Maringá, 24 de Agosto de 2019
GLOBAL BENEFÍCIOS Black Bull Steak House
 
Untitled Document
11.02.2019
Projeto de Lei proíbe canudos plásticos em Maringá
Um projeto de Lei que proíbe a utilização de canudos plásticos foi apresentado na Câmara Municipal de Maringá no final da semana passada. A lei prevê que os canudinhos sejam substituídos por outros feitos de papel ou materiais de menor impacto ambiental, e até mesmo com ingredientes comestíveis.

O texto diz que restaurantes, lanchonetes, bares e similares, e padarias, serão obrigadas a oferecer apenas os canudos sustentáveis, proibindo a utilização de plástico.

A proposta não prevê multa ou outras punições para quem desrespeitar a proibição. De acordo com o autor da iniciativa, vereador Carlos Mariucci, as penalidades deverão ser regulamentadas pela Prefeitura, caso o projeto seja aprovado. O projeto está em tramitação nas comissões da Câmara e ainda não tem uma data para que aconteça a votação. Foi protocolado no dia 22 de janeiro e disponibilizado na última quinta-feira, dia sete.

“Pode até parecer um problema distante do nosso cotidiano, mas como o plástico não é biodegradável, ele segue presente na natureza anos a fio, sem se decompor. É apenas reduzido a micropartículas invisíveis aos olhos humanos e ingeridas diariamente por animais, especialmente os aquáticos, e também por todos nós. O impacto ambiental é incalculável e a Organização Mundial da Saúde ainda investiga as consequências da ingestão de plástico para o organismo humano”, publicou o vereador em sua página no Facebook.

Em Maringá, alguns bares já utilizam os canudos feitos em aço inox, vidro, bambu e até mesmo de macarrão; mas ainda são poucos estabelecimentos. O empresário Diego Cuesta optou pelo inox para o bar que tem. Ele diz que o investimento foi muito rentável, principalmente porque aconteceu apenas uma vez. Além disso, destaca que o produto é garantia de higiene e qualidade.

“Assim que o canudo volta da mesa nós já limpamos. Fica de molho por um tempo depois são escovados com uma escova específica; ou seja, não tem risco de ficar nenhuma sujeira. Hoje está mais fácil adquirir, mas quando fomos comprar tivemos de olhar fornecedores até de outros países que fizessem o canudo do jeito que a gente queria. O cliente no início estranhou, mas foi um estranhamento extremamente agradável de se ver. É saúde sendo oferecida para quem sai de casa não pensando muito nisso”, disse ele.

A tentativa de restringir o consumo de canudos plásticos, para reduzir a poluição por plástico segue uma tendência de outras cidades do País. Em Londrina, por exemplo, a Câmara aprovou um projeto em outubro com o teor parecido. Na cidade o prazo de 180 dias já está correndo desde novembro, para que os estabelecimentos fiquem de acordo com a proibição e não paguem uma multa de até R$ 1 mil.

Em Curitiba, a lei que previa a proibição do uso de canudos plásticos precisou passar por uma readequação. Um texto substitutivo foi apresentado pela vereadora Maria Letícia Fagundes (PV), autora da proposta inicial. A proposta é apenas a criação de uma “política pública de incentivo ao desuso de canudos e copos plásticos descartáveis” na capital, ao contrário do anterior, que previa multas entre R$ 2 mil e R$ 10 mil para os estabelecimentos que mantivessem a utilização do acessório plástico. A substituição foi adotada depois de um “aprofundamento do estudo do impacto sócio-comercial do projeto anteriormente apresentado”.

Na época em que o projeto foi anunciado, a associação e o sindicato que representam os estabelecimentos gastronômicos da cidade se posicionaram contra a lei.

RIO
O Rio de Janeiro se tornou a primeira cidade brasileira a banir o uso de canudos plásticos em quiosques, bares e restaurantes. O projeto de lei foi sancionado em julho do ano passado pelo prefeito Marcelo Crivella. Os estabelecimentos que descumprirem a lei estão sujeitos a multa de R$ 3 mil reais e valor pode chegar a R$ 6 mil reais em caso de reincidência.

De acordo com o texto, canudos de papel biodegradável ou reciclável devem ser oferecidos como alternativa. Grandes empresas nacionais e internacionais que estão no município já aderiram os canudos sustentáveis e o resultado está sendo, além de saudável, atrativo para quem frequenta os espaços gastronômicos.

Essa guerra contra o produto começou há cerca de três anos, quando viralizou na internet um vídeo de uma tartaruga. O animal tinha um canudinho entalado nas narinas. Nos Estados Unidos, 500 milhões de canudos são usados e descartados diariamente. No Brasil, não há dados tão precisos, mas segundo o IBGE, a produção foi de 2.800 toneladas em 2015. A vida útil de um canudinho de plástico é de cerca de 10 minutos, mas demora até 500 anos para se decompor na natureza.

