Maringá, 19 de Agosto de 2018
GLOBAL BENEFÍCIOS Black Bull Steak House
 
Untitled Document
09.08.2018
Cruzeiro vence Fla no Maracanã
O Cruzeiro surpreendeu o Flamengo nesta quarta-feira (8), em pleno Maracanã, na primeira partida entre ambos pelas oitavas de final da Copa Libertadores. A equipe mineira venceu o confronto por 2 a 0 e, desta forma, construiu uma ótima vantagem para o duelo da volta, que ocorrerá em Belo Horizonte, no dia 29 de agosto. Os gols da equipe celeste foram marcados por Arrascaeta e Thiago Neves.

O vencedor desta eliminatória entre brasileiros enfrentará o ganhador do duelo entre Boca Juniors e Libertad-PAR. Nesta quarta, o time argentino venceu o Libertad-PAR por 2 a 0, em Buenos Aires, triunfo que representou um importante passo para a classificação às quartas da Libertadores.

O jogo

O íncio do jogo foi de muito equilíbrio e com os times se estudarando nos primeiros minutos.

A primeira chegada à linha de fundo aconteceu aos 7 minutos, quando o flamenguista Marlos Moreno cruzou, mas foi interceptado pela defesa do Cruzeiro.

Na cobrança do escanteio, o meia Diego Ribas quase fez um gol olímpico. A bola entraria na primeira trave, mas o goleiro Fábio conseguiu cortar e cedeu novo escanteio para o time da casa.

No entanto, os donos da casa foram surpreendidos pelo Cruzeiro dois minutos mais tarde, quando o uruguaio Arrascaeta surgiu sozinho na área, dominou e bateu rasteiro, na saída do goleiro Diego Alves, para abrir o placar: 1 a 0.

Os jogadores do time rubro-negro carioca pediram a marcação da impedimento, mas Rodinei e Jean Lucas davam condições para o atleta cruzeirense.

O árbitro argentino Néstor Pitana — ele também foi árbitro da final da última Copa do Mundo, vencida pela França com uma goleada por 4 a 2 sobre a Croácia, em Moscou — validou o lance.

Aos 13, o experiente meia Thiago Neves entrou fez uma falta por trás no meio-campista Jean Lucas e foi punido com o cartão amarelo pela arbiragem.

Pouco depois, o mesmo Thiago Neves perdeu um gol incrível e, consequentemente, a chance de aumentar a vantagem do Cruzeiro na partida. O meia recebeu um passe de Robinho dentro da pequena área, quase embaixo do gol e absolutamente livre, mas acertou a trave superior de Diego Alves.

O Flamengo, que não tinha mais Paolo Guerrero, negociado com o Internacional, tentou recuperar o domínio das ações ofensivas.

Aos 23 minutos, o colombiano Fernando Uribe testou com perigo para Fábio, mas a bola cruzou o gol sem que o ataque do Flamengo conseguisse alcançar a sobra.

Aos 30, o lateral Rodinei recebeu de Éverton Ribeiro na direita e cruzou para Uribe. O colombiano chegou em velocidade e acertou uma cabeçada forte, mas a bola passou à esquerda do gol de Fábio.

Quatro minutos depois, o Flamengo bateu escanteio pela direita, a bola viajou baixa pela área do cruzeiro e com muito perigo. O goleiro Fábio desviou levemente, mas o ataque da equipe carioca não conseguiu aproveitar o rebote. Por fim, o lateral Edílson afastou para a linha de fundo.

Antes do encerramento do primeiro tempo, aos 45 minutos, Éverton Ribeiro achou Rodinei dentro da área e o lateral bateu firme. Fábio deu rebote, a bola voltou para Éverton, que novamente passou para Rodinei. Mais uma vez, o goleiro cruzeirense levou a melhor e fez a defesa.

O Flamengo pressionou muito — teve 60% de posse de bola —, mas sem objetividade. O Cruzeiro, por outro lado, administrou o ímpeto do adversário e teve chances para ampliar o marcador nos contra-ataques.

Segundo tempo

O Flamengo voltou para a segunda etapa com muita disposição e quase empatou a partida aos 3 minutos. O cruzamento da direita encontrou Uribe, que cabeceou para o chão, de forma certeira, mas Fábio fez uma linda defesa e evitou o gol.

Aos 8 minutos, o atacante Marlos Moreno entrou na área e caiu após tentar passar pelo zagueiro Dedé. Todo o time flamenguista pediu pênalti, mas Néstor Pitana mandou o lance seguir.

Porém, o árbitro argentino não utilizou ou mesmo foi acionado pelo VAR (Árbitro Assistente de Vídeo, na sigla em inglês), recurso disponibilizado nesta fase da Libertadores pela Conmebol, entidade que administra o futebol sul-americano.

Assim como no primeiro tempo, o Flamengo ficava mais com a bola, mas não conseguia furar o bloqueio armado pela zaga da equipe celeste.

Aos 21 minutos, o lateral Edílson arrancou pelo meio e foi parado com falta por Cuéllar. O volante flamenguista recebeu o cartão amarelo. Na cobrança de falta, Thiago Neves carimbou a barreira.

Na sequência, o jovem atacante Raniel, que havia entrado no lugar do argentino Barcos, dominou na coxa e arriscou de longe. O chute passou muito perto da trave direita de Diego Alves, que caiu assustado.

O Flamengo continuava sufocando, mas o Cruzeiro praticamente praticamente garantiu a vitória — e talvez a classificação — com um gol de Thiago Neves, aos 32 minutos. Bem colocado na área, o meia desviou um chute do volante Lucas Silva e enganou o goleiro Diego Alves.

Logo após marcar o gol, Thiago Neves, velho conhecido das torcidas do Rio de Janeiro (com passagens por Fluminense e Flamengo), foi substituído pelo volante argentino Ariel Cabral.

Depois de sofrer o segundo gol, os jogadores do Flamengo demonstraram abatimento e não conseguiram nem mesmo pressionar o adversário como antes.

O Cruzeiro ainda teve duas grandes chances de fazer o terceiro gol, mas foi salvo em ambas pelo goleiro Diego Alves de um resultado ainda mais desastroso para os planos do clube de avançar na Libertadores.

Na primeira delas, Raniel chutou cruzado, mas Diego Alves caiu bem e desviou com o braço direito. Na segunda, Rafinha surgiu na frente do goleiro flamenguista e tentou tocar na saída de Diego, que defendeu com os pés.

No fim, a pequena torcida cruzeirense que compareceu ao Maracanã fez uma festa incrível e calou os mais de 40 mil flamenguistas que tentaram apoiar o time.

Foto - Reprodução
 
19.08.2018
Celibato clerical
19.0.2018
Mara Maravilha briga com Léo Dias
19.08.2018
Prefeito destaca 89 obras em andamento
19.08.2018
Antiga Estrada Venda 200 será caminho turístico
19.08.2018
Samu ganha ambulância doada por empresário
19.08.2018
Temer convoca reunião para discutir ataque a venezuelanos
Nipo Brasileiro Contabilidade
Asia Sushi Beer
SINCONFEMAR
Della Pizza
B1
Centro Comercial Tiradentes
Paraná Banco
MAPA - Venda de Ônibus
Oliver Media
Garage Motors
OdontoAtual