Maringá, 13 de Novembro de 2018
GLOBAL BENEFÍCIOS Black Bull Steak House
 
Untitled Document
03.07.2018
Meninos presos em caverna na Tailândia
Os 12 meninos e seu treinador de futebol que estão presos em uma rede de cavernas na Tailândia podem precisar aprender a mergulhar ou ter de esperar meses até que as cheias retrocedam, segundo o Exército do país, envolvido na operação de resgate. O risco adicional de mais chuvas torrenciais, no entanto, podem elevar ainda mais o nível da água no local onde encontraram abrigo, e forçar um resgate urgente.

O grupo foi encontrado com vida por mergulhadores nesta segunda-feira, depois de ficar 9 dias desaparecido.

Eles continuam refugiados em uma pequena área elevada dentro do complexo de cavernas, que não foi inundada. Mas não foi possível retirá-los do local, já que os acessos estão cheios de água. A estação de chuvas na Tailândia vai até outubro e há previsão de mais chuvas nos próximos dias.

Agora que os 13 foram encontrados, o primeiro objetivo das operações de resgate é levar comida e suprimentos médicos para dentro das cavernas.

Ao serem encontrados por mergulhadores britânicos, que faziam parte do esforço internacional de resgate, um dos meninos teria dito: "Comer, comer, comer, fale para eles que estamos com fome". Não se sabe exatamente como o pequeno suprimento de comida que o grupo levava foi consumido no período, mas, considerando-se indivíduos saudáveis, é possível sobreviver sem comida e sem água por uma semana e apenas com água por cerca de um mês.

Segundo os militares, a comida que será entregue seria suficiente para pelo menos quatro meses. No entanto, o risco de elevação do nível da água pode forçar equipes a um resgate mais apressado, em que, com o equipamento de mergulho, os meninos seriam conduzidos para a superfície acompanhados de mergulhadores profissionais. Um dos desafios seriam trechos estreitos do percurso por onde apenas um indivíduo consegue passar.

"Nossa missão é buscar, resgatar e retornar. Até agora, nós apenas os encontramos. A próxima missão é retirá-los da caverna e mandá-los para casa", disse o governador da província de Chiang Rai, no norte da Tailândia, onde fica a rede de cavernas.

O correspondente da BBC Jonathan Head, que está no local, relatou que as forças armadas tailandesas contam com médicos com habilidades de mergulho necessárias para alcançar o grupo.

"Mas mesmo quando eles tiverem recuperado as forças, conduzi-los por um longo caminho de túneis será um desafio muito difícil. Além disso, a estação de chuvas acaba de começar - e o nível da água vai subir", disse o jornalista.

O vice-presidente do Conselho Britânico de Resgate em Cavernas, Bill Whitehouse, disse ter sido informado pelos mergulhadores britânicos que encontraram o grupo que o mergulho até o local onde os 13 haviam se refugiado foi "complicado e problemático". Foram três horas de ida e volta, que envolveram 1,5 quilômetros de trajeto parcialmente inundado", disse Whitehouse à BBC.

Como eles ficaram presos nas cavernas?

No dia 24 de junho, os rapazes adentraram a rede de cavernas para um passeio. Logo depois, começou a chover. Com isso, a entrada principal ficou bloqueada. Isso pode ter impedido o grupo de voltar e feito com que buscassem uma área mais alta, protegida das águas.

O complexo de cavernas, chamado de Tham Luan Nang, costuma ficar inundado durante o período de chuvas, de setembro a outubro.

Caso seja preciso retirar os 13 rapazes da caverna antes do fim da temporada de chuvas, eles podem precisar a aprender técnicas básicas de mergulho, para conseguirem passar com um mínimo de segurança pelos perigosos corredores subterrâneos, cheios de águas lamacentas, com visibilidade zero e partes estreitas por onde apenas uma pessoa consegue passar.

Já a tentativa de bombear a água para fora das cavernas, permitindo a passagem do grupo, não foi bem sucedida até agora.

Retirada por mergulho é muito perigosa

"A opção de retirá-los das cavernas pelo mergulho é a mais rápida. Mas também é a mais perigosa", afirmou Anmar Mirza, coordenador da Comissão de Resgate em Cavernas dos Estados Unidos.

Trabalharam nas buscas mergulhadores da Marinha da Tailândia, três grandes especialistas britânicos em mergulho em cavernas e mergulhadores militares americanos. Todos são altamente capacitados em mergulho. Mesmo assim, precisaram de diversas horas de trabalho até encontrarem os 13 rapazes. Tiveram que atravessar passagens estreitas, com o auxílio de esforços de bombeamento de água.

Já os 13 rapazes não têm treinamento de mergulho.