Victor Cardoso
Foto - Reprodução
 
23.08.2019
Conselho define datas letivas da UEM pós greve
23.08.2019
Vereador retira projeto polêmico de votação
23.08.2019
Coluna do Verde
23.08.2019
Rússia envia seu primeiro robô humanoide ao espaço
23.08.2019
Gaeco prende empresário maringaense
23.08.2019
Servidoras são acusadas de abusar crianças em CMEI
22.08.1019
De Niro processa ex-funcionária por assistir "Friends"
22.08.2019
Vereadores aprovam homenagem a Said Ferreira
22.08.2019
Coluna do Verde
22.08.2019
Sarampo: Começa hoje vacinação preventiva
22.08.2019
Polícia investiga morte da advogada Sandra Becker
22.08.2019
Projeto para criar o ‘Dia do Pobre’ gera polêmica
21.08.2019
Coluna do Verde
21.08.2019
Palmeiras vence o Grêmio
21.08.2019
EUA irão criar Comando Espacial
21.08.2019
Segue o julgamento dos acusados de matar auditor fiscal
21.08.2019
UEM perde bolsas após decisão do Governo Federal
20.08.2019
Felipão tenta acabar com série negativa
20.08.2019
Coluna do Verde
20.08.2019
Sequestrador de ônibus no Rio é morto
20.08.2019
Justiça federal julga hoje acusados de matar auditor fiscal
20.08.2019
Hospital Municipal vai atender cirurgias pediátricas
19.08.2019
Coluna do Verde
19.08.2019
Daniel Alves marca na estreia
19.08.2019
Corinthians vence o Botafogo
19.08.2019
Audiência para revisão do Plano Diretor
19.08.2019
Previsão de crescimento econômico aumenta; estimativa de inflação cai
19.08.2019
Jovem assassinado quando caminhava
16.08.2019
Maringá se despede de Divanir Braz Palma
16.08.2019
Licitação vai definir administradora das lojas no Terminal
16.08.2019
PRF retira radares móveis das rodovias federais
16.08.2019
Acusados do assassinato de auditor fiscal vão a julgamento
14.08.2019
Coluna do Verde
14.08.2019
Ministério da Justiça aponta redução do número de homicídios
14.08.2019
Recadastramento biométrico termina dia 30
14.08.2019
Polícia identifica autores do crime da "Paranavaí"
13.08.2019
Neymar vira piada mundial
13.08.2019
FBI procura no Brasil, suposto membro da Al-Qaeda
13.08.2019
O álcool e o alcoolismo
13.08.2019
Medicamento para Alzheimer é testado em Maringá
13.08.2019
Preso colega que estava com o colombiano morto a tiros
12.08.2019
Coluna do Verde
12.08.2019
Mortes por chuvas na Índia sobe para 147
12.08.2019
Brasil faz seu melhor Pan
12.08.2019
Mulher resgatada de cárcere privado
12.08.2019
Prefeitura não vê prioridade em teleférico, diz projetista
09.08.2019
Coluna do Verde
09.08.2019
Motoristas de aplicativos podem se cadastrar como MEI
09.08.2019
Preso suspeito de maltratar animal e estuprar a filha
09.08.2019
Vereadores discutem ocupação de calçadas em Maringá
08.08.2019
Câmara aprova a Reforma da Previdência
08.08.2019
Coluna do Verde
08.08.2019
Corinthians vence o Goiás
08.08.2019
Suspeita de latrocínio no Conjunto Guaiapó
08.08.2019
Secretaria da Mulher lança campanha ‘Agosto Lilás’
07.08.2019
Coluna do Verde
07.08.2019
Polícia identifica mentor intelectual do roubo de ouro
07.08.2019
Moradores da Zona 7 querem mais segurança
07.08.2019
Briga de trânsito termina em esfaqueamento
06.08.2019
Coluna do Verde
06.08.2019
Votação da reforma da Previdência em segundo turno
06.08.2019
Briga em churrasco tem fim trágico
06.08.2019
Greve na UEM pode acabar
05.08.2019
Val Marchiori processa SBT, Leo Dias e Lívia Andrade
05.08.2019
Polícia prende dupla horas depois dela matar um jovem e ferir outro
05.08.2019
EUA: autoridades buscam pistas sobre atentados
05.08.2019
Bibliotecas de Maringá têm programação para agosto
Nipo Brasileiro Contabilidade
Asia Sushi Beer
SINCONFEMAR
Della Pizza
B1
Centro Comercial Tiradentes
Avenida Store
MAPA - Venda de Ônibus
Oliver Media
Garage Motors
OdontoAtual