Maringá, 21 de Julho de 2019
GLOBAL BENEFÍCIOS Black Bull Steak House
 
Untitled Document
05.10.2018
Depen controla rebelião na Penitenciária Estadual
O Departamento Penitenciário do Paraná (Depen) informou, através de uma nota oficial, que "o início de motim" na Penitenciária Estadual de Maringá (PEM), na manhã de ontem, foi controlada e isolada na galeria 7.
"Equipes do Serviço de Operações Especiais do Depen (SOE), e policias do Batalhão de Choque da Polícia Militar, realizam a negociação no local. Por ora não há informações sobre feridos", confirma trecho da nota divulgada na tarde desta quinta-feira..
A rebelião foi iniciada por volta das 9h30, quando um agente penitenciário e dois presos foram feitos reféns. O agente, que inalou muita fumaça, já que os rebelados atearam fogo em colchões, passou mal. Uma equipe do Corpo de Bombeiros esteve na PEM para combate às chamas.
O movimento rebelde começou na ala 7, comandado por um grupo que pertence à facção criminosa Primeiro Comando da Capital(PCC). Os presos tentaram fugir pelo telhado, mas foram impedidos por agentes do Setor de Operações Especiais de Maringá. Atualmente, a galeria abriga 90 detentos, de um total de 455 internos, acima da capacidade da PEM, que é de 360 presos.
Conforme a Polícia Militar de Maringá, os demais presos foram levados para uma área segura, pois os rebelados tentaram acessá-los para ampliar a rebelião. O Batalhão de Operações Especiais (Bope) de Curitiba enviou uma equipe para negociar com os detentos em Maringá.
Os rebelados pedem agilidade nos processos e regularização das visitas. Durante a negociação, um dos detentos alegou que as visitas não são frequentes, e enfatizou que há atraso nos processos de vários presos. Eles afirmaram que estavam dispostos a negociar e que não teriam intenção de ferir os reféns.
Até o fechamento desta reportagem, a rebelião havia sido contida, mas alguns detentos continuavam na galeria 7 da penitenciária, onde estão envolvidos com o PCC. No local, um agente penitenciário e dois detentos, ainda estavam reféns dos rebelados.

Tattá Cabral
Foto - PM
 
20.07.2019
Preso o último suspeito de matar jovem com 127 facadas
20.07.2019
Estar presente
20.07.2019
Prefeitura abre licitações para lotes industriais e Parque Linear
20.07.2019
Feira Ponta de Estoque de Maringá
20.07.2019
Prefeitura lança campanha de prevenção no trânsito
19.07.2019
Domingo tem benção de veículos na Catedral
19.07.2019
Revitalização da Praça Rocha Pombo
19.07.2019
Ministério Público denuncia 18 por fraude em licitações
19.07.2019
Polícia descobre mais um desmanche de carros
19.07.2019
Coluna do Verde
19.07.2019
Trincheira entre Maringá e Sarandi seria solução no trânsito
18.07.2019
Coluna do Verde
18.07.2019
Estão vendendo tinta falsificada na região
18.07.2019
Governo quer reduzir alíquota do IR
18.07.2019
Inter vence o Palmeiras
18.07.2019
Athletico elimina o Flamengo
18.07.2019
Maringá é eleita 9ª melhor cidade brasileira para negócios
17.07.2019
Coluna do Verde
17.07.2019
SRM comemora 40 anos
17.07.2019
Prefeitos discutem ligação entre Maringá e Sarandi
17.07.2019
“Golpe do empréstimo” faz 20 vítimas em Maringá
17.07.2019
Começa a 29ª Feira Ponta de Estoque
17.07.2019
Maia pede à oposição que aprove estados e municípios na reforma
16.07.2019
Proibição de telemarketing de telefônicas começa a valer
16.07.2019
Coluna do Verde
16.07.2019
Mais de 1,7 mil candidatos faltam no Vestibular
16.07.2019
Maringá está entre as cidades mais felizes
16.07.2019
Pai tenta matar o filho a golpes de facão
16.07.2019
29ª Feira Ponta de Estoque começa amanhã
15.07.2019
Associação transforma cartelas de remédio em cadeiras de rodas
15.07.2019
Maringá confirma 100 novos casos de dengue
15.07.2019
"O Rei Leão" aposta em nostalgia
15.07.2019
Coluna do Verde
15.07.2019
Receita paga hoje restituições do 2º lote do IR
15.07.2019
Reunião da Sesa vai discutir a finalização do Hospital da Criança
Nipo Brasileiro Contabilidade
Asia Sushi Beer
SINCONFEMAR
Della Pizza
B1
Centro Comercial Tiradentes
Avenida Store
MAPA - Venda de Ônibus
Oliver Media
Garage Motors
OdontoAtual