Maringá, 17 de Junho de 2019
GLOBAL BENEFÍCIOS Black Bull Steak House
 
Untitled Document
25.07.2018
Governo vai cortar R$ 5 bi em benefícios irregulares do INSS
Até o final do ano, mais de R$ 5 bilhões gastos em benefícios da Previdência Social deverão ser cortados por causa de irregularidades, que estão em apuração no Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU).

O corte segue o trabalho de revisão de benefícios sociais feito pelo Comitê de Monitoramento e Avaliação de Políticas Públicas Federais (CMAP), criado em abril de 2016 com a Portaria Interministerial nº 102, e formado por técnicos e dirigentes da CGU e dos ministérios do Planejamento, da Fazenda e da Casa Civil.

Conforme o Secretário Federal de Controle Interno da CGU, Antônio Carlos Bezerra Leonel, ainda não é conhecido o número de pessoas que perderão os benefícios por causa de fraude. A CGU não divulgou quais irregularidades estão em apuração.

Nesta terça-feira (24), o governo anunciou a suspensão de 341.746 auxílios-doença e 108.512 aposentadorias por invalidez, que totalizam R$ 9,6 bilhões no pagamento de auxílios-doença acumulado entre o segundo semestre de 2016 e 30 de junho de 2018.

Até o fim do ano, serão revisados 552.998 auxílios-doença e 1.004.886 aposentadorias por invalidez.

Bolsa Família
Além de benefícios previdenciários, o CMAP revisou os benefícios pagos pelo programa Bolsa Família. Em dois anos, 5,2 milhões de famílias foram excluídas, e outras 4,8 milhões entraram no programa.

“No caso do PBF [Bolsa Família] não há propriamente uma economia de recursos, mas a focalização do programa”, assinala o ministro do Desenvolvimento Social, Alberto Beltrame. Segundo ele, a exclusão de pessoas recebendo benefícios de forma irregular permitiu manter zerada a fila de espera de novos cadastrados no programa.

Os anúncios de corte de benefícios sociais e previdenciários são recebidos com cautela pela sociedade civil.

Lylia Rojas, do Conselho Federal de Serviço Social (CFESS), argumenta que falta à medida “transparência necessária” e que há casos de pessoas que tem o benefício indevidamente cortado e depois recuperam o direito na Justiça, gerando mais gastos ao erário.

Para o diretor-executivo da Transparência Brasil (ONG), Manoel Galdino, as fraudes ocorrem porque "o governo é desorganizado" e não mantêm a base dos cadastros eletrônicos interligados – o que dificulta cruzamentos, e não divulga informações sobre envolvidos e a abertura de processos.

Para Gil Castelo Branco, do site Contas Abertas, “é preciso que seja feito regularmente um trabalho de inteligência para evitar que as fraudes cheguem às atuais proporções”. De acordo com ele, “onde há benefício há alguém tentando se favorecer ilegalmente”.

Fraudes fiscais
Em resposta às críticas, o Secretário Federal de Controle Interno da CGU, Antônio Carlos Bezerra Leonel, afirma que “o corte de benefícios irregulares é na casa dos milhões e que os recursos judiciais são na casa dos milhares”.

De acordo com ele, o Comitê de Monitoramento e Avaliação de Políticas Públicas Federais está investindo em tecnologia de informação para melhorar o cruzamento de dados cadastrais e registros administrativos. Ele pondera que a divulgação de nomes de supostos envolvidos em fraude tem que observar a lei, que prevê confidencialidade de dados cadastrais.

Conforme Bezerra Leonel, o governo também criará um comitê de monitoramento das políticas fiscais. Uma portaria está em elaboração na Casa Civil para a implantação de um grupo que apure eventuais fraudes de empresas beneficiadas com isenções de tributos e de renúncia fiscal.

