Maringá, 18 de Setembro de 2018
GLOBAL BENEFÍCIOS Black Bull Steak House
 
Untitled Document
22.05.2018
Operação Inverno realiza 140 abordagens
Desde a queda significativa na temperatura em Maringá, a partir da última sexta-feira (18), a Prefeitura deu início a “Operação Inverno”.

Desenvolvida por meio da Secretaria de Assistência Social e Cidadania (Sasc), com apoio da Defesa Civil,a iniciativa consiste em oferecer diversos serviços para pessoas em situação de rua, principalmente quando os termômetros marcam abaixo dos 10 graus.

Somente neste final de semana, mais de 100 pessoas foram abordadas em ruas, avenidas e praças da Cidade.

A exatamente um mês para o começo da estação mais fria do ano, institutos meteorológicos marcam médias em Maringá, no período noturno, de sete graus, índice que se mantem praticamente estável até esta sexta-feira (25). Diante dos riscos gerados pelos ventos fortes, que levam a sensação térmica para próxima do zero, somado a falta de recursos disponíveis, o projeto promove encaminhamentos a locais seguros, juntamente do oferecimento de roupas e cobertores.

Realizado anualmente pelo poder público local, sempre entre maio e agosto, a “Operação Inverno” mobiliza a partir de agora e diariamente diversas equipes da Sasc e da Defesa Civil para plantões entre a noite e a madrugada. Mediante um veículo próprio e possibilidade de contato a qualquer momento, caso as temperaturas estejam abaixo do considerado suportável uma pessoa em situação de rua poderá receber o atendimento. De maneira ininterrupta, o Serviço da Operação pode ser chamado pelo (44) 99103-5661. Ao mesmo tempo, também há um serviço específico para crianças e adolescentes, que pode ser acionado pelo (44) 99103-2014, das 10h às 20h.

Segundo a gerência de Proteção Especial, vinculada à Sasc, entre a madrugada de sábado (19) e a manhã de ontem (21) 139 pessoas foram abordadas pela equipe, que passou por pontos estratégicos de Maringá e que também receberam 64 ligações com a indicação precisa do local onde a pessoa desabrigada estava. Nestes três primeiros dias de atuação, todas as pessoas que receberam o atendimento reclamaram do frio, entretanto, não são todas que aceitam ser encaminhadas para instituições municipais.

Com base em números repassados pela gerente de Proteção, SirleyOkawa, boa parte dos moradores permanecem nas ruas, visto que o propósito inicial é a "sensibilização e o encaminhamento”. Diante destas situações, por motivos pessoais e diversos, apesar de continuarem nas calçadas, as equipes entregam cobertores, camisetas, calças, blusas e outros artigos que ajudam a amenizar os efeitos do frio. Isto se deve em razão da política adotada, como forma de seguir parâmetros nacionais, onde não há obrigatoriedade da retirada das ruas, apenas mediante conformidade do abordado.

Em um único caso, em virtude das condições identificadas, um homem foi encaminhado para o Hospital Municipal e passa bem.

Se a pessoa concordar em receber o atendimento completo, ela é direcionada ao veículo que leva a equipe, imediatamente agasalhada, e é levada para instituições como o Albergue Santa Luzia de Marillac, igrejas que atuam em parceria da Prefeitura e o Centro de Referência Especializado para Pessoas em Situação de Rua (Centro POP), em caso de disponibilidade de vagas. Nestes locais, além de um teto que assegura condições climáticas mais agradáveis e o recebimento de novas roupas, há serviços de higiene pessoal, alimentação e hidratação constantes.

De acordo com a gerência de Proteção Especial, os atendimentos ocorreram majoritariamente na região central de Maringá, via passagem do veículo com a equipe ou ligações de maringaenses. A partir de estudos realizados pela própria Sasc e outro, ainda mais completo, por meio do Observatório das Metrópoles, vinculada à Universidade Estadual de Maringá (UEM), chegou-se a constatação de que não há um número preciso de pessoas em situação de rua de forma fixada na Cidade, porém, quase a totalidade se abriga no Centro. Segundo a Gerência, os serviços são ampliados durante este período de temperaturas baixas e permanecem ativos até meados de agosto.

Matheus Gomes
Foto - PMM
 
18.09.2018
Combate às drogas
18.09.2018
Reunião busca soluções para o trânsito de Maringá
18.09.2018
Procon de Maringá resolve 95% das reclamações
18.09.2018
CNT/MDA: Bolsonaro lidera com 28,2%
18.09.2018
Mulher esfaqueia marido durante briga
17.09.2018
Ex-Spice Girl passa por exame pela guarda da filha
17.09.2018
Relembrando o Colégio Marista
17.09.2018
Campanha resgata autoestima de pessoas
17.09.2018
Receita e PF apreendem milhões dólares em aeroporto
17.09.2018
Motociclista morre em acidente na Cerro Azul
17.09.2018
DER-PR abre edital para construção de viaduto na Colombo
Nipo Brasileiro Contabilidade
Asia Sushi Beer
SINCONFEMAR
Della Pizza
B1
Centro Comercial Tiradentes
Paraná Banco
MAPA - Venda de Ônibus
Oliver Media
Garage Motors
OdontoAtual