Destaques do Dia Maringá

Prefeito diz que vai trabalhar para recuperar economia em Maringá

Na manhã desta segunda-feira (16), servidores municipais fizeram homenagens para o Prefeito reeleito de Maringá, Ulisses Maia, e vice-prefeito, Edson Scabora, durante a chegada no Paço Municipal. Todo o espaço do prédio estava tomado pelos trabalhadores. Maia, aparentemente emocionado, agradeceu o empenho de cada um e deixou claro que o trabalho não para.

“Maringá precisa retomar o crescimento o mais rápido possível, cuidar da Saúde da nossa população e continuar devolvendo Maringá para os maringaenses. Ontem foi dia de abraçar os amigos e agradecer a todo apoio. Hoje, com forças renovadas, é dia de trabalho, dia útil e como prefeito eleito volto ao trabalho, não pensando ao final deste mandato, mas o que preciso fazer até 2024”, disse o Prefeito eleito.

Sobre um possível novo fechamento do comércio por conta da pandemia de Covid-19, informação repassada em aplicativos de mensagens e dita algumas vezes por empresários, o Prefeito falou que nada será decidido sem diálogo com todos os interessados.

“A taxa de ocupação nas Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) está em 50% e houve aumento de testes no município. Por enquanto não tem motivo para pânico. Estamos analisando tudo, acompanhando os números e de olho nas condições dos hospitais para que a população seja bem atendida. Para o final do ano a tendência é sempre ampliar as atividades da economia, como sempre aconteceu em outros anos; mas 2020 é um ano atípico e precisa de mais análises. No início da pandemia nós tomamos as medidas corretas diante da incerteza do momento, protegendo muitas pessoas”, falou Maia.

O Prefeito fez a promessa de que, no máximo em três meses, começam as obras dos viadutos ‘sacis’ do Contorno Norte. A licitação foi assinada no início de novembro com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit).

“Nossa administração é formada por técnicos, o modelo continua. Trocas são necessárias, como toda empresa, e vamos pensar nisso se for necessário para dar mais qualidade a vida dos maringaenses”, finalizou ele.

RESULTADO
O resultado final das Eleições em Maringá mostrou que foram computados 195.581 (69,98%) votos durante o pleito. Deste total 103.010 foram para Ulisses Maia, que venceu com 56,85% dos votos já em primeiro turno. Esse resultado é menor que em 2016, quando Maia venceu Silvio Barros com 118.635 votos.

O segundo colocado, Homero Marchese (Pros) teve 34.152 votos (18,85%); enquanto a Coronel Audilene (PP) obteve 17.399 votos (9,60%). De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), foram 181.196 votos para candidatos concorrentes. Houve 5.964 votos brancos e 8.421 nulos. Este ano, as abstenções chegaram a 30,02% em Maringá; no pleito anterior, em 2016, o número foi 19,61%.

Nas Eleições 2020, o deputado estadual Dr. Batista (DEM) ficou em quarto lugar com 5.443 ou 3% dos votos válidos. Na sequência aparecem: Akemi Nishimori (PL), com 4.361 votos (2,41%); Carlos Mariucci (PT), 4.191 vtoos 2,31%); Bovo (Podemos), 3.645 votos (2,01%); Rogerio Calazans (Avante), 3.065 votos (1,69%); Evandro de Freitas Oliveira (PSDB), 1.780 votos (0,98%); Professor Edmilson (Psol), 1.455 votos (0,80%); Eliseu Fortes (Patriotas), 1.153 votos (0,64%); Annibal Bianchini (PTC), 1.005 votos (0,55%); e Valdir Pignata (Cidadania) 537 (0,30%).

BIOGRAFIA
Ulisses de Jesus Maia Kotsifas, nascido em dois de setembro de 1969, é advogado e atual Prefeito de Maringá filiado ao Partido Social Democrático (PSD). Já foi assessor jurídico e diretor legislativo da Câmara Municipal de Maringá, no triênio 1993-1995. Nas eleições de 1996 foi eleito vereador pelo Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), com mais de 2 mil votos, sendo eleito também presidente da Câmara para os anos de 1997 e 1998.

Em 2002 assumiu a chefia do Núcleo Regional de Educação de Maringá e, em 2005 se tornou diretor do Procon da Cidade. No ano seguinte foi nomeado chefe do Gabinete da prefeitura de Maringá, na gestão de Silvio Barros, cargo que ocupou até março de 2010.

Em 2012, foi eleito para retornar ao legislativo com a maior votação da história do município pelo Partido Progressista (PP), com 6.476 votos. Nas eleições de 2016 foi candidato ao executivo pela coligação Inovação e Transparência, formada pelo PDT, PV, PEN e PPL, vencendo no segundo turno das eleições.

No último domingo, foi reeleito para Prefeitura de Maringá como candidato pela coligação PSD, MDB, PSL, REDE e Partido Verde. Permanece no cargo até dezembro de 2024.

Victor Cardoso
Foto – Angelo Rigon

PUBLICIDADES E PARCEIROS