Agência Brasil
 
14.06.2019
Coluna do Verde
14.06.2019
Ações do Junho Vermelho começam em Maringá
14.06.2019
Câmara discute projeto de criação de casas populares
14.06.2019
Mega-Sena sorteia neste sábado prêmio de R$ 115 milhões
14.06.2019
Assaltantes morrem em confronto com a polícia
13.05.2019
Prefeitura assina convênio com o BB
13.06.2019
Coluna do Verde
13.06.2019
Santos vence Corinthians
13.06.2019
Parque do Japão vai investigar morte de carpas
13.06.2019
Decisão do TRF1 não vê ilegalidades no contingenciamento de recursos
13.06.2019
Desmontada quadrilha de ladrões de carros
12.06.2019
Arquidiocese registra queixa contra suposto padre
12.06.2019
Balanço mostra queda de 23% no número de homicídios
12.06.2019
Procon reúne notas fiscais de postos de combustíveis
12.06.2019
Geison Ferdinandi assuma o Procon
12.06.2019
Dnit analisa projeto de oito viadutos no Contorno Norte
11.06.2019
Acim apresenta pesquisa do Dia dos Namorados
11.06.2019
Neymar perde valor no mercado
11.06.2019
Começam as inscrições para o ProUni
11.06.2019
Advogado formado em Maringá morre esfaqueado em Guaratuba
11.06.2019
Servidores do Sinteemar entram em greve na sexta-feira
10.06.2019
HU de Maringá atendeu mais de 60 mil pessoas em 2018
120.06.201
Coluna sindical
10.06.2019
Brasil goleia Honduras
10.06.2019
Mega-Sena acumula e prêmio para o próximo concurso é R$ 80 milhões
10.06.2019
Preso suspeito de crime macabro
10.06.2019
Restituição do Imposto de Renda está aberta
07.06.2019
Obras de Portinari são disponibilizadas no Google
07.06.2019
Coluna do Verde
07.06.2019
Atlético-MG bate Santos de virada
07.06.2019
Copa do Mundo de Futebol Feminino
07.06.2019
Polícia conclui inquérito do caso Jeniffer
07.06.2019
Provopar inicia Campanha do Agasalho 2019
06.06.2019
Feira de Livros oferece centenas de obras
06.06.2019
Brasil vence Catar
06.06.2019
Coluna do Verde
06.06.2019
Nepal recupera 4 corpos e retira 11 toneladas de lixo no Everest
06.06.2019
Suspeito de pedofilia é preso em Maringá
06.06.2019
Programa Bota-Fora será retomado em Maringá
05.06.2019
Santa Luiza de Marillac precisa de doações de leite
05.06.2019
Francês Press
05.06.2019
MEC não confirma campus da UTFPR em Maringá
05.06.2019
Flamengo avança na Copa do Brasil
05.06.2019
Estados terão de cortar gastos e aumentar receitas
05.06.2019
Venda de refrigerante e chocolate em escolas será proibida
04.06.2019
Guardas municipais iniciam curso para uso de armas
04.06.2019
Jadson e Sornoza em campo
04.06.2019
EUA pedem a solicitantes de visto detalhes sobre redes sociais
04.06.2019
Coluna do Verde
04.06.2019
Morre o comerciante esfaqueado por dívida
04.06.2019
Semana do Meio Ambiente discute assuntos importantes
03.06.2019
Figurinos de Lady Gaga ganham exposição
03.06.2019
Obras do Terminal Intermodal avançam
03.06.2019
Bazar com mercadorias da Receita Federal
03.06.2019
Preços de combustíveis serão investigados
03.06.2019
Bolsonaro pretende dobrar pontos para suspensão de CNH
03.06.2019
Vacina da gripe está liberada a toda população
Nipo Brasileiro Contabilidade
Asia Sushi Beer
SINCONFEMAR
Della Pizza
B1
Centro Comercial Tiradentes
Avenida Store
MAPA - Venda de Ônibus
Oliver Media
Garage Motors
OdontoAtual