Maringá

Moradores reclamam de quedas de energia elétrica constantes

“A forte e longa onda de calor que se instalou sobre o Paraná desde o fim de setembro de 2020 tem gerado aumento na demanda por energia elétrica em várias cidades paranaenses. É o caso de Maringá, onde a Copel tem registrado interrupções no fornecimento de energia em situações pontuais. Como forma de minimizar interrupções localizadas, a Companhia tem atuado na troca de transformadores de maior capacidade, otimizando a utilização dos equipamentos e redes de baixa tensão conforme a máxima capacidade, bem como realizando remanejamento de grandes clientes para outros circuitos, de forma a equilibrar ainda mais as cargas”, diz a nota oficial publicada pela Copel.

No município, a principal área com reclamações de quedas de energia é a Zona Norte, em bairros como Jardim Dias, Sumaré, Tóquio, Licce e Alvorada III. Moradores relatam que ficar sem energia é algo constante. A Copel lembra que o consumidor tem o direito de pedir ressarcimento de prejuízo em caso de perda de equipamentos eletrônicos.
Nesses casos são feitos laudos sobre o motivo do problema e se foi por conta das quedas de energia. Após estudo do equipamento é negociado com o morador. O Procon também atende as ocorrências.

Victor Cardoso
Foto – Reprodução

PUBLICIDADES E PARCEIROS