Maringá, 19 de Novembro de 2018
GLOBAL BENEFÍCIOS Black Bull Steak House
 
Untitled Document
06.07.2018
Imprudência causa acidente com morte na BR-376
Marialva - Na madrugada de ontem, pouco depois das 3h, um grave acidente foi registrado na rodovia BR-376, em Marialva.

Um ônibus de Loanda, da empresa Belidom, que saiu de Curitiba transportando pacientes, colidiu violentamente contra uma carreta Volvo, modelo FH 400. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) confirmou que o ônibus bateu na lateral do caminhão, que fazia uma conversão proibida na pista. Com o impacto do choque, o coletivo tombou na via marginal à BR-376, nas proximidades do antigo posto da PRF, na saída de Marialva para Maringá. O motorista, Rogério José Carvalho Morais, de 42 anos, morreu na hora e 13 pessoas sofreram ferimentos. Morais, que residia na cidade de Pérola, era pai de um menino que nasceu há 27 dias. Segundo depoimento de alguns passageiros, ele dirigia em excesso de velocidade. seu corpo foi levado ao Instituto Médico legal (IML) de Maringá e, posteriormente, para a cidade de Pérola.

O condutor da carreta, Roberto Carlos de Jesus, 47 anos, que trafegava no sentido Marialva-Mandaguari, realizou uma conversão em local proibido - o retorno naquele ponto é livre para veículos na direção Marialva-Sarandi.

O ônibus prestava serviços para prefeituras e havia transportado pacientes de Sarandi, Maringá, Paiçandu, Paranavaí, Cianorte e região de Umuarama, na noite da última terça-feira, para Curitiba. Após um dia realizando consultas médicas e exames de saúde, os passageiros deixaram Curitiba na noite de quarta-feira. De acordo com a PRF, havia 25 passageiros, entre crianças e idosos - a maioria era de Umuarama, 11 pessoas. Nove ambulâncias foram acionadas para atendimento aos feridos na colisão, movimentando equipes do Corpo de Bombeiros de Maringá, Samu Maringá, Sarandi, Paiçandu e Mandaguari, Defesa Civil de Marialva e Viapar, que administra o trecho da rodovia.

Os feridos foram levados para hospitais da região, incluindo Sarandi e Maringá. O motorista do caminhão foi encaminhado à Delegacia da Polícia Civil de Marialva, onde foi autuado em flagrante por homicídio culposo. Ele fez o teste do bafômetro, que deu negativo para o consumo de álcool. Os tacógrafos dos dois veículos foram apreendidos para perícia.

Por volta das 8h30, o trânsito sentido a Maringá foi liberado. O ônibus foi guinchado pela Viapar.

Desconhecia o trecho

O motorista causador do acidente, que teria agido de forma “imprudente e irresponsável”, segundo uma fonte da PRF, falou à imprensa na delegacia. Ele afirmou que não conhecia o trecho, que não viu as placas que proibiam a manobra na rodovia e acabou fazendo a conversão no lugar errado. O motorista, caminhoneiro há cerca de 20 anos, havia carregado o veículo no Mato Grosso do Sul, onde reside, e fez o transporte de produtos agrícolas até Marialva. Ele já havia descarregado e estava voltando para a casa quando a colisão aconteceu.


Tattá Cabral
Foto - Reprodução
 
19.11.2018
Filhas saem em defesa de Silvio Santos
19.11.2018
Problema com ambulâncias no HU
19.11.2018
Festa Literária de Maringá começa quarta-feira
19.11.2018
SRM promove 10ª Agrocampo
19.11.2018
Hospital do Câncer precisa de doadores de sangue
19.11.2018
Prefeitura cobra do DER adequações para fechar cruzamentos
Nipo Brasileiro Contabilidade
Asia Sushi Beer
SINCONFEMAR
Della Pizza
B1
Centro Comercial Tiradentes
Paraná Banco
MAPA - Venda de Ônibus
Oliver Media
Garage Motors
OdontoAtual