Policial

PM apreende piloto com 225 quilos de cocaína em helicóptero

A Polícia Militar prendeu, na noite desta segunda-feira (7), um homem que transportava pasta base de cocaína em um helicóptero na região de Ibiúna, no interior de São Paulo. O suspeito foi detido após realizar o pouso e, com ele, os policiais apreenderam dois celulares, uma mochila com o GPS da aeronave e R$ 1.200.

Os tijolos de droga foram encaminhados para perícia e totalizaram 255 quilos de cocaína. A carga foi avaliada em mais de R$ 10,2 milhões.

O piloto foi preso em flagrante por tráfico de drogas e a ocorrência foi encaminhada à sede da Polícia Federal de Sorocaba.

De acordo com a Polícia Militar, o Centro de Operações foi informado que um helicóptero teria pousado na área rural de Piedade e deixado drogas no local. Quando a equipe se aproximou, a aeronave levantou voo e fugiu sentido Ibiúna.

Depois a equipe foi informada que o helicóptero tinha pousado no hospital de Campanha de Ibiúna, onde o piloto foi abordado e os materiais apreendidos.

O caso
Wendel Biancardini Marques foi preso após descarregar caixas de pasta base de cocaína e realizar um pouso forçado de um helicóptero em Ibiúna, interior de São Paulo, na noite desta segunda-feira (7).

De acordo com a Polícia Militar e com a Guarda Civil Metropolitana de Ibiúna, agentes visualizaram um helicóptero voando em baixa altitude próximo ao Hospital de Campanha do município, na avenida Antônio Falci.

O piloto realizou um pouso forçado em uma região aberta próximo ao hospital e os agentes, imediatamente, foram ao encontro da aeronave. Dentro do helicóptero os policiais viram o piloto se arrumando para sair do local aparentando nervosismo e pressa.

Ele foi abordado pelos agentes e, muito nervoso, alegou que havia nevoeiro encobrindo a visão e pouco combustível, por isso realizou o pouso. Nada ilegal foi encontrado na aeronave.

Mas durante a averiguação, policiais militares chegaram ao local e disseram que o helicóptero havia deixado uma quantidade de drogas em um sítio na região de Piedade minutos antes e que os agentes já estavam em busca do piloto.

Foto – Reprodução

PUBLICIDADES E PARCEIROS