Policial

Delegado apura se houve racismo em caso de agressão de angolanos

O delegado Diego Freitas já está de posse das imagens das agressões no  último final de semana em uma cervejaria da Avenida Petrônio Portela, na Zona Sul de Maringá. Na ocasião, dois angolanos que tomavam cerveja fora do estabelecimento e tentaram entrar para pegar as que haviam deixado pago, foram barrados, agredidos e arrastados para fora do estabelecimento.

As cenas de violência viralizaram na internet e chocam pela crueldade como várias pessoas agridem os dois imigrantes, mesmo depois deles estarem caídos. O delegado Diego não tem dúvida sobre as agressões, mas investiga, além das causas do crime de lesões corporais, as suspeitas de racismo. Ele deve ouvir o proprietário do disk cerveja e os envolvidos na confusão, que não parou no sábado a noite. Teve sequência no domingo, quando as duas vítimas foram tentar conversar com o proprietário da cervejaria. Um segurança da casa, que se identificou como ex-policial militar , publicou um vídeo com expressões racistas.

Redação JP
Foto – Reprodução

PUBLICIDADES E PARCEIROS