Maringá, 19 de Novembro de 2018
GLOBAL BENEFÍCIOS Black Bull Steak House
 
Untitled Document
29.06.2018
Homem agride amásia e tenta matar criança
Marialva - Giovani Donizete Barbosa é acusado de cometer crimes revoltantes: agredir sua amásia e o filho dela, além de tentar sufocar a criança.

Há dois meses, Barbosa, de 19 anos, residia com Amanda Bueno Farias, 20, numa casa em Marialva. Amanda é mãe de dois filhos - uma menina de 7 um menino de 2 anos -, de um outro relacionamento, antes de deixar Arapongas para vir morar com o amante.

O menor, para dormir, recebia todas as noites uma dose de l ml do medicamento "Calman", prescrito por um médico, para tratamento de ansiedade, depressão, irritabilidade, distúrbios de sono ou insônia.

Amanda denuncia que, na noite de anteontem, o companheiro deu uma dosagem dez vezes maior para a criança. Duas horas depois, o menino acordou chorando e vomitando. Ao levar o filho para vomitar no banheiro, ela foi surpreendida por Barbosa que se mostrava visivelmente alterado. Em seguida, o homem teria se irritado com o choro da criança, que acabou agredida com chineladas e tapas na cabeça, além de ser levada ao chuveiro e banhada com água gelada. O padrasto ainda tentou sufocar a vítima, com um cobertor, disse a mulher. Ele também agrediu Amanda, o que se tornara rotina nas últimas semanas.

Ela diz que, em ocasiões anteriores, chegou a ser agredida com golpes de um cabo de martelo.

Em desespero, a mãe tomou o filho nos braços e saiu em busca de ajuda no Pronto Atendimento. Barbosa, que a seguiu, continuou com agressões, agora com chutes, enquanto ela caminhava. Ao chegar ao PA, Amanda relatou seu drama e um atendente solicitou a presença da Polícia Civil.

O delegado Adriano Garcia infirmou que a mãe, levada à delegacia para prestar esclarecimentos, foi liberada. A criança
está internada no Hospital Universitário, em Maringá, em estado estável. Giovani nega as agressões. O padrasto diz que apenas
deu chineladas na criança porque o menino não parava de chorar.

Giovani Donizete Barbosa foi indiciado e preso pelos crimes de lesão corporal qualificada e tentativa de homicídio, pela tentativa de sufocar a criança.

TC – com Agências
 
19.11.2018
Filhas saem em defesa de Silvio Santos
19.11.2018
Problema com ambulâncias no HU
19.11.2018
Festa Literária de Maringá começa quarta-feira
19.11.2018
SRM promove 10ª Agrocampo
19.11.2018
Hospital do Câncer precisa de doadores de sangue
19.11.2018
Prefeitura cobra do DER adequações para fechar cruzamentos
Nipo Brasileiro Contabilidade
Asia Sushi Beer
SINCONFEMAR
Della Pizza
B1
Centro Comercial Tiradentes
Paraná Banco
MAPA - Venda de Ônibus
Oliver Media
Garage Motors
OdontoAtual