Edd Sorenson, membro da Organização Internacional de Resgate em Cavernas Subaquáticas, desaconselha retirar o grupo das cavernas pelo mergulho. "Isso é extremamente perigoso e arriscado. Eu só consideraria essa possibilidade como uma última opção", afirmou.

"(Ao) colocar alguém que não esteja familiarizado a condições extremas, em uma situação de visibilidade zero, é provável que essa pessoa entre em pânico" e coloque sua vida e dos mergulhadores em risco, completou.

Perfurações nas rochas são muito difíceis de serem feitas

Autoridades tailadesas também tentaram perfurar buracos nas cavernas, para ajudar a drenar parte da água das cheias. Mas, a espessura das rochas inviabilizou os esforços.

Também foi sugerido que essas perfurações pudessem funcionar como um caminho alternativo de saída para os rapazes - já que o local por onde entraram inundou. Porém, para iniciar esse processo, seria necessário construir novas estradas sob as cavernas, para transportar os pesados equipamentos de perfuração.

Além disso, seria preciso conhecer a estrutura das cavernas por completo - caso contrário, seria pequena a chance de perfurar em um local que de fato permitisse a saída do grupo. "Parece fácil, mas é muito difícil", afirma Mirza, da Comissão de Resgate em Cavernas dos EUA.

Suprimento de alimento pode manter os jovens vivos até água baixar

Segundo Narongsak Osottanakorn, governador da província onde fica o complexo de cavernas, médicos e enfermeiros seriam enviados até os rapazes junto com os mergulhadores. "Se os médicos disserem que a saúde dos meninos está forte o suficiente para serem retirados, é isso que vai acontecer", disse o político. "Nós vamos cuidar deles, até que possam voltar para a escola".

Mas, de acordo com Mirza, a saúde é uma preocupação muito séria. "Depois de nove dias sem comida, é preciso observar com cuidado a dieta alimentar". Pessoas que não se alimentaram por muito tempo podem apresentar graves problemas de saúde se não tiverem uma reintrodução alimentar correta - como um ataque cardíaco ou coma.

"Por isso, a essa altura, eu acho que seria melhor levar comida, água, sistemas de filtragem e oxigênio, se necessário. E esperar", afirma Sorenson, da Organização Internacional de Resgate em Cavernas Subaquáticas.

Segundo o governador de Chiang Rai, Narongsak Osotthanakon , equipes estão tentando instalar conexão telefônica dentro da caverna para permitir que as crianças falem com seus pais enquanto esperam pelo resgate.

Parentes dos integrantes do grupo estão acampados do lado de fora da entrada principal da caverna desde o dia 23, quando o grupo desapareceu.

O júbilo com a descoberta dos meninos e do técnico com vida foi seguida da angústia com os próximos passos desta complicada missão de resgate.

