Policial Região

Cão farejador ajuda PRE apreender fuzis

Os patrulheiros da Polícia Rodoviária Estadual abordaram o carro com o armamento pesado durante trabalho de rotina entre Cianorte e Tapejara. Na primeira checagem não encontraram nada no interior do veículo, mas o estado de nervosismo do motorista , de 27 anos, fez com que os PMs aprofundassem a vistoria. Além do nervosismo ele recebeu e tentou disfarçar uma mensagem via Whatsapp , enviada por um comparsa que o havia deixado para trás e já estava se aproximando de Arapongas. Diante das evidências de que algo ilícito era transportado no veículo, os policiais rodoviários solicitaram a presença de um cão farejador e de um reforço da PM . Não deu outra: o cachorro apontou a existência das armas, escondidas em um fundo falso do Kia Sorento.

O motorista recebeu voz de prisão e os policiais apreenderam 20 fuzis calibre 556 e farta munição. Aos PMs, ele disse ter pego a carga em Guaíra e retornava para São Paulo (capital). Alegou que não sabia da existência das armas. O comparsa, que lhe havia passado mensagem alertando-o para a presença de policiais na estrada, foi preso em Arapongas.

Redação JP
Foto – Reprodução

PUBLICIDADES E PARCEIROS