Maringá, 18 de Julho de 2019
GLOBAL BENEFÍCIOS Black Bull Steak House
 
Untitled Document
06.10.2018
“Operações Eleitorais” unem órgãos de segurança de Maringá
Com o objetivo de combater crimes eleitorais e garantir a segurança de eleitores, servidores públicos e voluntários, os órgãos de segurança de Maringá iniciaram a campanha “Operações Eleições”.

É um trabalho em conjunto entre a Guarda Municipal, Fórum Eleitoral de Maringá e 4º Batalhão de Polícia Militar para manter em ordem os 151 locais de votação no município.

A Guarda Municipal vai reforçar a atuação nas unidades de ensino municipais, apoiará a Justiça Eleitoral com efetivo de 60 agentes e 12 viaturas, além de coibir possíveis confrontos entre manifestantes. São esperados 315 mil eleitores, neste domingo, no município.

“As ações serão realizadas na véspera, durante e após o resultado das eleições. Unidades de ensino que requerem mais segurança, conforme orientação da Justiça Eleitoral, receberão uma atenção especial. Acompanharemos manifestações, a Secretaria de Mobilidade Urbana interditará vias e controlará o fluxo de trânsito, e a Secretaria de Serviços Públicos atuará na limpeza dos locais”, ressaltou o secretário de Segurança Pública, coronel Antônio Padilha.

O capitão da Polícia Militar, José Renato Mildemberger Júnior, ressaltou que a intenção principal da operação é orientar a população.

“Isso tudo vem antes da repressão as ações, só iremos agir dessa forma se for necessário e não tiver outro meio. O comando recebeu todas orientações da Justiça Eleitoral que são repassadas aos policiais para esse período”, lembrou Júnior.

Todas as 934 urnas estão prontas para a votação de domingo e serão despachadas hoje para os locais de votação. De acordo com o juiz diretor do Fórum Eleitoral de Maringá, Frederico Mendes Júnior, tudo está acontecendo dentro da normalidade e foram registradas poucas ocorrências de propaganda irregular.

“Nós pedimos muita cautela para os eleitores. As eleições acontecem das oito e 17 horas e o voto é obrigatório para brasileiros entre 18 e 70 anos e facultativo para analfabetos e jovens entre 16 e 18 anos. O acirramento de ânimos existe, só que é preciso lembrar que após as eleições, a vida continua”, disse ele.

Para a votação é necessário levar um documento oficial com foto: carteira de identidade, passaporte, carteira de categoria profissional reconhecida por lei, certificado de reservista, carteira de trabalho, Documento Nacional de Identidade (DNI) ou carteira nacional de habilitação.

Victor Cardoso
 
18.07.2019
Coluna do Verde
18.07.2019
Estão vendendo tinta falsificada na região
18.07.2019
Governo quer reduzir alíquota do IR
18.07.2019
Inter vence o Palmeiras
18.07.2019
Athletico elimina o Flamengo
18.07.2019
Maringá é eleita 9ª melhor cidade brasileira para negócios
17.07.2019
Coluna do Verde
17.07.2019
SRM comemora 40 anos
17.07.2019
Prefeitos discutem ligação entre Maringá e Sarandi
17.07.2019
“Golpe do empréstimo” faz 20 vítimas em Maringá
17.07.2019
Começa a 29ª Feira Ponta de Estoque
17.07.2019
Maia pede à oposição que aprove estados e municípios na reforma
16.07.2019
Proibição de telemarketing de telefônicas começa a valer
16.07.2019
Coluna do Verde
16.07.2019
Mais de 1,7 mil candidatos faltam no Vestibular
16.07.2019
Maringá está entre as cidades mais felizes
16.07.2019
Pai tenta matar o filho a golpes de facão
16.07.2019
29ª Feira Ponta de Estoque começa amanhã
15.07.2019
Associação transforma cartelas de remédio em cadeiras de rodas
15.07.2019
Maringá confirma 100 novos casos de dengue
15.07.2019
"O Rei Leão" aposta em nostalgia
15.07.2019
Coluna do Verde
15.07.2019
Receita paga hoje restituições do 2º lote do IR
15.07.2019
Reunião da Sesa vai discutir a finalização do Hospital da Criança
Nipo Brasileiro Contabilidade
Asia Sushi Beer
SINCONFEMAR
Della Pizza
B1
Centro Comercial Tiradentes
Avenida Store
MAPA - Venda de Ônibus
Oliver Media
Garage Motors
OdontoAtual