Maringá, 19 de Novembro de 2018
GLOBAL BENEFÍCIOS Black Bull Steak House
 
Untitled Document
22.06.2018
Prefeitura vai recriar a Codemar
Durante um “Bate papo com a Imprensa” na manhã de ontem (21), o prefeito Ulisses Maia ressaltou a decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ) que autoriza a retomada do serviço público de saneamento, destacando que a Sanepar realizará uma junção de contas, considerando lucros e investimentos da empresa desde 2010 quando o contrato com a empresa foi extinto.

“A decisão do STJ é um grande vitória para o município. A empresa lucra 50% com os serviços. Considerando que o faturamento é de R$ 200 milhões ao ano, nos últimos oito anos o lucro seria de R$ 800 milhões. Certamente os investimentos não acompanharam a lucratividade do negócio”, afirmou o prefeito.

Ulisses Maia garantiu que não privatizará os serviços, que prosseguirão estatais, o que não exclui um novo acordo com a Sanepar desde que seja benéfico para a Cidade. “Temos um compromisso de campanha de não privatizar o serviço. Diferentes de outras cidades do estado, a Sanepar é superavitária em Maringá. Assinamos um decreto que estabelece 90 dias para a junção de contas. O processo será transparente, zelando sempre para a qualidade do serviço”, ressaltou.

TRANSPORTE
Durante a reunião com a imprensa, o prefeito também deixou claro que a redução do valor do diesel, PIS e Confins não justificaria uma redução da tarifa do transporte coletivo, uma vez que o contrato tem como base os custos do ano anterior.

Sobre o assunto, Ulisses ainda lembrou que o objetivo é estimular o uso do transporte coletivo, evitando o aumento da frota de automóveis e motocicletas, reduzindo desta forma o número de acidentes de trânsito.

SASC
Outro tema do encontro com a imprensa foi a respeito de segurança e assistência social. O prefeito observou a dificuldade de encontrar um imóvel para acolhimento de moradores de rua, devido à recusa da vizinhança, além da limitação legal da Guarda Municipal em combater a violência. O prefeito anunciou que mais sete viaturas - resultado de uma emenda do deputado estadual Doutor Batista -, reforçarão a Guarda que se instalará em prédio da Rua Fernão Dias, nas proximidades do Centro Pop e do albergue, como forma de intensificar a sensação de segurança na região.

O secretário de Segurança Pública, Antônio Roberto dos Anjos Padilha, disse que a Guarda Municipal está em acordos com empresas de videomonitoramento, viabilizando uma integração entre sistemas, e que foi assinado contrato com vencedora de licitação para manutenção das câmeras de segurança do município. Sobre a limitação da Guarda Municipal, Padilha informou que a Lei do Sistema Único de Segurança Pública ampliará o poder de polícia das guardas, sendo um avanço para a corporação.

A secretária de Assistência Social e Cidadania, Marta Kaiser, apresentou um balanço de ações com pessoas em situação de rua. No primeiro quadrimestre foram atendidos mais de 6 mil pessoas, sendo 1.166 pessoas no Centro Pop, espaço para moradia e de reestruturação. “Está em análise na Procuradoria do Município um projeto para elevar a pontuação das empresas que empregam as pessoas em situação de rua nas licitações. Nosso objetivo é estender a mão e dar todo o suporte para pessoas que querem sair da rua”, enfatizou.

Apesar das dificuldades, o prefeito Ulisses Maia elogiou o trabalho da sociedade civil com as pessoas em situação de rua. “Nosso grande diferencial é o capital social elevado de maringaenses que ajudam e auxiliam o poder público”, afirmou.

Melaine Nabas
Foto - PMM
 
19.11.2018
Filhas saem em defesa de Silvio Santos
19.11.2018
Problema com ambulâncias no HU
19.11.2018
Festa Literária de Maringá começa quarta-feira
19.11.2018
SRM promove 10ª Agrocampo
19.11.2018
Hospital do Câncer precisa de doadores de sangue
19.11.2018
Prefeitura cobra do DER adequações para fechar cruzamentos
Nipo Brasileiro Contabilidade
Asia Sushi Beer
SINCONFEMAR
Della Pizza
B1
Centro Comercial Tiradentes
Paraná Banco
MAPA - Venda de Ônibus
Oliver Media
Garage Motors
OdontoAtual