Policial Região

Justiça Bloqueia bens de prefeito afastado por corrupção

O bloqueio dos bens do ex-prefeito de Iporã, Roberto Silva e outros 34 réus acusados de cometer crimes contra o erário, foi determinado pela Justiça de  Iporã. Foram bloqueados bens no valor de R$ 6,5 milhões. Os atos de improbidade que incriminam o prefeito refere-se ao período que vai de 2016 a 2019 , quando o esquema foi descoberto pela “Operação Cleptocracia” e o prefeito foi afastado do cargo por decisão do Tribunal de Justiça do Estado.

A diversidade de crimes praticados pelos réus deu origem a diversos processos. A ação que gerou o bloqueio de bens diz respeito a fraudes em pregão presencial destinado à construção de um abatedouro de frangos em Iporã. De acordo com as investigações o procedimento licitatório não existiu. Mas foi homologado.

Redação JP
Foto – Reprodução

PUBLICIDADES E PARCEIROS