BBC Brasil
Foto - Reprodução
 
11.11.2018
Hamilton vence o GP Brasil
11.11.2018
Boca e River ficam no empate
11.11.2018
Reforma trabalhista completa um ano
12.11.2018
Homem é assassinado ao tentar evitar briga
11.11.2018
Audiência pública discute melhorias no Contorno Sul
10.11.2018
Jovem confessa que esfaqueou estudante
10.11.2018
Aplicativo auxiliará na busca de desaparecidos
10.11.2018
Governo libera recursos para cirurgias de cataratas
09.11.2018
Viadutos do Contorno Norte só em dezembro de 2019
09.11.2018
Ataque de abelhas deixa três feridos em Maringá
09.11.2018
Menina abandonada pela mãe será cuidada pelos tios
09.11.2018
PF cumpre mandados contra vice-governador de Minas e 3 empresários
09.11.2018
Mulher foge depois de causar capotamento
09.11.2018
Audiência debate queima de fogos com barulho em Maringá
08.11.2018
Começa última etapa de vacinação contra Dengue
08.11.2018
Mãe abandona filha de quatro anos em Cmei de Maringá
08.11.2018
Senado aprova reajuste para ministros do STF
08.11.2018
Polícia Civil cria o Zap Denúncia
08.11.2018
Prefeitura atendeu mais de 2 mil denúncias de maus-tratos a animais
07.11.2018
Campanha Papai Noel dos Correios
07.11.2018
Avenidas que ligam bairros de Maringá já estão prontas
07.11.2018
Empresários pedem melhorias no Parque Industrial
07.11.2018
Bolsonaro e Temer iniciam governo de transição
07.11.2018
Número de ocorrências policiais cai no feriadão
07.11.2018
Projeto piloto da TCCC traz ônibus elétricos para Maringá
06.11.2018
A insistência das celebridades que fracassam
06.11.2018
Paraná Clube é rebaixado
06.11.2018
Semob interdita trechos para instalar estruturas de Natal
06.11.2018
Senac de Maringá agora é faculdade
06.11.2018
Seis pessoas morrem em acidentes no Paraná
06.11.2018
Homem esfaqueado morre no HU
06.11.2018
Dnit não aprova anteprojeto para viadutos do Contorno Norte
05.11.2018
Cocamar recebe premiações importantes
04.11.2018
Horário de verão começou à 0h deste domingo
04.11.2018
Palmeiras bate o Santos
04.11.2018
MP quer esclarecimentos sobre loteamentos
04.11.2018
Começou processo de matrícula em creches de Maringá
04.11.2018
PM estuda policiamento com bicicletas
04.11.2018
Morre motociclista vítima de acidente na Colombo
01.11.2018
Moro aceita convite para ser ministro da Justiça
01.11.2018
Temporal derruba 13 árvores em Maringá
01.11.2018
Câmara propõe legislativo com 23 vereadores
01.11.2018
Boca elimina o Palmeiras
01.11.2018
Cemitérios de Maringá devem receber 180 mil pessoas
01.11.2018
Veículo avança sinal e provoca grave acidente
31.10.2018
Estatuto do Desarmamento pode voltar à pauta
31.10.2018
River Plate elimina o Grêmio-RS
31.10.2018
Porto Seco de Maringá fechado definitivamente
31.10.2018
Halloween em Maringá tem tour pelo Cemitério Municipal
31.10.2018
Motorista morre carbonizado em acidente
31.10.2018
Licitação vai cercar Câmara de Maringá com grades de ferro
30.10.2018
Nossas vidas: da pretensão à razão
30.10.2018
Semob interdita mais um trecho da Avenida São Paulo
30.10.2018
Aumento do limite de financiamento de imóveis
30.10.2018
Motorista continua preso por morte de empresário
30.10.2018
Especialistas e políticos falam sobre eleição de Bolsonaro
28.10.2018
Jair Bolsonaro é eleito presidente do Brasil
28.10.2018
Falcão se despede da seleção
28.10.2018
Verstappen vence e Hamilton é pentacampeão
28.10.2018
Maringá fica entre as 10 melhores cidades para investir
28.10.2018
Sanepar ignora lei municipal e mantém tarifa mínima
28.10.2018
Containers chegam com estrutura do Hospital da Criança
28.10.2018
Jovem confessa assassinato de travesti
26.10.2018
Propaganda eleitoral no rádio e tv termina hoje
26.10.2018
Vereadores pedem explicações de Ulisses Maia
26.10.2018
Jovem simula a própria morte e acaba preso
26.10.2018
Segundo turno deve ter menos fila nas seções eleitorais
25.10.2018
Pacote suspeito é enviado a ator nos USA
25.10.2018
GM intensifica ações
25.10.2018
Palmeiras perde para o Boca Juniors
25.10.2018
Defesa Civil dá dicas para se proteger de temporais
25.10.2018
Maringá e região têm mais de 1.450 armas registradas
25.10.2018
Motociclista atropela idoso na Colombo
25.10.2018
Horto Florestal segue fechado e sem previsão de reabertura
24.10.2018
Espanha inicia julgamento de brasileiro que matou tios e primos
24.10.2018
Grêmio vence o River Plate
24.10.2018
Palmeiras diz que não é favorito
24.10.2018
5ª Festa Literária de Maringá
24.10.2018
GM autua motorista por crime ambiental
24.10.2018
MP recebe denúncia de Caixa 2 de Ulisses Maia
23.10.2018
Empresários que somam 32% do PIB nacional apoiam Bolsonaro
23.10.2018
13º salário deve injetar R$ 543 milhões em Maringá
23.10.2018
Câmara discute lei para coibir festas clandestinas
23.10.2018
