Maringá, 18 de Novembro de 2018
GLOBAL BENEFÍCIOS Black Bull Steak House
 
Untitled Document
30.04.2018
Artistas que querem ser políticos
Não satisfeitos com a fama, muitos artistas se envolveram na vida política para defender uma causa que acreditam ser ainda mais importante do que suas carreiras. Figuras públicas como cantores, atores, ex-jogadores e ex-BBBs, tentaram entrar no mundo político, mas muitos não conseguiram sucesso.

Quem é o exemplo contraditório no mundo dos artistas é o ex-BBB Jean Wyllys, participante e ganhador da quinta edição do reality, Jean foi eleito deputado federal pelo Rio de Janeiro em 2010 e reeleito em 2014 como o sétimo mais votado.

Veja a lista:
Netinho de Paula
Em São Paulo, o cantor de pagode, Netinho, começou sua carreira política como vereador em 2008, pelo PCdoB (Partido Comunista do Brasil). O cantor seguiu na vida política envolvido em fortes polêmicas como o caso de agressão à ex-mulher e infidelidade partidária. Em 2012, se candidatou para prefeito da capital paulista, mas desistiu para apoiar a canditura de Fernando Haddad, onde foi escolhido para seu secretariado, na Secretaria de Promoção da Igualdade Racial. Atualmente, Netinho é filiado ao Partido Democrático Trabalhista.

Tiririca
Em 2010, o humorista foi o mais votado em São Paulo, com 1,35 milhão de votos. Já em 2014, teve 1,01 milhão de votos e ficou em segundo lugar, atrás de Celso Russomanno (PRB-SP). No fim do ano passado, o artista decidiu que vai cumprir seu mandato até o final, mas não irá se reeleger para o cargo, alegando estar \"com vergonha\", decepcionado com os colegas e com a política brasileira. Em seu discurso, Tiririca também pediu que os outros parlamentares \"olhem pelo País\".

Leci Brandão
A cantora Leci Brandão começou sua carreira política em 2004, quando tornou-se Conselheira da Secretaria Nacional de Políticas de Promoção da Igualdade Racial e membro do Conselho Nacional dos Direitos da Mulher, permanecendo nestes postos por dois mandatos. Em fevereiro de 2010, a artista filiou-se ao PCdoB (Partido Comunista do Brasil) e candidatou-se ao cargo de deputada estadual, tendo sido eleita e reeleita em 2014.

MC Carol
A funkeira Mc Carol anunciou sua pré-candidatura ao cargo de deputada estadual do Rio nas eleições 2018. Em 2014, se filiou ao PC do B (Partido Comunista do Brasil). A artista afirma que tomou a decisão depois de conversar muito com a vereadora Marielle Franco, assassinada em março junto com seu motorista, e com Talíria Petrone, vereadora do PSOL em Niterói. A principal defesa da jovem de 24 anos é a questão da mulher.

Dudu Nobre
Candidato a vereador pelo PT do B (Partido Trabalhista Brasil) no Rio de Janeiro nas eleições de 2016, o sambista Dudu Nobre ficou em 260º lugar com 1.625 votos e não se elegeu. O cantor também foi denunciado publicamente nas redes sociais pela publicitária que fez sua campanha política por não ter pago

Doutor Rey
Quem também está na lista de artistas com engajamento na vida política é o cirurgião plástico Dr. Rey. Em 2014, Dr. Rey concorreu a uma vaga de deputado federal nas eleições de São Paulo pelo Partido Social Cristão (PSC), não não foi eleito. Logo após, filiou-se ao Partido Ecológico Nacional (PEN), tornando-se seu vice-presidente nacional. Já no final de 2017, Dr Rey divulgou interesse em uma pré-candidatura à presidência do Brasil nas eleições desse ano, mas desistiu e está investindo na pré-canditatura para deputado federal.

Foto - Reprodução
 
19.11.2018
Filhas saem em defesa de Silvio Santos
19.11.2018
Problema com ambulâncias no HU
19.11.2018
Festa Literária de Maringá começa quarta-feira
19.11.2018
SRM promove 10ª Agrocampo
19.11.2018
Hospital do Câncer precisa de doadores de sangue
19.11.2018
Prefeitura cobra do DER adequações para fechar cruzamentos
Nipo Brasileiro Contabilidade
Asia Sushi Beer
SINCONFEMAR
Della Pizza
B1
Centro Comercial Tiradentes
Paraná Banco
MAPA - Venda de Ônibus
Oliver Media
Garage Motors
OdontoAtual