Maringá, 19 de Novembro de 2018
GLOBAL BENEFÍCIOS Black Bull Steak House
 
Untitled Document
06.07.2018
Brasil aposta em ataque para vencer
Apesar de ter melhor defesa da Copa com apenas um gol sofrido, ao lado do Uruguai, o Brasil deverá ser uma seleção criativa e ofensiva no confronto com a Bélgica, nesta sexta-feira (6), na Arena Kazan, pelas quartas de final do Mundial da Rússia.

A opção pelo retorno do lateral-esquerdo Marcelo ao time, recolocando Felipe Luis no banco de reservas, é uma das atitudes que revelam o pensamento do treinador brasileiro. Tite acredita que a partida será aberta e com várias oportunidades de gol.

"O poder criativo da Bélgica é muito forte, a qualidade, vai ser um grande jogo. São duas equipes que primam por um futebol bonito, cada um com suas características. A Bélgica tem valores individuais de qualidade, um grande técnico, uma grande campanha. Vai ser um grande jogo", avaliou Tite.

Marcelo, que sofreu um espasmo na musculatura da coluna nos primeiros minutos do jogo contra a Sérvia, na terceira rodada da fase de grupos, é mais experiente, habilidoso e ofensivo.

O lateral do Real Madrid não atuou contra o México nas oitavas de final porque, segundo a comissão técnica, ainda não reunia condições para atuar os 90 minutos da partida eliminatória — que poderia até mesmo ser definida na prorrogação ou na disputa de pênaltis.

Já Felipe Luis, que cumpriu bem a função, conforme Tite afirmou em entrevistas, é apontado como um jogador de características mais defensivas. O atleta, que joga pelo Atlético de Madri, é mais contido e não proporcionaria o apoio que Neymar, Coutinho e Gabriel Jesus necessitarão no jogo contra os belgas.

O Brasil também terá de volta o atacante Douglas Costa, recuperado de uma lesão muscular. O jogador, que se contundiu na vitória sobre a Costa Rica — ele entrou no segundo tempo e se tornou um dos melhores do jogo — passou por um tratamento intensivo para estar em condições de enfrentar a Bélgica. Douglas será opção de Tite para o duelo.

No ataque, o técnico brasileiro já adiantou que manterá Gabriel Jesus. Firmino entrou em todas as partidas e fez o segundo gol da seleção sobre os mexicanos. Apesar de ainda não ter marcado no Mundial, o ex-palmeirense, agora atacante do Manchester City, tem ajudado na marcação e desempenhado bem as funções determinados por Tite.

"O jogo vai se desenhando e as circunstâncias também. A versatilidade do Gabriel nos permitiu ajustar a equipe, e todos os atletas têm sido decisivos. O Firmino é dessa forma", ponderou o técnico do Brasil.

Foto - Reprodução
 
19.11.2018
Filhas saem em defesa de Silvio Santos
19.11.2018
Problema com ambulâncias no HU
19.11.2018
Festa Literária de Maringá começa quarta-feira
19.11.2018
SRM promove 10ª Agrocampo
19.11.2018
Hospital do Câncer precisa de doadores de sangue
19.11.2018
Prefeitura cobra do DER adequações para fechar cruzamentos
Nipo Brasileiro Contabilidade
Asia Sushi Beer
SINCONFEMAR
Della Pizza
B1
Centro Comercial Tiradentes
Paraná Banco
MAPA - Venda de Ônibus
Oliver Media
Garage Motors
OdontoAtual