Policial Região

Mais de 110 anos de cadeia para casal que matou recém-nascidos

O julgamento foi em Salto do Lontra , Sudoeste do Paraná, onde os crimes bárbaros ocorreram em 2010, 2013 e 2016. A mãe foi acusada de executar os crimes determinados pelo pai, porque o casal já tinha cinco e não desejava ter mais filhos.

Os dois foram denunciados pelo Ministério Público e viraram réus em 2017, um ano após matar o terceiro bebê. Conforme apurado nas investigações da Polícia Civil, a ré escondia as gestações e negligenciava propositadamente o pré-natal. Tão logo as crianças nasciam, ela as matavam, com a coautoria do marido.

Pela morte das três crianças a mulher foi condenada a 63 anos e 8 meses de prisão e o marido dela a 48 anos e 4 meses, os dois em regime fechado.

Redação JP
Foto – Reprodução

PUBLICIDADES E PARCEIROS