Esportes

Miocic vence trilogia e mantém cinturão

Stipe Miocic manteve o cinturão dos pesos pesados do Ultimate Fighting Championship ao bater Daniel Cormier em trilogia na luta principal do UFC 252, na madrugada deste domingo, em Las Vegas. O atual campeão foi declarado vencedor por decisão unânime dos juízes, depois de um duelo equilibrado e arrastado por cinco rounds: 49-46, 49-46 e 48-47. Ex-dono do título, DC anunciou, aos 41 anos, a aposentadoria definitiva do octógono

Miocic, 37 anos, fechou a trilogia contra Cormier com duas vitórias e uma derrota. O americano de ascendência croata perdeu o primeiro, no UFC 226, em julho de 2018, por nocaute no primeiro round, e deixou escapar o título. A revanche ocorreu no UFC 241, em agosto de 2019, com triunfo de Stipe por nocaute técnico no quarto round, recuperando o cinturão.

Desde a última luta, Cormier estava fora de ação e vinha atuando como comentarista do UFC nos eventos. Além do cinturão dos pesados, ele também foi dono do título dos meio-pesados (93kg), entre 2015 e 2018, protagonizando bons duelos contra Jon Jones, um de seus grandes desafetos na carreira. DC confirmou a despedida oficial logo depois do resultado negativo no UFC 252.

“Eu só estou interessado em lutas pelo título e não imagino que tenha alguma luta de título para mim no futuro. Isso é tudo pra mim. Tive uma longa jornada, foi ótimo, acabei de fazer a minha última luta pelo título dos pesos-pesados e foi uma luta muito boa”, declarou Daniel Cormier, que deixou o MMA com 22 vitórias, três derrotas e um No Contest (luta sem resultado).

Miocic, que levou a melhor também no aspecto físico, terminando a luta bem mais inteiro que o desgastado Cormier, que sentiu a longa ausência do octógono, elogiou o adversário. “Ele é um grande lutador, Deus o abençoe, ele vai ter um bebê em outubro, falei isso pra ele, quero que ele tenha uma vida feliz. Ele é um grande embaixador da luta. Ganhar essa trilogia foi muito bom, ele é muito duro”, destacou.

Foto – Reprodução

PUBLICIDADES E PARCEIROS