Maringá

Cocamar viabiliza Selo Social para cooperados na produção soja

Sempre viabilizando novas oportunidades de negócios aos cooperados, a Cocamar está oferecendo a possibilidade aos proprietários de pequenas áreas de obterem um valor adicional pela sua produção de soja.

É preciso correr – O cooperado tem até esta quarta-feira (18/11) para assegurar um bônus de R$ 1,20 por saca do grão com o Selo Social, um programa interministerial do governo federal que tem como finalidade promover a inclusão do biodiesel na matriz energética brasileira e fortalecer a agricultura familiar.

Quem pode participar – Estão aptos a participar os produtores que possuem propriedades com até quatro módulos fiscais e estejam enquadrados no Pronaf (Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar), apresentem DAP (Declaração de Aptidão ao Pronaf) ativa e o CAR (Cadastro Ambiental Rural).

Condições – o produtor deve fazer a entrega de 100% de sua safra na Cocamar e a data limite para que o produtor comercialize o volume contratado é até o dia 30 de novembro de 2021.

Proteger o preço – De acordo com a cooperativa, o prazo para que a venda de soja ocorra até o dia 30/11/21, flexibiliza para que o produtor decida a melhor hora para comercializar a sua produção, porém caso o produtor já possua contrato de preço fixo, o mesmo já garante a comercialização do produto.

Unidades – A orientação é que os cooperados entrem em contato com as suas unidades de opção, onde as equipes estão preparadas para prestar apoio quanto ao levantamento da documentação e a inscrição no programa.

Assessoria de Imprensa
Foto – DIV

PUBLICIDADES E PARCEIROS