Policial Região

Acusado de espancar a namorada é perseguido pela polícia, sofre acidente e foge

Whebher de Oliveira Simão estava morando em Guaíra, foi descoberto e perseguido pela polícia mas conseguiu fugir após bater o carro. Whebher, de 27 anos, é procurado pela polícia de Paiçandu desde o dia 7 de setembro do ano passado, quando agrediu com extrema violência a namorada Michele de Souza Brito, que encontra-se vegetando em cima de uma cama. Na última quinta-feira ele foi avistado em atitude suspeita pela Polícia Civil em Guaíra e quando foi abordado pisou fundo no Audi/A3, quase batendo na viatura policial. Os policiais fizeram disparos de advertência, mas o suspeito não parou. A perseguição seguiu até o Colégio Pres. Roosevelt, onde o motorista perdeu a direção do Audi e colidiu contra o muro da escola.

A equipe da Rádio Patrulha que perseguia Whebher pediu reforço e um grande contingente de policiais militares cercou o colégio. Mesmo assim, o suspeito conseguiu fugir . Durante as diligências investigadores da Polícia Civil descobriram que tratava-se de alguém com mandado de prisão em aberto e localizaram o endereço onde ele estava morando. Foram até a casa e lá apreenderam uma pistola 9 milímetro, munições e porções de maconha. Agora, além da polícia de Paiçandu e de toda a Região Metropolitana de Maringá estar a procura dele, Whebher passa a ser procurado também pela Polícia de Guaíra. Na casa onde o mesmo está morando os policiais encontraram uma CNH com a foto dele , mas em nome de Jonathan Valporto do Nascimento.

Redação JP
Foto – Reprodução

PUBLICIDADES E PARCEIROS