Maringá vai ter Núcleo de Práticas Integrativas
23.10.2018
Maringá tem 71 pessoas na lista de desaparecidos
23.10.2018
Travesti é executada em estrada rural
22.10.2018
Palmeiras vence o Ceará
22.10.2018
Empório Criativo em Maringá
22.10.2018
Bancos já podem receber boletos vencidos acima de R$ 100
22.10.2018
Vendedores de combustíveis adulterados vão ter licença cassada
21.10.2018
PM apreende droga em carro abandonado
19.10.2018
Hamilton pode se tornar pentacampeão
19.10.2018
Lei que autoriza compra de vagas em creches é debatida
19.10.2018
Pagamento do 13º salário injeta R$ 211,2 bilhões na economia
19.10.2018
Temporal atinge Maringá e provoca diversos estragos
18.10.2018
Trenzinho do Parque do Ingá volta a funcionar
18.10.2018
Pintor maringaense morre eletrocutado
18.10.2018
Nova taxa deve substituir o Funrebom
17.10.2018
O diferente começa pelo voto
17.10.2018
“Há terrorismo no Brasil”, diz ministro da Justiça
17.10.2018
Homem abusava sexualmente do filho
17.10.2018
Vereador pede câmeras apenas fora das salas de aula
17.10.2018
‘Business As Mission’ será realizado em Maringá
17.10.2018
Vereadores criticam promessas feitas por prefeito Ulisses Maia
16.10.2018
Prefeitura inicia construção de 49 casas em Iguatemi
16.10.2018
Horário de verão começa dia 4 de novembro
16.10.2018
Milhares ficam sem energia após temporal em Maringá
16.10.2018
Mais de 75% dos partos da rede pública são cesáreas
16.10.2018
Homem morre em colisão no Contorno Norte
15.10.2018
Semop segue com obras na Avenida Carlos Borges
15.10.2018
Bolsonaro usa redes sociais para desmentir Haddad
15.10.2018
Rotam prende traficante com 116 quilos de drogas
15.10.2018
Maringá é destaque em Logística Reversa no Paraná
11.10.2018
PT muda de cor para enganar o eleitor
11.10.2018
Bolsonaro lidera no segundo turno com 54%
11.10.2018
Homem que morreu em motel foi vítima de causas naturais
11.10.2018
Ulisses Maia volta atrás e suspende projeto de novo imposto
11.10.2018
Movimento na região de Maringá deve aumentar 20% no feriadão
10.10.2018
Cidade de Sarandi comemora 37 anos
10.10.2018
Câmara aprova projeto de segurança e fiscalização de combustíveis
10.10.2018
Maia assina projeto para implantar o “botão do pânico”
10.10.2018
“Gatorade” de cocaína é usado para matar presos
10.10.2018
Prefeitura faz projeto para cobrar novo tributo
09.10.2018
Partidos devem anunciar apoio no segundo turno
09.10.2018
Calçadas irregulares rendem quase 2 mil notificações
09.10.2018
Maringá elege oito deputados e aumenta representatividade
09.10.2018
Universidade inaugura sistema de monitoramento
09.10.2018
MP denuncia homem por feminicídio
08.10.2018
Vídeos com problemas nas urnas eletrônicas viralizam
08.10.2018
Haddad está em Curitiba pedindo conselho na prisão
08.10.2018
Briga termina em assassinato no Ebenezer
07.10.2018
Ratinho Júnior é eleito governador do Paraná
07.10.2018
Bolsonaro e Haddad disputam o segundo turno
06.10.2018
“Operações Eleitorais” unem órgãos de segurança de Maringá
07.10.2018
Prefeitura abre licitação para agência de publicidade
07.10.2018
Mais de 147 milhões de eleitores devem ir às urnas neste domingo
06.10.2018
Plano de mobilidade urbana será elaborado em 2019
06.10.2018
Presos libertam reféns e encerram rebelião
05.10.2018
Eleitor pode consultar local de votação por telefone
05.10.2018
Polícia Militar monta esquema para as Eleições 2018
05.10.2018
Depen controla rebelião na Penitenciária Estadual
04.10.2018
Agentes de trânsito vão receber adicional por periculosidade
04.10.2018
Festa das Nações
04.10.2018
Candidato a governo de São Paulo sofre ataque a tiros
04.10.2018
Maringá terá reajuste de 4,2% no IPTU em 2019
03.10.2018
Prefeitura abre licitação para novos jazidos
03.10.2018
Projeto “Trânsito em Sala de Aula”
03.10.2018
Bolsonaro dispara a 32% segundo Datafolha
03.10.2018
João Gordo relembra saída da MTV
03.10.2018
Maringá atingiu a maior arrecadação do ISSQN da história
03.10.2018
Mulher atropela e fere ex-marido
02.10.2018
Problema de umidade em solo da Catedral
02.10.2018
Maringá tem R$ 2,1 bi em poupança
02.10.2018
Palocci diz que houve desonestidade em toda a estrutura do PT
02.10.2018
Paraná não terá lei seca nas eleições 2018
02.10.2018
Atirador mata jovem pelas costas
01.10.2018
Manifestantes vão às ruas em apoio a Jair Bolsonaro
01.10.2018
Terremoto e tsunami na Indonésia causam mais de 800 mortes
01.10.2018
Atividades diversas marcam a Semana do Idoso
01.10.2018
Sanepar é proibida de cobrar taxa mínima de água e esgoto
01.10.2018
Professor denuncia ação durante eleições da UEM
Nipo Brasileiro Contabilidade
Asia Sushi Beer
SINCONFEMAR
Della Pizza
B1
Centro Comercial Tiradentes
Paraná Banco
MAPA - Venda de Ônibus
Oliver Media
Garage Motors
OdontoAtual