Maringá, 20 de Novembro de 2018
GLOBAL BENEFÍCIOS Black Bull Steak House
 
Untitled Document
02.10.2018
Problema de umidade em solo da Catedral
Um laudo feito por uma empresa contratada pela Catedral de Maringá constatou que aumentou em até 30% a umidade do solo onde fica a igreja. O levantamento não aponta as causas do ocorrido, porém, a suspeita continua sendo que o problema veio de vazamentos dos espelhos d’água ao redor da Catedral.

“O prefeito já determinou uma apuração rápida do caso. Sendo constatado que o aumento da umidade é causado pelo espelho, a administração vai providenciar reparos necessários imediatamente. Recebemos nesta segunda-feira uma cópia do laudo que vai nos auxiliar a subsidiar uma contratação por inexigibilidade para apurar as razões desse aumento. Não temos a certeza e estamos procurando. Se for culpa dos espelhos, seja por falta de manutenção ou execução da obra, medidas serão tomadas”, explicou o chefe da Secretaria de Gestão, Rogério Calazans.

Os espelhos d’água foram construídos em 2009 e desde então foi realizada nenhuma manutenção na obra. Por conta disso, não é descartada a responsabilidade.

“Um procedimento rápido vai resolver onde devemos agir. A preocupação nossa não é só com o espelho, mas o que isso pode ter causado também na Catedral. A igreja apresenta algumas rachaduras”, concluiu Calazans.

De acordo com o chefe de Gabinete, Domingos Trevizan, localizando a origem do problema, a Prefeitura vai se responsabilizar, não só pela manutenção dentro do templo, que seria responsabilidade da igreja, como da parte externa.

“Vamos fazer uma avaliação junto com a Secretaria de Obras Públicas e a Procuradoria Jurídica para avaliar o aspecto legal de contratação da empresa que deverá fazer os reparos. A princípio, a empresa que fez o orçamento de restauração para a Catedral, apresentou um valor entre R$ 250 e R$ 300 mil”, informou Trevizan.

Em agosto a prefeitura de Maringá percebeu que a conta de água da Praça da Catedral estava alta demais e rachaduras haviam aparecido. Depois da entrega do laudo para a Prefeitura, agora será preciso um novo documento para confirmar que o vazamento vem dos espelhos de água.

Victor Cardoso
Foto - Reprodução
 
20.11.2018
Hospital Universitário precisa contratar 38 médicos
20.11.2018
Defesa Civil de Maringá eleita a melhor do Estado
20.11.2018
Moro coordenará grupo de combate à corrupção
20.11.2018
PRF registra 15 mortes na Operação República no Paraná
20.11.2018
Acidente na avenida Colombo faz mais uma vítima fatal
19.11.2018
Filhas saem em defesa de Silvio Santos
19.11.2018
Problema com ambulâncias no HU
19.11.2018
Festa Literária de Maringá começa quarta-feira
19.11.2018
SRM promove 10ª Agrocampo
19.11.2018
Hospital do Câncer precisa de doadores de sangue
19.11.2018
Prefeitura cobra do DER adequações para fechar cruzamentos
Nipo Brasileiro Contabilidade
Asia Sushi Beer
SINCONFEMAR
Della Pizza
B1
Centro Comercial Tiradentes
Paraná Banco
MAPA - Venda de Ônibus
Oliver Media
Garage Motors
OdontoAtual