Maringá, 20 de Novembro de 2018
GLOBAL BENEFÍCIOS Black Bull Steak House
 
Untitled Document
03.10.2018
Maringá atingiu a maior arrecadação do ISSQN da história
Um novo recorde de arrecadação de Imposto Sobre Serviço de Qualquer Natureza (ISSQN) foi registrado pela Prefeitura de Maringá.

Conforme os números da prestação de contas referentes ao segundo quadrimestre de 2018 apresentados em audiência pública na Câmara Municipal, a arrecadação do imposto no mês passado atingiu R$ 14,501 milhões.

“O aumento foi 10,84% superior em relação ao mesmo mês do exercício anterior, acumulando uma arrecadação de R$ 123,4 milhões de janeiro a setembro deste ano, o que representa 18,28% a mais do que o volume registrado no mesmo período de 2017, quando o município arrecadou R$ 143,086 milhões durante todo o ano”, informou o secretário municipal de Fazenda, Orlando Chiqueto.

Se a arrecadação se manter na faixa dos R$ 13 e R$ 14 milhões, em outubro o município pode chegar ao valor total arrecadado com o imposto no ano passado. O recorde havia sido em maio com R$ 14,1 milhões.

“O incremento de 21,54% na arrecadação acumulada de ISS no primeiro semestre de 2018, em relação ao mesmo período de 2017, quando saltou de R$ 66,6 milhões para R$ 80,9 milhões, ocorreu em um momento em que a Agência de Notícias do IBGE verificou uma queda de 3,8% no setor de serviços do Brasil. No Paraná a retração foi ainda maior, de menos 8,6%”, contou o secretário.

Para ele, esse incremento é atribuído ao fato de Maringá ser centro de excelência na área médica, de tecnologia da informação, de ensino, nas atividades contábeis e de intermediações de negócios de seguros, como as instituições financeiras e cooperativas de crédito.

“Esses segmentos também ancoram o Masterplan, que é o sistema de planejamento socioeconômico elaborado pela sociedade civil organizada com a finalidade de estabelecer metas para Maringá até o ano de 2047. São setores que empregam mais mão de obra qualificada e, portanto, melhor remunerada, o que é traduzido em maior renda, mais recursos e mais consumo, que completam o ciclo revertendo em mais impostos para o município”, finalizou Chiqueto.

IMPOSTOS
O município também aumentou a capacidade de arrecadação de receita própria com as cobranças de Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) e Imposto sobre Transferência de Bens Imóveis (ITBI). A arrecadação de IPTU já totaliza R$ 135,5 milhões ou 82,56% do valor lançado para 2018, que é de R$ 164,2 milhões.

A receita tributária do município também é composta pela arrecadação do ITBI, que chega a R$ 48,1 milhões ou 75,41%, e do Imposto de Renda Retido na Fonte (IRRF), que já atinge R$ 41,6 milhões ou 59,20% do previsto para 2018.

Victor Cardoso
Foto - Reprodução
 
20.11.2018
Hospital Universitário precisa contratar 38 médicos
20.11.2018
Defesa Civil de Maringá eleita a melhor do Estado
20.11.2018
Moro coordenará grupo de combate à corrupção
20.11.2018
PRF registra 15 mortes na Operação República no Paraná
20.11.2018
Acidente na avenida Colombo faz mais uma vítima fatal
19.11.2018
Filhas saem em defesa de Silvio Santos
19.11.2018
Problema com ambulâncias no HU
19.11.2018
Festa Literária de Maringá começa quarta-feira
19.11.2018
SRM promove 10ª Agrocampo
19.11.2018
Hospital do Câncer precisa de doadores de sangue
19.11.2018
Prefeitura cobra do DER adequações para fechar cruzamentos
Nipo Brasileiro Contabilidade
Asia Sushi Beer
SINCONFEMAR
Della Pizza
B1
Centro Comercial Tiradentes
Paraná Banco
MAPA - Venda de Ônibus
Oliver Media
Garage Motors
OdontoAtual