Maringá, 21 de Novembro de 2018
GLOBAL BENEFÍCIOS Black Bull Steak House
 
Untitled Document
16.08.2018
Porquê as mulheres estão morrendo?
Feminicídio. Lei Maria da Penha. Código Penal. Recursos legais temos de sobra, mas mesmo assim os crimes contra a mulher estão aumentando cada vez mais. As estatísticas recentes mostram que de um ano para outro aumenta em mais de 6 por cento o índice de mortalidade por violência.

Mas se temos tantos recursos porquê esta estatística tende a aumentar cada vez mais?

Seria Machismo ? Traição ? Alcoolismo ? Motivo Torpe ? Falta de Cultura ?
Não se sabe. Este último motivo aí, falta de cultura talvez não seja, pois temos um exemplo recente ocorrido em Guarapuava, onde uma Advogada teria sido morta pelo seu marido, que é Biólogo e Professor.

Certamente os motivos são outros. É evidente que os crimes acontecem nos relacionamentos que envolvem as pessoas de classe um pouco mais baixa.

Estas relações, segundo consta, estão cada vez mais supérfluas e quase podem ser classificadas como um simples relacionamento, o que aumenta a possibilidade de violência, tendo em vista a falta de melhor conhecimento entre o casal.

Mas as mulheres vitimas não se defendem ?
Este é que seria o maior problema. Uma boa parte, sofre violência doméstica, mas aceita passivamente, por medo ou por acreditar que a vida volte ao normal. O final disso todos já sabem.

Outra parte presta queixa da violência, à policia e ao Poder Judiciário, inclusive requerendo a distância de aproximação.

Ao final, todas têm o mesmo destino: a morte. E muitas delas na frente dos próprios filhos, o que torna o fato ainda mais lamentável e cruel.

O assunto é de suma importância e cada vez mais está se infiltrando nos meios sociais, numa tentativa de que isso um dia tem de acabar.

O tema já foi matéria de todas as esferas do Poder Judiciário, que já fez a sua parte, impondo leis que estão em vigor.

Deste setor nada mais se espera, pois está atuando, inclusive com imponência.

A verdade é que a maioria dos autores destes crimes domésticos consegue se safar, graças as inúmeras brechas que a nossa lei proporciona.

O que permanece perante a sociedade é a melancólica situação dos filhos, que normalmente a tudo assistem, nada podem fazer e em várias ocasiões, muitos deles tornam-se vingativos perante esta mesma sociedade, que segundo sua ótica, não os assistiu quanto deveria.

Mas esta onda criminal poderia ter solução?
É dificil, pois são relacionamentos pessoais e íntimos.

A verdade é que somente denúncias não bastam. Nem as separações também, pois em vários casos os ex-companheiros vão atrás das vitimas.

A situação é drástica, e calcula-se que para a mulher não há solução momentânea.

A não ser que, como pregam os radicais, a partir do momento em que a mulher presumir que poderá acontecer algo de grave com ela, que tome primeiro a iniciativa...

Walter Poppi
Foto - Reprodução
 
21.11.2018
Palmeiras pode ser campeão antecipado
21.11.2018
Projeto da pista emborrachada do Parque do Ingá
21.11.2018
Falando sobre Aids
21.11.2018
Idoso desaparecido é encontrado morto
21.11.2018
Moro anuncia delegados paranaenses para PF e DRCI
21.11.2018
Começa a Festa Literária Internacional de Maringá
20.11.2018
Hospital Universitário precisa contratar 38 médicos
20.11.2018
Defesa Civil de Maringá eleita a melhor do Estado
20.11.2018
Moro coordenará grupo de combate à corrupção
20.11.2018
PRF registra 15 mortes na Operação República no Paraná
20.11.2018
Acidente na avenida Colombo faz mais uma vítima fatal
19.11.2018
Filhas saem em defesa de Silvio Santos
19.11.2018
Problema com ambulâncias no HU
19.11.2018
Festa Literária de Maringá começa quarta-feira
19.11.2018
SRM promove 10ª Agrocampo
19.11.2018
Hospital do Câncer precisa de doadores de sangue
19.11.2018
Prefeitura cobra do DER adequações para fechar cruzamentos
Nipo Brasileiro Contabilidade
Asia Sushi Beer
SINCONFEMAR
Della Pizza
B1
Centro Comercial Tiradentes
Paraná Banco
MAPA - Venda de Ônibus
Oliver Media
Garage Motors
OdontoAtual