Destaques do Dia Maringá

Maringá é a segunda do Paraná na lista de cidades mais inteligentes

Maringá melhorou a posição no Ranking Connected Smart Cities 2020, uma lista contendo as cidades mais inteligentes e conectadas do Brasil. No levantamento feito pela consultoria Urban Systems, em parceria com a Necta, o município é o 24º em nível nacional, subiu duas posições em relação a pesquisa de 2019. No Paraná, Maringá está na segunda colocação, ficando atrás de Curitiba.

A análise verifica 70 indicadores dos setores de mobilidade, urbanismo, meio ambiente, tecnologia e inovação, economia, educação, saúde, segurança, empreendedorismo, governança e energia. Em Urbanismo Maringá ficou na 18ª posição com 6,102 pontos; Tecnologia e Inovação, 20ª posição com 3,971 pontos; Saúde: 27ª posição, 4,037 pontos; Empreendedorismo, 24ª posição, 1,428 pontos; e Economia, 25ª posição com 5,601 pontos.
Em urbanismo o município caiu da 3ª posição em 2019 para a 18ª em 2020. No quesito tecnologia e inovação, ganhou uma posição, registrando pontuação de 3,971 contra 3,177 no ano passado. Em relação à Saúde o 27º lugar foi mantido.

Em empreendedorismo, em 2019, Maringá estava na 27ª posição.
A pontuação geral foi de 32,397; na região Sul, Maringá aparece em 8º lugar. Já entre os municípios com mais de 100 mil habitantes e menos de 500 mil, a Cidade ocupa a 9ª colocação. Na classificação geral, Londrina está na 25ª posição (32,296 pontos). O município paranaense não apresenta o desempenho nos recortes de governança, educação, meio ambiente, segurança, mobilidade e acessibilidade.

GERAL
O destaque no Ranking Geral 2020 foi para a cidade de São Paulo, que atingiu a primeira colocação. O segundo lugar ficou com Florianópolis (SC), seguida por Curitiba (PR), Campinas (SP) e Vitória (ES). Em sexta colocação está São Caetano do Sul (SP); seguida por Santos (SP); Brasília (DF); Porto Alegre (RS); e Belo Horizonte (MG).
A partir da edição 2019, o Ranking incorporou conceitos e novos indicadores baseados na ISO 37122 -Sustainable Cities And Communities – Indicators For Smart Cities, mantendo-se como a melhor referência para comparação e análise de cidades inteligentes no Brasil. O resultado é apresentado em 4 frentes: geral, por eixo temático, por região e por faixa populacional. Foram mapeados 673 municípios brasileiros com mais de 50 mil habitantes.
“Nesses seis anos de atuação, a Plataforma Connected Smart Cities vem desempenhando papel fundamental junto às empresas, entidades e governos na busca pela inovação, tendo como objetivo fundamental tornar as cidades brasileiras mais inteligentes e conectadas, principalmente no atual momento de pandemia da Covid-19”, comentou a CEO Paula Faria, idealizadora do Connected Smart Cities e Mobility.

Victor Cardoso
Foto – Reprodução

PUBLICIDADES E PARCEIROS