sem condições de execução.

SACOS DE LIXO
Para estimular a seleção de lixo reciclável, a prefeitura elaborou licitação para compra de até 1,5 milhão de sacolas biodegradáveis, na cor verde. A empresa Belaplast Indústria e Comércio de Plásticos foi selecionada pelo o certame, pois ofereceu o menor preço, um total de R$ 367,5 mil. A compra poderá ser fracionada ao longo de 2018.

COOPERATIVAS
No início deste mês foram assinados contratos de prestação de serviço entre a prefeitura e sete cooperativas de materiais recicláveis: Coopermaringá, Coopernorte, Cooperpalmeiras, Cooperambiental, Coopercicla, Coopercanção e Coopervidros.

Neste novo contrato, as cooperativas passam a receber um valor fixo pela tonelada de material coletado, de R$ 203,93. Atualmente, aproximadamente 285 toneladas são destinadas às cooperativas por mês.

Cláudio Santos
Foto - Reprodução
 
19.06.2018
Semulher prepara implantação do botão do pânico
19.06.2018
Os momentos mais vergonha alheia dos repórteres
19.06.2018
Prefeitura e Sanepar não entram em acordo
19.06.2018
Prefeitura de Maringá pretende aumentar o quadro de funcionários
19.06.2018
EXPO IMIN 2018 será realizada pela primeira vez na cidade de Maringá
19.06.2018
Lei Seca soma dados positivos após 10 anos
Nipo Brasileiro Contabilidade
Asia Sushi Beer
SINCONFEMAR
Della Pizza
B1
Centro Comercial Tiradentes
Paraná Banco
MAPA - Venda de Ônibus
Oliver Media
Garage Motors
OdontoAtual