Maringá

Consumo de água aumentou 20% em Maringá

As mais altas temperaturas da história, registradas no Paraná no fim de semana, elevaram o consumo de água em todo o Estado e demandaram produções recordes da Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar). Em Maringá, o consumo foi até 20% maior, produzindo 103 milhões de litros somente na última sexta-feira.

Em dias normais, a produção é de 86,4 milhões de litros/dia. A Cidade tem registrado temperaturas máximas em torno de 40ºC nos últimos dias e a expectativa é que continue dessa forma pelos próximos dias. Somente para o feriado existe a previsão de chuva, mesmo assim será em pontos isolados.
Em muitos sistemas, mesmo a produção 24 horas por dia não foi suficiente para atender a população, principalmente onde a estiagem tem provocado redução na vazão de poços e rios.

“Estamos batendo todos os recordes de produção, com as estações operando sem interrupção diária. Em muitos lugares, a estiagem já reduziu a vazão de rios e poços. A previsão meteorológica indica que teremos uma primavera com chuvas abaixo da média, como vem ocorrendo desde 2019. As temperaturas máximas também estão batendo recorde. Será necessária muita consciência no uso da água em todo o Estado”, afirmou o diretor de Operações da Sanepar, Sergio Wippel.

Em Londrina, o calor também provocou aumento recorde no consumo de água, que chegou a 250 milhões de litros no sábado: o maior volume consumido até então havia sido de 235 milhões de litros num único dia, em 2017. A produção da Sanepar foi 17% a mais do que a média de verão. Na sexta-feira (2), a cidade teve o dia mais quente da história, com registro de 41°C. Antes disso, a máxima havia sido de 39,3ºC, em novembro de 1985.

FLORAI
A Sanepar comunicou a partir de quinta-feira até domingo, haverá restraição de abastecimento, sempre das 14 às 18 horas, em Floraí. A vazão do poço que abastece a cidade caiu 20%. O racionamento será necessário para recuperar os reservatórios para os próximos dois meses.

Redação JP
Foto – Reprodução

PUBLICIDADES E PARCEIROS