Maringá, 21 de Novembro de 2018
GLOBAL BENEFÍCIOS Black Bull Steak House
 
Untitled Document
08.06.2018
Prefeitura busca convênios para obras
O Prefeito de Maringá, Ulisses Maia (PDT), participou na manhã de ontem (7) de reuniões com representantes do Governo do Paraná e do Departamento de Estradas de Rodagens (DER) do Estado em busca do firmamento de convênios para a Cidade.

Com foco em três obras em especial, o objetivo é acelerar a liberação de recursos ainda neste mês, antes do início de cláusulas eleitorais que limitam a destinação de verbas públicas para municípios.

Em Curitiba, Maia verificou o andamento e a situação, no geral, de questões relativas ao recape completo no Contorno Sul, a implantação de um viaduto próximo à rotatória que liga o trecho urbano da BR-376 e a PR-317, na saída para Paranavaí, além da duplicação da via que liga Maringá a Iguaraçu. As visitas para acompanhamento sobre os projetos dasobras se devem pela necessidade de financiamentos oriundos de diversas fontes e esferas.

RECAPE
Com a possibilidade de apoio financeiro por parte do Governo do Paraná e do Governo Federal, a Prefeitura de Maringá anunciou no primeiro trimestre deste ano o investimento de R$ 10 milhões na recuperação do Contorno Sul. O projeto desenvolvido inicialmente pela Secretaria de Serviços Públicos (Semusp) e Obras Públicas (Semop) prevê o recape completo da via, significativamente deteriorada pela falta de planejamento antes da execução da proposta que em virtude do fluxo de caminhões e outros veículos pesados apresenta deformidades no asfalto.

Juntamente da reforma completa do piso para o trecho, será necessária a aplicação de uma nova malha asfáltica, mais moderna e compacta, fato que resultara em uma via menos propensa a deformações com o tempo e a passagem de caminhões carregados. Ao mesmo tempo, a iniciativa deverá contemplar a implementação de acostamentos, como medida de segurança.

Mesmo com o investimento da Prefeitura, o objetivo da gestão é obter mais recursos das duas outras esferas de governo, visto que o Contorno Sul abarca trechos da PR-317 e da BR-376. Segundo o prefeito, o convênio para o recape estarão disponíveis dentro de exatamente um mês, visto cláusulas eleitorais impostas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para evitar utilização da máquina pública em prol de campanha para o pleito de outubro deste ano.

VIADUTO
Há vários anos motoristas que utilizam costumeiramente a Avenida Colombo para as saídas de Paranavaí, Paiçandu e Campo Mourão, pelo trevo ao lado do Shopping Catuaí, reclamam com gestores sobre o engarrafamento gerado no local, principalmente em horários de saída comercial, entre 17h30 e 19h. Para resolver o problema destes usuários, além de moradores de bairros da região que também são prejudicados pelo fluxo intenso de veículos, a Prefeitura planeja a construção de um viaduto no local.

Em agosto do ano passado, uma proposta concretizada foi entregue por Ulisses ao então secretário paranaense de Infraestrutura e Logística, José Richa Filho, sobre a construção de uma via elevada para desobstruir o trânsito. A medida visa direcionar veículos que vão sentido aos municípios vizinhos de forma mais fluida ao mesmo tempo em que libera a passagem direta de maringaenses que moram no entorno ou até mesmo que utilizam serviços em estabelecimentos da região, principalmente o shopping e o aeroporto.

Mediante a presença de técnicos da Viapar, concessionária que administra o trecho e que elaborou a parte principal do projeto, o viaduto foi orçado inicialmente em R$ 40 milhões, do começo ao fim. Pela magnitude da obra, as intervenções estão em fase de análise pelo DER-PR que deverá emitir um parecer sobre a viabilidade ainda neste primeiro semestre. Não há uma previsão exata sobre o fechamento do convênio para esta iniciativa.

DUPLICAÇÃO
Segundo Maia, após conversas com representantes do Governo, DER, mediante disponibilidade de financiamento pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), as obras de duplicação da PR-317, que liga Maringá a Iguaraçu estão “encaminhadas” e devem ter início, de fato também neste primeiro semestre. A proposta, que recebeu apoio em 2017 de políticos e empresários da região que abrange a Associação dos Municípios do Setentrião Paranaense (Amusep) visa duplicar e melhorar as condições de 22 quilômetros da via. Há a possibilidade futura desta duplicação se estender até o município de Santo Inácio, a 80 quilômetros de Maringá.

No começo deste ano, antes de assumir o Governo do Paraná, Cida Borghetti (PP) anunciou que o Estado irá investir aproximadamente R$ 2,5 milhões, ao menos de início, para que as obras tenham início e posteriormente o BID encerre as intervenções. Em fevereiro, os recursos para a duplicação do Banco Interamericano já estavam sob posse do Paraná, especificamente para este trecho da PR-317. O DER, que analisa o projeto e realiza os últimos ajustes, será o responsável pela liberação.

Matheus Gomes
Foto - PMM
 
21.11.2018
Palmeiras pode ser campeão antecipado
21.11.2018
Projeto da pista emborrachada do Parque do Ingá
21.11.2018
Falando sobre Aids
21.11.2018
Idoso desaparecido é encontrado morto
21.11.2018
Moro anuncia delegados paranaenses para PF e DRCI
21.11.2018
Começa a Festa Literária Internacional de Maringá
20.11.2018
Hospital Universitário precisa contratar 38 médicos
20.11.2018
Defesa Civil de Maringá eleita a melhor do Estado
20.11.2018
Moro coordenará grupo de combate à corrupção
20.11.2018
PRF registra 15 mortes na Operação República no Paraná
20.11.2018
Acidente na avenida Colombo faz mais uma vítima fatal
19.11.2018
Filhas saem em defesa de Silvio Santos
19.11.2018
Problema com ambulâncias no HU
19.11.2018
Festa Literária de Maringá começa quarta-feira
19.11.2018
SRM promove 10ª Agrocampo
19.11.2018
Hospital do Câncer precisa de doadores de sangue
19.11.2018
Prefeitura cobra do DER adequações para fechar cruzamentos
Nipo Brasileiro Contabilidade
Asia Sushi Beer
SINCONFEMAR
Della Pizza
B1
Centro Comercial Tiradentes
Paraná Banco
MAPA - Venda de Ônibus
Oliver Media
Garage Motors
OdontoAtual