Policial

Termina em morte perseguição a motorista que fazia manobras perigosas

O condutor de uma caminhonete fazia manobras perigosas no pátio de um posto de combustíveis e ao fugir da PM levou um tiro, bateu num poste, capotou e morreu.

Luiz Augusto Killer, de 38 anos, morreu na manhã de segunda-feira após não obedecer a ordem de parada e ser perseguido por viaturas da Polícia Militar na Avenida Morangueira, saída para Iguaraçu. Ao se aproximar do viaduto sobre o Contorno Norte, Luiz foi atingido por um tiro e foi pra cima de um poste de energia elétrica. A caminhonete S10 ficou parcialmente destruída e só parou após capotar à margem da rodovia. Quando socorristas do Samu chegaram, ele já estava morto.

Segundo informações da Polícia Militar, a equipe foi acionada porque o motorista de uma caminhonete fazia manobras perigosas no pátio do posto, colocando em risco a sua vida e a vida das pessoas que passavam pelo local ou ali trabalhavam no momento. Mas com a chegada de viaturas policiais, ele empreendeu fuga e foi perseguido. Como não obedecia os sinais de parada emitidos pelas viaturas da PM, Luiz Augusto acabou sendo atingido por um tiro e na sequência, batendo num poste e capotando. De acordo com a Polícia Militar, o homem não usava cinto de segurança. O comando do 4º. Batalhão informou que o caso está sendo apurado por meio de um inquérito policial militar.

Redação JP
Foto – Reprodução

PUBLICIDADES E PARCEIROS