Policial

Casal bate boca, se agride e a mulher acaba esfaqueando o marido

A polícia não sabia até ontem a tarde o motivo da briga entre Antônio Carlos Maiqui, de 52 anos e a sua mulher Valdinéia Cardoso, de 33. Na noite de quinta-feira os dois partiram para o desforço físico depois de intensa troca de ofensas verbais dentro de casa. Ela disse que foi agredida primeiro e que o marido tentou esfaqueá-la. Mas Valdinéia foi quem desferiu três facadas no companheiro, atingindo-o no abdome. Enquanto uma ambulância do Samu socorria o homem a mulher pedia socorro em um posto de combustíveis. Mas com a chegada de uma viatura policial, ela se jogou no chão, fingiu estar gravemente ferida.

Funcionários e clientes do posto acharam que ela tinha sido atingida por golpes de faca. Mas foi o contrário – o marido é que acabou gravemente ferido com três golpes de faca. Levada para o HU com vários hematomas e a roupa manchada de sangue, Valdinéia aproveitou um momento de distração dos policiais que estavam com ela no plantão do hospital e fugiu. Mas foi localizada pouco depois em um orelhão. Ela foi autuada em flagrante e o marido encontrava-se em estado grave na UTI do Hospital Universitário ondem à tarde.

Redação JP
Foto – Reprodução

PUBLICIDADES E PARCEIROS