Maringá

Mais de 3,5 mil ligações foram atendidas no plantão psicológico

O plantão psicológico da Secretaria de Saúde de Maringá se tornou um importante aliado durante a pandemia. Já foram mais de 3,5 mil ligações atendidas por psicólogos que conversam com pessoas que precisam falar dos sentimentos e problemas enfrentados neste momento. O serviço acontece das sete às 19 horas, de segunda a sexta-feira.
A proposta é oferecer apoio e também orientação sobre atividades que podem ocupar o tempo das pessoas que estão cumprindo o isolamento social. Muitas pessoas estão tão ansiosas e angustiadas que não conseguem encontrar soluções simples para sair do sofrimento.

De acordo com a gerente de saúde mental de Maringá, Maria Heloísa Cella, as ligações diminuíram nos últimos meses em comparação a abril e maio, primeiros meses de trabalho do plantão. A motivação seria um entendimento maior sobre a doença e também a volta do atendimento nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) do município por parte dos profissionais da área.

O número para o acolhimento psicológico é o (44) 3309-4700. Se o psicólogo entender que deve encaminhar o paciente para algum tipo de análise, isso será feito imediatamente. São pelo menos 30 profissionais atuantes na iniciativa.

CVV
Maringá também conta com o atendimento do Centro de Valorização da Vida (CVV). O atendimento é 24 horas e feito pelo telefone 188. O CVV realiza apoio emocional e prevenção do suicídio, atendendo voluntária e gratuitamente
todas as pessoas que querem e precisam conversar sob total sigilo por telefone, e-mail e chat online.

“Nós temos uma rede de atenção psicossocial bastante estrutura e organizada em Maringá. São 34 UBSs, todas com psicólogos, quatros CAPs e a emergência psiquiátrica no Hospital Municipal de Maringá, com 26 leitos de acolhimento. Em casos de pessoas muito depressivas, os familiares ou profissionais precisam saber identificar o sofrimento daquela pessoa para tentar ajudar. É um sofrimento tão grande que ela não tem força para procurar ajuda”, detalhou Maria Heloisa em entrevista a Rádio CBN Maringá.

Durante este mês diversas ações de prevenção ao suicídio estão acontecendo, mesmo que de forma diferente por conta da pandemia. Até o início de setembro, foram registrados 20 suicídios em Maringá este ano.

Victor Cardoso
Foto – Reprodução

PUBLICIDADES E PARCEIROS